Deus perguntou a Caim - 'Onde está teu irmão?' A passagem deixa claro que Deus fez a pergunta não por desconhecer a resposta e precisar de um homem para lhe dizer. Isto porque, quando Caim negou que sabia, Deus revelou que ele já sabia o que aconteceu - Caim matou Abel. Quando Deus faz uma pergunta, ou quando ele fala de uma forma como se fosse menos do que onipotente e onisciente, não é devido a qualquer deficiência em si mesmo, mas é com o propósito de interagir com o homem
Sansão fez tudo o que não deveria fazer, ele escolheu fazer as suas vontades do que as vontades do Eterno. Sansão escolheu julgo desigual, pois se apaixonou por uma filistéia, mesmo sendo alertado por seus pais, tocou no cadáver do leão desobedecendo a seu nazireado, comeu mel impuro e ainda deu a seus pais não falando a verdade e não falar a verdade pode também em alguns casos ser o mesmo que mentira, e se envolveu com prostitutas, revelou seu segredo com Deus e acabou como acabou, derrotado, humilhado, cego, desorientado, e morreu junto com seus inimigos longe de seus pais.
Não acredito que Dalila seja o verdadeiro nome da mulher que traiu Sansão, pois a tradução de seu nome é - 'senhora da noite, sedutora'. Assim teríamos - Sansão, luz do sol e Dalila, senhora da noite. Penso que o nome Dalila surge como uma denominação para a mulher que apagou a luz do sol. Ela foi o insistente laço de Satanás na vida do nazireu. Poderia ter qualquer nome, Dalila porém representa - oposição a Deus, trevas, calabouço, prisão. E digamos que de fato, se chamasse Dalila, a história ficaria ainda mais assustadora.
Durante seis semanas, Jesus andou com seus 11 apóstolos. Pedro viu novamente as provas da sua divindade e seu caráter misericordioso. Mas Jesus sabia que Pedro precisava ouvir as palavras de aceitação, e não deixou a terra antes de confirmar para Pedro a sua graça e perdão. O homem que negou a Jesus três vezes teve oportunidade de afirmar seu amor por ele três vezes, e ouviu três vezes a chamada do seu Senhor ao importante trabalho de apascentar as suas ovelhas.
A seção da Epístola aos Filipenses 3.1-10 está repleta de conselhos. Paulo apresenta algumas considerações práticas aos crentes filipenses. Essas orientações são bastante pertinentes e atuais para a igreja da atualidade. Depois de admoestar os irmãos a que sejam alegres no Senhor (Fp. 3.1), faz algumas advertências em relação aos falsos mestres, e por último, caracteriza o genuíno evangelho de Jesus Cristo.
Qualquer semelhança entre Jeroboão e muitos de nós hoje não será mera coincidência. Há aqueles que, por motivos egoístas, materialistas e políticos, acabam se desviando do caminho inicial e experimentam a corrupção e a dureza de coração. São pessoas que não têm uma história com final feliz. Até mesmo na vida espiritual esse cruel quadro pode ser observado. Jeroboão foi colocado pelo próprio Deus como rei de Israel. O Senhor prometeu abençoar-lhe, mas ele tornou-se um mau exemplo para todo o reino e pagou um preço muito alto por ter se afastado de Deus.
O texto que destacamos nos fala de duas impressionantes colunas de bronze que ficavam em frente do templo. Salomão chama a da direita de Jaquim, e a da esquerda de Boaz. Essas duas colunas trariam a sua lembrança, do Deus Todo Poderoso e de todos os conselhos que ouvira de seu velho pai Davi. No livro de Eclesiastes, lemos a decadência desse Rei. Salomão nos mostra Sete Caminhos que percorreu para preencher o vazio de sua alma, exatamente por não ter mais Deus presente na sua vida. Salomão já não se lembrava das suas promessas, e tampouco olhava para as 2 colunas que lhe faria relembrar os seus votos!.
Vários povos pelo mundo afora têm sofrido até hoje a ação despótica de governos autoritários que dispensam ao povo um tratamento indigno, onde as suas necessidades e interesses são completamente ignorados. No estudo de hoje será analisada a história de um rei que tentou implantar uma política autoritária e opressora, mas que foi surpreendido com uma revolução, cujas conseqüências desestabilizaram profundamente o seu reinado. Este rei é Roboão. Um governante despreparado, que causou muita confusão.
Davi reinou 40 anos, sendo 7 em Hebrom e 33 em Jerusalém. Ele era pastor de ovelhas, músico, poeta, instrumentista, inventor de instrumentos, bom líder e repleto da presença de Deus. Graças à sua habilidade política, conseguiu captar a simpatia dos povos vizinhos e logo foi aclamado Rei em todo o Israel. Transformou Jerusalém no centro político e religioso de sua época. Davi foi brilhante estrategista militar. Há uma feliz combinação em sua vida: bravura e dote de liderança.
Sem pronunciar nenhuma palavra, a própria presença de Maria junto à cruz e, mais tarde, entre os discípulos, oferece um poderoso testemunho da divindade de Cristo. O único humano que conhecia de primeira mão sua origem era uma seguidora de Jesus. Ela não é para ser venerada como a Mãe de Deus, mas é para ser imitada como uma fiel filha de Deus e serva de Jesus.
Paulo, juntamente com Timóteo, servos de Jesus Cristo, dirigem essa Epístola aos 'santos em Cristo que estão em Filipos', esse adjetivo 'santo' diz respeito àqueles que creem em Cristo. Isso porque esses filipenses, tal como os coríntios, foram santificados em Cristo Jesus, que também os chamou para a santificação. A expressão 'em Cristo' é relevante nas epístolas paulinas, pois revela que a salvação vem dessa condição. Por causa dela, podemos desfrutas da 'graça e paz', do favor imerecido de Deus, e da paz com Deus, podendo, agora, nos aproximar dEle.
O segredo de José só não é mais simples porque a dificuldade está em colocá-lo em prática, ou seja, quando se trata de ser fiel na prática, a teoria é outra. Mas, o segredo de José é descortinado quando ele se casa, já no palácio, e dá nome aos seus filhos, pois é ali que ele deixa claro sua trajetória de vitória e, mais importante, a sequência dessa trajetória - primeiro lhe veio Manassés, depois Efraim. Manassés significa, em termos simples, 'esquecer', enquanto Efraim pode ser entendido por 'frutífero', de onde se compreende que os frutos vêm após um certo período de maturidade e, principalmente, de crescimento da árvore. 


Receba Estudos Biblicos todos os dias!
Cadastre-se seu e-mail! É Grátis
     Digite seu Email Abaixo
Emails Cadastrados

OBS: Não esqueça de confirmar seu email em seguida!