O segredo do Obede-Edom estava no coração sedento da Presença de Deus, um verdadeiro adorador. Antes um escravo edomita, pobre inimigo de Israel, descendente de Esaú, e natural da cidade de Gate, de onde veio o inimigo gigante de Israel, mas agora um rico fazendeiro próspero e abençoado que deixava tudo para traz para andar junto da SHEKINAH DO SENHOR.
Um dos motivos que o louvor é tão forte é porque ele evita que desperdicemos nossas forças com lamentações, lamúrias e preocupações desnecessárias. Assim, restabelecidos, recebemos a renovação de Deus em nosso espírito para enfrentar a situação e vencer pela fé. Uma das vontades expressas de Deus é que nós Lhe rendamos o louvor devido. Entretanto, o que acontece com freqüência a nós? Reclamamos, nos lamentamos das situações difíceis... e nada de louvor!

Santificado Seja o Seu Nome. O que isso significa? É impossível querer que Deus receba a adoração dos lábios se ela emana de um coração incrédulo distante de Deus e que o desonra por meio de uma vida incoerente. A boca precisa expressar o que o coração está cheio. Não são os belos cânticos que lhe entoamos e sim a vida santa que lhe consagramos a real adoração

O que desejamos realmente ser reconhecidos como músicos ou mover o coração do nosso Deus através da adoração?
Louvor e adoração são duas coisas distintas, e objeto de uma confusão tremenda no meio evangélico. Como sempre coloco, há uma ignorância muito grande acerca de Deus na Igreja. Os participantes de nossas igrejas (inclusive muitos Obreiros e cooperadores) têm pouco conhecimento acerca do Deus a quem dizem servir (não que eu tenha muito). Daí porque há um grande número de Obreiros consagrados que acabam por abandonar a Obra ou a Casa do Senhor. O Louvor foi elevado a condição de MINISTÉRIO, juntamente com a Adoração. O(a) amado(a) leitor(a) já ouviu falar do Ministério de Louvor e Adoração? É tratado como se fosse uma coisa autônoma e independente dentro da Igreja. Isto não corresponde, a meu ver, à melhor interpretação das Sagradas Escrituras. Comecemos pelo CONCEITO de louvor. O que é LOUVOR? Normalmente o louvor é associado a cânticos, músicas, melodias. Assim, é comum que os "Ministros de Louvor" sejam os músicos, os cantores, os instrumentistas. Estes, normalmente, acreditam que o louvor (isto é, a parte musical) é a parte mais importante do culto, e reclamam do pouco tempo e importância que a ele se dá. Mais: acreditam que o louvor seria o mais importante pilar de uma igreja.
Eis o exemplo de um louvor poderoso. O Espírito Santo operava em Davi, mas o demônio não saía quando aquele jovem entrava no recinto. Entretanto, ele não resistia quando o instrumento era tocado. Davi não dava atenção ao demônio nem dialogava com ele, mas louvava ao Senhor.
Satanás quer te impedir de adorar Àquele que ele odeia. Ele quer afastá-lo de fazer a coisa certa, quer seja passar tempo a sós com o Senhor nas Escrituras e na oração, assistir e participar dos cultos públicos ou qualquer outra coisa que vai atraí-lo para mais perto do Senhor. Aqui, cortesia de Thomas Brooks, estão oito maneiras que Satanás usará para afastá-lo da adoração.
Para se definir adoração de forma correta precisaremos das páginas Sagradas da Bíblia, pois, a minha idéia ou próprio conceito do que é adoração, não pode ser medida ou comparada com a revelação da palavra de Deus.
Um efetivo líder de adoração é não apenas alguém que é um bom músico ou cantor que lidera pessoas nas canções. Liderar outras pessoas à adoração requer, primeiro de tudo, que seja um adorador. 
Um instrumento que tem sido ressuscitado no meio do povo de Deus, nestes dias é o 'SHOPHAR', um chifre de carneiro, que tem sido quase que um símbolo do presente mover do Espírito Santo.
As palavras para louvor vêm do hebraico hãlal, que significa fazer ruído, yãdhâ que está associada às ações e gestos corporais que acompanham o louvor e, zãmar, que é associada à música tocada e cantada. Já a palavra hebraica para adoração é abhôdhâ e o grego latreia, ambos significam servir com temor reverente, admiração e respeito.
Toda nossa adoração deve ser uma antecipação do céu. Deve ter um sabor do céu vindouro. Esse é o grande fim da adoração, nos levar ao céu e até trazer o céu até nós.


Receba Estudos Biblicos todos os dias!
Cadastre-se seu e-mail! É Grátis
     Digite seu Email Abaixo
Emails Cadastrados

OBS: Não esqueça de confirmar seu email em seguida!