Estudo Bíblico Rock, Música do Inferno?


Antes de argumentar sobre o assunto do título, faço a seguinte pergunta. O que é um Adorador?

A bíblia nos diz que Deus procura adoradores, mas como saber se sou adorador? Como se constitui um adorador?

São indagações comuns principalmente nos dias de hoje. Confesso não ser o mais apto para falar sobre este assunto, mas estarei expondo experiências e a palavra de Deus.

Em II a Crônicas 29-28 diz: ?E toda a congregação adorava, e os cantores cantavam, e os trombeteiros tocavam; e tudo isso continuou até acabar o holocausto?.

Vemos que há um conjunto, Adoração, Canto e os toques dos instrumentos (Música).

A Adoração está sempre atrelada a música apesar de não necessitar da musica em sí.

Adoração é mais do que cantar, tocar. Adoração implica em intimidade com Deus.

O dicionário nos informa o significado da adoração que é: 1. Render culto a uma divindade. 2. Venerar. 3. Amar extremamente, idolatrar. Vamos pegar os pontos 1 e 3.

Render culto ? É um processo continuo de ?prestação de homenagem?, de culto ao nosso Deus.

Amar extremamente ? Coloque no liquidificador toda sua bondade, amor e toda sorte de sentimentos bons que você tem para seus familiares, esposo(a), filhos etc. E com toda sua gratidão expresse isso para Deus, com um coração sincero. Isso é amar ao extremo.

É reconhecer o preço pago por Cristo, é sentir, entender e experimentar do mesmo amor que Deus tem por nós. Efésios 3.17,18.(Leia)

Mas porque a música está atrelada a Adoração?

Quando você gosta de uma garota e ouve aquela musica romântica que faz lembrar dela, dá um ótimo sentimento, faz você sentir mais alegre, confiante, mais apaixonado. Você então tem vontade de se declarar, de dizer da importância dela para você. É semelhante quando nós cantamos louvores a Deus. Queremos expressar, declarar as maravilhas do Pai.

A importância da musica

Hoje em dia, em comerciais, novelas, no carro, shoppings e em todo lugar, tem como forma de atração (no sentido de atrair, encantar) de público. A necessidade do ser humano ouvir musica é comparada por vários musicos, como a necessidade de comer e beber. Estudos comprovam que musicos e cantors em geral, conseguem trabalhar com os dois lados do cérebro, sendo que, uma pessoa ?comum? trabalha apenas com um. O lado artístico, voltado a arte e ao sentimentalismo, fica apagado. Além deste benefício, a música é também usada para relaxamento. Comprova-se que, uma pessoa que tem o hábito de ouvir musicas relaxantes, como música Clássica no trabalho, tende a serem mais produtivas, assim como nas linhas de espera de atendimentos telefônicos, colocam Jazz instrumental e Clássica, tende a diminuir o stress da pessoa que aguarda, assim melhorando o atendimento evitando problemas com usuários e empresas.

Um outro ponto que não deve ser esqueçido é que Deus é musical, e isso ele deixa bem claro na sua palavra.

O livro de Jó, no capítulo 38, versículos de 4 a 7, relata o momento sublime da criação. Lá estava o Todo-Poderoso "lançando os fundamentos da terra". O versículo 7 nos traz a impressionante revelação de que havia música na criação: "...quando as estrelas da alva juntas alegremente cantavam..."

Deus também é o criador dos intrumentos musicais.

"Viu Deus tudo quanto fizera, e eis que era muito bom..." Gênesis 1:31. Lá estava o Éden, jardim de Deus. De acordo com Ezequiel 28:13-15, havia no Éden um lugar, mais precisamente um monte santo, onde um querubim especial tinha a responsabilidade do serviço musical. Para isso ele dispunha de alguns instrumentos, entre eles: pífaros e tambores, com os quais cumpria o propósito divino.

Outra importante revelação bíblica: "...a obra dos teus tambores e dos teus pífaros estavam em ti; no dia em que foste criado foram preparados" - v. 13. Aqueles instrumentos foram preparados por alguém, certo? Quem foi este alguém? A resposta é: o Senhor Deus!

E ele também é compositor

Até parece brincadeira, mas a verdade é que o texto bíblico nos revela ter havido um dia em que o Senhor Deus resolveu se comunicar com seu povo através de um cântico de sua autoria: "Escreverei para vós outros este cântico, e ensinai-o aos filhos de Israel; ponde-o na sua boca, para que este cântico me seja por testemunha contra os filhos de Israel" - Deuteronômio 31:19.

Depois da obra da cruz, onde se deu a restauração espiritual e moral do homem, também foi restaurada a musicalidade divina. Davi declara que depois de ter sido tirado de um lago horrível, do poço de perdição, foi colocado sobre uma rocha (a figura de Cristo) e recebeu um cântico novo (Salmos 40:2-3).

Este cântico novo é a música divina presente no homem regenerado, e que agora faz parte de sua nova vida (Salmos 42:8), de seu relacionamento com Deus (Salmos 30:12), com os seus irmãos (Efésios 5:19) e de seu testemunho diante dos homens (Salmos 40:3; Salmos 126:2).

Agora entendemos o propósito divino com relação à música. Ela foi criada por Deus e colocada no homem para que este o adore com amor todos os dias e por toda a eternidade!

E o Rock?

