Uma Palavra de Jesus era tudo que o centurião de Cafarnaum queria. Uma Palavra de Jesus é o que basta para transformar toda uma situação mudar uma vida ressuscitar um morto. Esse homem verdadeiramente demonstrou o que é viver pela fé. Ele não precisou ver Jesus tocá-Lo para acreditar que Ele realizaria o milagre.
No vale de ossos secos o Senhor mostra o quanto o peso de sua aliança restaura uma nação inteira imersa num terrível cativeiro. Ezequiel teve uma visão divina. Recebeu uma palavra de Deus para o povo de Israel: Voltem a viver. Ressuscite o que está morto!
O povo de Israel, sendo oprimido pelos midianitas (Jz 6 1-10), clamou a Senhor e o Senhor enviou-lhes um profeta que prometeu-lhes livramento. Deus poderia usar os exércitos celestiais para tal livramento, mas esta tarefa é imposta aos homens especialmente, como nos dia de hoje, a pregação do Evangelho. Não fujamos de tal compromisso, sou eu, é você, somos nós quem Deus quer e vai usar para fazer a sua obra. Alguém pode contestar e dizer: quem somos nós para tal tarefa? Achas que és muito diferente de Gideão? Gideão não era tão valente quanto alguns pensam, se fosse não estaria no lagar malhando trigo escondido dos midianitas, no lagar não é o lugar correto para malhar trigo, no entanto ele não era covarde como aqueles que voltaram para trás (Jz 7.3)
o remédio de DEUS a luz da vida, quais são os 8 remédios naturais e para que servem?, benefícios da luz solar, como usar os 8 remédios naturais vida e saúde, os remédios de DEUS - luz solar, a psiquiatria de DEUS, 8 remédios naturais dados por DEUS, a dietética como remédio racional, o amor é o remédio para tudo, à luz da bíblia, é possível ser curado de doença, remédios naturais de DEUS
Muitas vezes nos perguntamos o porquê do estudo bíblico, não seria o suficiente para nossas vidas as pregações e palavras ditas nos cultos? Desprezar os ensinos bíblicos é o mesmo que desprezar uma lanterna em um túnel totalmente escuro, cujo qual você precisa atravessar, em outras palavras é o mesmo que desprezar o caminho para a salvação
Resilência é a capacidade de certos objetos de voltar ao normal depois de submetido à prova, estresse e tensão, exemplos: os elásticos, as varas de salto em altura se vergam sem quebrar e depois retorna à forma original. As fibras de um tapete de nylon elas recuperam a forma assim que acabam de ser pisadas e amassadas. O material em prova mostra sua plasticidade e elasticidade. Os objetos deformados por uma força externa voltam ao estado natural quando esta mesma força é cessada. A Resilência espiritual é igual o cristão ele consegue voltar ao normal depois da prova, da luta, da dor, do acidente
Se a pergunta é Quem somos nós para questionarmos a Deus? Então a luz da bíblia eu te pergunto: Quem é você na casa de Deus? botija de honra ou botija de desonra? Botija de alegria ou botija de tristeza? Botijas cheirosas ou fétidas?
Como pregar a Cristo no Antigo Testamento. Em cada texto da Escritura há uma estrada para Cristo. Poderíamos providenciar muitos exemplos. O Antigo Testamento com certeza profetiza sobre a vinda de Jesus como o Messias! As profecias sobre Jesus Cristo. Textos baseados em pesquisa histórica antropológica arqueológica e filosófica
A história do profeta Jonas é bem curta e diferente dos demais profetas do Antigo Testamento. Ele pode ser considerado um missionário, o primeiro a proclamar pessoalmente, arrependimento a uma nação gentia. Jonas dormiu no porão do barco, mas acordou no ventre do peixe. É quase cômica a forma como tudo acontece, até que se torna trágico. Alguém de íntimo relacionamento com Deus, imaginar que pode fugir de Sua presença.
Após uma forte experiência espiritual, Deus ordenou a Gideão que derrubasse o altar de Baal e erguesse ali um altar dedicado a seu nome. Gideão orientado pelo Senhor separou 300 homens e surpreendeu os midianitas sob a escuridão da noite triunfando sobre o exército inimigo. A Bíblia relata a saída do exército para a batalha e aponta para o fato de que os que estavam com Gideão gritaram - À espada, pelo Senhor e por Gideão! O Texto bíblico que relata a saída do exército para a batalha aponta para o fato de que os que estavam com Gideão gritaram
Os salvos em Cristo não podem se comportar de qualquer maneira, isso porque a vida do crente demanda um procedimento ético. Na lição de hoje trataremos a esse respeito, destacaremos, a princípio, a consistência, a cooperação e a confiança como características do verdadeiro cristão. Em seguida, mostraremos as marcas espirituais com vistas à unidade do Corpo de Cristo. Reconhecemos a condição de membros da família de Cristo, filhos do mesmo Pai (Fp. 1.1-11), e de servos com a responsabilidade de partilhar o evangelho (Fp. 1.12-26), mas somos também soldados, em uma batalha espiritual, em defesa da fé. A esse respeito destacou Judas, em sua Epístola, exortando os crentes a pelejarem pela fé que uma vez foi entregue aos santos (Jd. 3). Estejamos alerta, pois, conforme advertiu Paulo a Timóteo, a apostasia dos últimos dias da igreja já é evidente (I Tm. 1.11)
Notem que nos versículos em epígrafe, Gideão faz um sacrifício ao Senhor, mas no versículo seguinte o Senhor, na mesma noite, lhe pede outro sacrifício. Então perguntei ao meu Senhor. Por que pediste outro sacrifício a teu escolhido? O primeiro não valeu?


Receba Estudos Biblicos todos os dias!
Cadastre-se seu e-mail! É Grátis
     Digite seu Email Abaixo
Emails Cadastrados

OBS: Não esqueça de confirmar seu email em seguida!