Senhor! Sei que a Páscoa é tempo de renascimento e de celebrar a vida... Mas, Senhor, estou cansada e preciso que me envies a força da águia, daquela águia que tem mais garra do que doçura, que tem mais coragem do que suavidade, que luta até o final para se transformar...
O Filho do Homem terá de sofrer muito. Ele será rejeitado pelos líderes judeus, pelos chefes dos sacerdotes e pelos mestres da Lei. Será morto três dias depois, ressuscitará. Estás disposto a morrer com Cristo nesta manhã?
Para encerrar o período da quaresma, os 40 dias estipulados pela Igreja Católica para que o fiel se prepare para o ápice da Semana Santa, a ressureição, missas são celebradas com hinos e trechos bíblicos sobre a ressureição. Domingo de Ramos; Missa da Crisma; a ceia do Senhor em alusão à última ceia entre Jesus Cristo e os 12 discípulos. A missa do Lava Pés; a celebração da paixão e morte de Cristo. A vigília pascal onde o padre abençoa o fogo que acenderá uma grande vela, chamada de Círio Pascal... Qual o significado dessas missas?
Dia após dia, um sacerdote levita entrava no templo e oferecia sacrifícios de animais para a remissão de pecados, conforme determinava a Lei de Moisés. O sistema sacrificial da Lei era apenas uma sombra do que Jesus iria realizar no futuro, através de Sua morte na cruz. Foi através de Sua morte e do Seu sangue derramado, um sacrifício perfeito, que Jesus estabeleceu uma Nova Aliança, uma aliança superior que mudaria o rumo da história da humanidade, tanto para os judeus quanto para os gentios. A Nova Aliança, ao contrário da aliança mosaica, é eterna.
Jesus era o filho de Deus em forma humana. Sua missão era aquela - destruir o império das trevas. O terremoto no Calvário teve o propósito de marcar na memória da humanidade, o testemunho do preço pago por seu Jesus pelo resgate das nossas almas. O terceiro milagre do Calvário foi o Véu do Templo que simbolizava a separação entre o homem e Deus e que foi rasgado dando-nos livre acesso ao Pai. O quarto milagre foi a ressurreição dos mortos, nem todos os mortos que ali estavam ressuscitaram, mas apenas alguns dos santos. Não foi a ressurreição geral, e sim a proclamação do triunfo de Cristo sobre a morte e o Hades.
Na quinta-feira, pela manhã, é realizada a missa da Bênção dos Óleos. Os ritos da sexta-feira comemoram a morte de Jesus. O Sábado é o dia em que se acende o Círio Pascal. No ritual católico, a grande festa é o Domingo, mas a população entende a missa de vigília, que começa à meia-noite do sábado como Sábado de Aleluia, ou seja, o sábado de alegria. O Sábado de Aleluia e a Semana Santa, são celebrações criadas pelo homem, não havendo fundamentos bíblicos para tal.
Esta semana é conhecida como santa porque, segundo o calendário católico romano, foi o período em que Cristo morreu, foi sepultado e ressuscitou. Como cristãos devemos aproveitar essa semana para mostrar ao mundo o verdadeiro sentido da Páscoa que é a salvação àqueles que crêem no Senhor Jesus! Vamos evangelizar.
Segundo os estudiosos, há de modo geral no A.T., duas palavras hebraicas traduzidas por vinho:  A primeira palavra: a mais comum é yayim, um termo genérico usado para indicar vários tipos de vinho fermentado ou não-fermentado