Muitas vezes nossas oraçoes sao simplesmente uma conversa sem nenhum ânimo e desejo de falar com Deus. Isto é um sintoma de pessoas doentes sim doentes infelismente temos muitas dessas em nossas igrejas algumas até mesmo dizendo que nao precisam orar e muito menos jejuar isso para nao dizer que a própria igreja está doente.
Qualquer pessoa pode ser liberta ou receber uma benção. Entretanto se essa pessoa não assume um compromisso de ser um cristão os demônios voltarão a dominá-la.
Artigo sobre a Origem humana quais são as principais teorias que tentam demonstrar como o homem surgiu na Terra o Criacionismo e Evolucionismo. A questão sobre a origem do Homem isto é do gênero humano talvez só perca para a questão da origem da vida no que se refere aos debates científicos. Criacionismo. Assim como o evolucionismo o criacionismo é uma teoria que tenta explicar a origem da vida e a evolução do homem. O criacionismo se baseia na fé da criação divina como narrado na Bíblia Sagrada mais especificamente no livro de Gênesis na qual Deus criou todas as coisas inclusive o homem
Algumas teorias sobre o destino dos mortos, podem até soar bonito e confortável, porém, não resistem ao crivo das Escrituras Bíblicas. O que a Bíblia diz é - existe céu e inferno, existe julgamento para todo e qualquer homem nascido sobre a face da terra. A Bíblia em si é suficiente para revelar para onde vão os mortos. O problema, é que o diabo, Satanás, tem como meta enganar, mentir, para roubar para si o maior número possível de vitimas, porque o inferno nunca está saciado. 
Há uma importante distinção que é absolutamente vital para uma boa teologia e uma vida cristã saudável. É também uma distinção que parece ter sido perdida por um crescente número de pessoas tanto no lado esquerdo quanto no direito do espectro teológico. É a distinção entre ser como criança e ser infantil. Cristãos são chamados a terem uma fé do primeiro tipo; não do segundo.
Segundo escreveu o homem mais sábio que já existiu; no livro de provérbios de Salomão a criança quando bem orientada, será um adulto exemplar para sociedade e para a casa de Deus. Precisamos colocar nossos filhos nas mãos de Deus, pois só Ele é perfeito e só Ele tem o puro e verdadeiro amor. O caminho ensina-os a amar ao Senhor de todo o seu coração, de toda sua alma e todas as tuas forças. O papel dos pais é de fundamental importância neste processo e Deus orienta como fazer.
Hoje, no mundo das crianças, isso já é algo visível - desde o vocabulário religioso até os rituais mais simples como fazer um feitiço por meio de VODU. Lançar feitiço num colega é comum, mesmo que seja uma simples brincadeira, que mais tarde poderá virar realidade.
Quando Davi disse, nas tuas mãos estão os meus dias, ele estava querendo dizer que a vida dele estava entregue nas mãos de Deus. Não diferente de Davi, nós não estamos imune às tempestades, aos problemas e dificuldades. Muitas inquietações de nossa vida são provenientes, ou seja, vem de Satanás, por que ele semeia no coração do homem; ódio, inveja e ambições. Esses atributos satânicos já são suficientes para perturbar a humanidade. Onde causam angustias e tristezas na vida de muitas pessoas.
O Cristão é como o cedro do Líbano, e portanto, tem a promessa de crescer. Ainda que o seu crescimento seja lento conforme a experiência do cedro, ele acontecerá e se tornará visível a todos. A preocupação do filho de Deus, principalmente nos primeiros anos da vida cristã, não deve estar no crescimento em si, mas no lançar das suas raízes. Lembre-se do fato de que nos três primeiros anos o cedro possui raízes de um metro e meio de profundidade enquanto a planta apresenta apenas cinco centímetros.
Na maior parte do tempo, este vale é quente e seco, sua descrição em hebraico indica que é um lugar escuro. Foi por este vale, que Davi fugiu da rebelião montada por seu filho Absalão. Nesse vale, Jesus caminhou com os discípulos. Jesus atravessava a escuridão, os lugares secos, áridos, e ao final descansava no Monte das oliveiras. Ali Ele repousava seus pés. No final do vale, o Getsêmani
Parece que os crentes, em geral, utilizam essa expressão naqueles momentos em que surge uma forte ameaça espiritual ou física, situação em que o fiel a expressa, geralmente na forma de brado, buscando invocar um poder que seja capaz de garantir-lhe a completa vitória.


Receba Estudos Biblicos todos os dias!
Cadastre-se seu e-mail! É Grátis
     Digite seu Email Abaixo
Emails Cadastrados

OBS: Não esqueça de confirmar seu email em seguida!