Eis o exemplo de um louvor poderoso. O Espírito Santo operava em Davi, mas o demônio não saía quando aquele jovem entrava no recinto. Entretanto, ele não resistia quando o instrumento era tocado. Davi não dava atenção ao demônio nem dialogava com ele, mas louvava ao Senhor.
Aprendemos assim que adoração é um processo contínuo que nos leva do mundo para o altar, onde conhecemos quem de fato dirige a história, e do altar para o mundo, onde fazemos diferença positiva na história cumprindo nela os desígnios do Senhor....
O maior dos adoradores não é a forma de cantar, louvar, mas sim o profundo amor que temos a Deus. Um adorador tem prazer em obedecer a vontade do Pai. Mesmo passando por lutas, provações, aflições e mesmo passando por enfermidades e dores na carne.
A maioria dos cristãos sabe o quê aconteceu no mar Vermelho, e como Deus livrou milagrosamente o povo escolhido. Mas você pode se perguntar o que esse incidente tem a ver com o título da mensagem, 'A Feitura de um Adorador'. 
O que desejamos realmente, ser reconhecidos como músicos ou mover o coração do nosso Deus através da adoração?
Um dos motivos que o louvor é tão forte é porque ele evita que desperdicemos nossas forças com lamentações, lamúrias e preocupações desnecessárias. Assim, restabelecidos, recebemos a renovação de Deus em nosso espírito para enfrentar a situação e vencer pela fé.
Se obedecermos, louvarmos, exaltarmos o seu nome e dermos as nossa primícias, ele nos concederá os desejos do nosso coração, mas não esqueçam, ela dará, mas somente se for para a honra e gloria do seu nome.
Nos dias de hoje temos muitos conceitos sobre dança, sendo em sua maioria o de que ela induz a expressões carnais, o que não é verdade quando há uma atitude pura, feita no espírito diante do Senhor. 
Ao passarmos pelo Evangelho de João vemos um dialogo de Jesus com uma mulher samaritana, dialogo que nos ensina algumas verdades, sobre a adoração e o louvor que o Senhor deseja de seu povo.
Essas vestes não são suas, são de Deus e para Deus (Lev. 16.4). Podemos observar nesse texto que as vestes dos sacerdotes eram algo sagrado mesmo, usadas em momentos específicos, no caso citado acima era uma ocasião extremamente importante, o Dia da Expiação
Duas vertentes que andam juntamente na vida de cada cristão, e se não observadas com muito cuidado notaremos que muitos cristãos apenas praticam um ritual, ou seja, alguns cristãos praticam a religiosidade e não cumprem A VERDADEIRA ADORAÇÃO
Um instrumento que tem sido ressuscitado no meio do povo de Deus, nestes dias é o 'SHOPHAR', um chifre de carneiro, que tem sido quase que um símbolo do presente mover do Espírito Santo.