Estudo Bíblico Sobre Natal, A Luz do Advento


       Inevitavelmente o período anterior ao Natal, o tempo do Advento, da "vinda", nos faz lembrar da volta iminente de Jesus e das Suas palavras: "Venho sem demora" (Ap 3.11; 22.7,12). Há aproximadamente 2000 anos Deus veio ao mundo, tornando-se homem em Jesus Cristo para reconciliar-nos consigo mesmo. A Bíblia diz sobre a volta de Jesus:
 
"assim também Cristo, tendo-se oferecido uma vez para sempre para tirar os pecados de muitos, aparecerá segunda vez, sem pecado, aos que o aguardam para a salvação" (Hb 9.28).

       A seguir cito comentários de diversos estudiosos da Palavra Profética sobre a iminente volta de Jesus.

O Dr. John F. Walvoord escreve:

       O arrebatamento da Igreja é apresentado claramente como um acontecimento iminente, que se dará antes do cumprimento de muitos dos eventos dos tempos finais. ...nunca houve mais razões para que a Igreja esperasse a volta de Jesus do que atualmente.

O erudito Dr. J. Dwight Pentecost diz em seu "Manual de Escatologia":

       O teólogo que apenas uma geração atrás poderia desprezar inteiramente as questões escatológicas ou tratá-las com desdém passa a ser antiquado em sua maneira de pensar se adotar essa atitude hoje... A Bíblia e a revelação nela contida comprovam que não há outra fonte de esperança e de confiança no futuro, e os homens têm-se voltado a ela mais e mais em busca de luz nas trevas do presente... A maior parte das Escrituras dedica-se à profecia, mais que a qualquer outro assunto, pois aproximadamente um quarto da Bíblia era profético na época em que foi escrito. Essa parte dedica-se ao desdobramento do programa de Deus...
       Aquilo que a Escritura almeja e para o que toda a história aponta é a segunda vinda do Senhor Jesus Cristo a este mundo. Nesse momento serão cumpridos os propósitos de Deus pelos quais Seu Filho veio ao mundo. A redenção terá sido realizada e a soberania terá sido manifestada na terra. Grande quantidade de profecias está relacionada a essa vinda e aos acontecimentos a ela associados.
       Chafer diz: "...o tema da segunda vinda de Cristo é singular pelo fato de ocupar grande parte do texto das Escrituras, mais que qualquer outro tópico, e ser um tema distinto da profecia no Antigo e no Novo Testamento. Na verdade, todas as outras profecias contribuem para o grande final do cenário completo desse acontecimento – a segunda vinda de Cristo."

E o Dr. Ed Hindson, que é muito reservado no que se refere às afirmações proféticas da Bíblia, escreve:

       Em minha opinião, não pode haver dúvidas de que nos aproximamos em velocidade estonteante do último capítulo da história da humanidade. À distância já ouvimos o tropel dos quatro cavaleiros do Apocalipse. O palco já está preparado para o último ato do drama da humanidade. O relógio continua avançando e nossas esperanças de que haja um período de alívio se desvanecem cada vez mais. Através do corredor do tempo movimentamo-nos em direção a uma data claramente determinada e um destino inevitável.. Quando analisamos as tendências dos nossos dias e as profecias bíblicas sobre os tempos finais, vemos com clareza cada vez maior que não nos resta mais muito tempo para alcançar nossa geração para Cristo.
       Na parábola de Jesus sobre as dez virgens, somente cinco delas ainda tinham suas lâmpadas acesas no momento decisivo da chegada do noivo. As outras cinco eram néscias e não tinham azeite suficiente nas vasilhas, ou seja, não eram renascidas e, portanto, não tinham verdadeira relação vital com Jesus. Li a respeito:
       As virgens néscias (em contraste com as prudentes) representam pessoas que professam a fé mas não têm a vida de Deus, não têm o Espírito Santo. Portanto, falta-lhes o essencial para que possam encontrar a Cristo com alegria. O homem natural – por mais religioso e "cristão" que seja – não tem nada que realmente o una a Cristo e que o faça desejar a vinda do Senhor.
       A luz do Advento já está brilhando. Aí nos vemos diante da pergunta: "Será que nós – você e eu – estamos preparados? Nossas candeias estão acesas?" Ainda vivemos no tempo da graça, ainda é possível buscar o Senhor de todo o coração – mas não adie essa decisão, pois não sabemos quanto tempo nos resta!
|  Autor: Norbert Lieth  |  Divulgação: estudosgospel.com.br |


Receba Estudos Biblicos todos os dias!
Cadastre-se seu e-mail! É Grátis
     Digite seu Email Abaixo
Emails Cadastrados

OBS: Não esqueça de confirmar seu email em seguida!