Estudo É a Aspersão uma Forma Aceitável de Batismo?


Hoje em dia, muitas igrejas praticam o batismo por aspersão ou derramamento de água sobre a cabeça da pessoa. Esta prática é bíblica? A palavra traduzida como "batizar" em nossas Bíblias significa literalmente mergulhar ou imergir. O batismo da Bíblia para a remissão dos pecados (Atos 2:38) foi sempre praticado por imersão. É por isto que João batizava num lugar onde havia "muitas águas" (João 3:23). É por isto que o tesoureiro etíope não podia ser batizado com a água de beber que qualquer viajante levava consigo, quando atravessava o deserto. Ele e Filipe tiveram que parar o carro e descer para a água e depois subir da água (Atos 8:38-39).

A figura do sepultamento (Colossenses 2:12; Romanos 6:3-6) também mostra que o batismo precisa ser por imersão. Assim como uma pessoa sepultada é envolta pela terra, uma pessoa é completamente submergida na água, no ato do batismo.

A imersão foi universalmente aceita como o modo normal de batismo durante vários séculos depois que o evangelho começou a ser pregado por Jesus e seus apóstolos. Conforme o passar do tempo, a aspersão foi sendo aceita por alguns chefes da igreja em casos excepcionais e, finalmente, chegou a ser uma prática largamente espalhada em algumas igrejas. Mas estas mutáveis tradições humanas não alteram a palavra de Deus. O único batismo que Deus autorizou para o perdão de nossos pecados é a imersão em água.

Entender este fato levanta uma questão prática. E se você foi batizado, quando era criancinha, pela aspersão? Deveria você ser batizado novamente? A primeira coisa que você deveria fazer é estudar cuidadosamente o que a Bíblia ensina para que possa agir na base da convicção e da fé. O Novo Testamento mostra a necessidade de uma fé verdadeira (João 8:24), acompanhada do arrependimento dos pecados (Lucas 13:3,5; Atos 2:38) e o batismo para lavar estes pecados (Atos 2:38; 22:16; Marcos 16:16). A pessoa que entender verdadeiramente tais passagens vai se arrepender e ser imersa na água para ser salva.

Mas, pode uma pessoa ser batizada duas vezes? Deus aceita só um batismo válido (Efésios 4:5). As pessoas que foram batizadas incorretamente, sem entendimento da vontade de Deus, precisam ser rebatizadas (veja o exemplo dos efésios em Atos 19:1-5). Se o primeiro batismo foi inválido, um segundo é necessário para a salvação.
|  Autor: Dennis Allan  |  Divulgação: estudosgospel.com.br |