Uma vez que entendemos que ninguém pode ser salvo sem Jesus, como fica a situação das pessoas que viviam antes da encarnação dele? Será que milhões de pessoas foram condenadas, sem chance para serem salvas, somente porque nasceram na hora errada?
Deus não depende das palavras dos homens para agir. Deus é e sempre será Soberano. Soberania é o atributo pelo qual Deus possui completa autoridade sobre todas as coisas criadas, determinando-lhe o fim que desejar. Amado irmão, se precisássemos apenas falar e declarar para que as circunstâncias adversas fossem resolvidas e vivêssemos rica e abundantemente sem problemas, então porquê a Bíblia dá tanta ênfase a suportar o sofrimento? Estude a Palavra e não fique por ai repetindo, como papagaio, aquilo que você escuta na televisão. É muito fácil pregar heresias.
Há alguns cristãos que acreditam que qualquer remédio psiquiátrico é uma rejeição espiritual da autoridade bíblica. Faz sentido pra mim que fatores biológicos e psicológicos muitas vezes façam com que as pessoas não vejam a realidade corretamente. Alguns medicamentos podem 'consertar' algo que está errado. Às vezes, quando a depressão ou a ansiedade é causada por razões não-psicológicas, a pessoa fica em uma situação tão prejudicial que a medicação com antidepressivos é necessária para começar a realizar um tratamento.
Sim!!! Se for permitido por Deus. Com certeza será tocado! Só não poderá tocar na sua alma, porque Cristo pagou o seu resgate. Muitos pregam sem conhecimento da Palavra de Deus, tirando um versículo isolado dizendo tolices, colocando dúvidas na mente de outrem. Dizendo - Aqueles que são filhos de Deus o diabo não toca! Temos a verdadeira resposta na leitura do Livro de Jó.
Se aqueles que são nascidos de novo e eternamente seguros são mortos pelo Senhor para evitar que eles sejam condenados com o mundo, isso significa que os eleitos podem perder a salvação?
Diversas seitas religiosas têm feito a questão do nome de Deus um ponto principal de sua doutrina. Determinam, por estudo ou interpretação das Escrituras, que um determinado nome é usado para identificar Deus. Daí, começam pregar que aquele nome é o único que deve ser usado para descrever o Senhor. 
Tornou-se moda nos círculos evangélicos falar, quase que sem hesitação, do amor incondicional de Deus. É certamente uma mensagem agradável para as pessoas ouvirem e se ajusta a certo tipo de discurso politicamente correto. Onde nas Escrituras encontramos essa noção do amor incondicional de Deus? Se o amor de Deus é absolutamente incondicional, por que falamos às pessoas que elas têm que se arrepender e ter fé para serem salvas?
O homem é um ser tricótomo. O termo tricotomia significa 'aquilo que é dividido em três' ou 'que se divide em três tomos'. Em relação ao homem, o termo tricotomia refere-se às três partes do seu ser - corpo, alma e espírito. Há aqueles que entendem o homem como apenas um ser dicótomo, ou seja, que se divide em duas partes: corpo e alma (ou espírito). Os defensores da dicotomia do homem unem alma e espírito como sendo uma e a mesma coisa.
Respeitando os discordantes, quero expor aqui 7 razões pelas quais defendo a ordenação feminina - 1-Em Cristo acabam as distinções étnicas, sociais e sexistas, 2-A atividade pastoral é, antes de tudo, um dom, 3-O Dom de Profecia é dado tanto a homens quanto a mulheres, 4-O sacerdócio universal dos crentes, 5-Foi a uma mulher que Jesus confiou o primeiro 'ide' após Sua ressurreição, 6-Há evidências de que havia liderança feminina na igreja primitiva e 7-Porque está comprovada a capacidade feminina em exercer qualquer papel antes atribuído somente aos homens...
Na prática do aconselhamento, o que tenho percebido é que muitos dos que são ‘libertos’ por aí passaram por estas ‘sessões de exorcismo’ em público. Mas será que isso por si só é suficiente? A cura e a libertação estão com isso automaticamente garantidos?
Tanto a bênção quanto a maldição devem ser entendidas no contexto da ‘aliança’. Em Dt. 27 e 28, Deus está fazendo uma aliança com o seu povo. A Bíblia em todo o seu conteúdo, mostra-nos que a forma de Deus relacionar-se conosco sempre foi através de alianças. Conseqüentemente, a causa básica das maldições é a desobediência, o romper da aliança.
É apropriado para os cristãos proteger seus corações e mentes e evitar todas as influências corruptoras do mundo. Aquele que é convertido a Cristo precisa abandonar muitas das coisas que antes lhe dava prazer, incluindo músicas como forma de entretenimento que contenham letras indecentes ou que encorajam rebelião contra a vontade de Deus.


Receba Estudos Biblicos todos os dias!
Cadastre-se seu e-mail! É Grátis
     Digite seu Email Abaixo
Emails Cadastrados

OBS: Não esqueça de confirmar seu email em seguida!