Estudo Bíblico Cantai ao Senhor


Tanto no Velho como no Novo Testamento, Deus recebe o louvor dos lábios de suas criaturas. As formas do louvor são diferentes, mas muitos dos motivos, baseados no santo caráter de Deus, são os mesmos.

O Salmo 96 vem da época de Davi, quando a arca da aliança foi levada a Jerusalém, que se tornou a cidade escolhida como centro de adoração ao Senhor. Esta versão do Salmo (um pouco diferente da versão relatada em 1 Crônicas 16) se divide em duas estrofes, cada uma começando com uma tripla convocação: “Cantai... cantai... cantai” (versículos 1 e 2) e “Tributai... tributai... tributai” (versículos 7 e 8).

Os motivos do louvor são resumidos neste Salmo: 1. O que Deus é – glorioso, grande, digno de louvor, forte, santo, etc. (1-9); 2. O que Deus fez – criou os céus e a terra e reina sobre eles (5,10); 3. O que Deus fará – julgará os homens com justiça e fidelidade (13).

Este Deus sublime merece o louvor de todos os homens. Leia o Salmo 96, observando os verbos usados para descrever a adoração devida ao Senhor. Entre as ações dos homens que reconhecem a grandeza do Criador e Juiz são estas: Cantar um cântico novo (1); Bendizer o nome de Deus (2); Proclamar a salvação (3); Anunciar a glória e as maravilhas dele às nações (3); Tributar-lhe a glória e a força (7-8); Adorar (9); Dizer que ele reina e julga (10).

Não somente os homens, mas toda a criação – céus, terra, mar, campo, árvores, etc. – participa da adoração do único verdadeiro Deus (11-12). “Porque grande é o Senhor, e mui digno de ser louvado” (4).

| Autor: Dennis Allan | Divulgação: EstudosGospel.Com.BR |


Receba Estudos Biblicos todos os dias!
Cadastre-se seu e-mail! É Grátis
     Digite seu Email Abaixo
Emails Cadastrados

OBS: Não esqueça de confirmar seu email em seguida!