Não vou de novo tudo dizer o que todos já sabem do ritmo, quando surgiu, quem foi o precursor do Rock e nem ficar citando bandas supostamente satânicas ou satânicas declaradas. Não vou fazer apologia ao ritmo apesar de ser um dos ritmos que mais gosto de ouvir e tocar, mas quero apresentar-lhes o novo.

A linguística faz a analise da mutações, semantica, fonenas e outros. Muitas palavras que eram usadas na década de 50 hoje já cairam no desuso, o sentido da palavra Rock in Roll, não é o mesmo de antes (antigamente usado com sentido sexual). Hoje em dia Rock in Roll é apenas mais uma palavra para descrever um estilo musical assim como as palavras, Jazz, merengue e Salsa.

Porque há tanta polêmica quando o assunto é Rock?

Sempre quando entra neste assunto, pastores e líderes eclesiásticos, torcem o nariz, avessos a qualquer tipo de opoio ou condescendência ao ritmo. Normalmente fazem aquela pesquisa (para mim fraca) na internet que aborda o tema e condenam todo um ritmo. Seus argumentos são os mesmos e as bandas citadas sempre as mesmas, nomes como Kiss, Iron maidem e outros basicamente são esses os mais citados, sem dizer da agresão quando trata-se de Heavy Metal. Dizem que esse som vem do inferno (que exagero!). Qualquer musico nota que isso é puro preconceito pois não gostam do ritmo. Será que eles já ouviram falar em Death metal, Black Metal?? Creio que não, pois se ouvissem, não com certeza iria abolir o uso de guitarras elétricas, baixos e baterias nas igrejas. Estas duas variantas do Heavy Metal que citei é o lado escuro, Negro. Este sim, fazem musicas inspiradas e para satanás (Normalmente são grupos satanistas e praticante da Wicca). Já joguei do outro lado, já fui o inimigo dos crentes! Conheço bem do que estou falando. Mas o ponto não é este, devemos direcionarmos ao coração. A palavra de Deus diz que: ? o que sai da boca procede do coração, e é isso que contamina o Homem? Mateus 15-18.

Meus amados, a palavra é bem clara quanto as intenções do nosso coração. O problema não é o Rock, e sim o coração!!!

Podemos adorar a Deus com Rock?

Devemos! Nada mais fácil para um ex-rockeiro se adaptar aos louvores com guitarras distorcidas, andamentos mais rápidos. Francamente, há muitas bandas sérias no que diz respeito a exaltação a Deus com Rock e outros ritmos. Eu conheço varias delas, e graças a deus faço parte de uma.

Tem bandas que usam o Rock para rebeldia, satanismo etc? Tem, em contrapardida há as pessoas que usadas por Deus para destruir as obras do mal, E quem é maior Deus ou o Diabo? A resposta é simples: Deus!!

Pequeno espaço para um testemunho

No dia 07/12/04 em Carapicuiba a Banda Philos, Banda a qual pertenço, tocou em um aniversário de uma igreja (na verdade um grupo que se uniram para levar a palavra de Deus). Haviam cerca de 100 pessoas. Foram cantados muitas musicas dentre elas corinhos bem conhecidos como: Senhor é a Luz, Grande é o Senhor, Senhor te quero, Poderoso Deus e outros. Muitos deles tocado no ritmo Rock. A noite estava maravilhosa, o Senhor estava derramando grandemente da unção dele. Ao som de hinos pessoas choravam e eram restituidas por Deus em diversas partes das suas vidas. No apelo 3 pessoas aceitaram a Cristo e uma garota de cadeira de rodas, que antes só andava com ajuda de outra pessoa, passou a andar sozinho no meio daquele salão, Deus estava operando. Sorrisos eram visto naqueles rostos e lágrimas também.

'Mas, pela graça de Deus, sou o que sou, e sua graça para comigo não foi inútil...' 1Coríntios 15.10.

Somente pela graça de Deus isso ocorre.

Obrigado Senhor!

Palavras finais

Acho que devemos parar com nossos preconceitos e agirmos para a causa de Cristo, usando de artifícios válidos para a propagação do evangelho sobre a terra.

Enquanto paramos para julgar-mos métodos meramente humanos e não coisas espirituais gastamos tempo com coisas mínimas quando a palavra de Deus no diz: II Conríntios 9-6,7 ? Mas aquele que semeia pouco, pouco também ceifará e aquele que semeia com abundância, em abundância também ceifará, Cada um contribua com aquilo que propôs no coração, não com tristeza, nem por contrangimento; Porque Deus ama aquele que dá com alegria?.

Este versículo não fala apenas da contribuição dos dízimos e das ofertas, diz também da contribuição que damos para a obra de Deus. Deus vê a intenção do nosso coração e sabe se nossa atitude, se aquilo que está no profundo é verdadeiro ou é falso.

Pecamos por negligênciar ministérios dado por Deus, a pessoas que usam a música como arma contra satanás, ficamos falando contra isto ao invéns de arregaçar-mos as mangas e cumprir o ministério.

" Não vos lembreis das coisas passadas, nem considereis as antigas; eis que faço coisa nova, que está saindo à luz; porventura não o percebereis? Eis que porei um caminho no deserto, e rios no ermo. Os animais do campo me glorificarão, os chacais e os filhotes de avestruzes; porque porei águas no deserto, e rios nos ermos, para dar de beber ao meu povo, ao meu escolhido, ao povo que formei para mim, para celebrar o meu louvor".- Isaías 43:18-21

Deus te abençoe!
|  Autor: Ivan S.Silva  |  Divulgação: estudosgospel.com.br |