Estudo Bíblico Sua Casa é a Sede do Avivamento


Este é o ano da conquista familiar e "sua casa é a sede do avivamento". Deus tem investido em um povo chamado povo santo, propriedade exclusiva de Deus.

Em toda a história da Igreja de Jesus, nunca houve tanto avivamento como nos tempos atuais, e este avivamento nos aumenta a responsabilidade, pois a quem mais é dado mais é cobrado (Lc 12:48).

Este chamado é para nossas famílias, para nossa casa. Temos visto um desejo de mudança e crescimento, e alguns casais ainda têm andado como andavam antes de conhecerem a Jesus Cristo, muitos querendo conquistar uma multidão, e perdendo o princípio de uma multidão: sê fiel no pouco, e sobre o muito eu te colocarei” (Mt 25:21, parafraseado).

A sua família, nesta visão, é chamada a ganhar uma multidão. Porém, se o Senhor não encontrar no nosso casamento, na nossa família, o referencial, com quem Deus poderá contar? É tempo dos nossos olhos espirituais se abrirem e não vivermos em NADA os padrões do mundo, e, em tudo, levarmos ao mundo os padrões e princípios de uma família cristã. Nesta chamada o Senhor quer restaurar a geração de sacerdotes e profetas, para que não só ensinem no templo, mas, também, que façam das suas casas um novo templo.

Casais! Famílias! As melhores faculdades de teologia, as melhores escolas de profetas, os maiores centros de evangelismo, são suas casas! É tempo de investirmos tempo com a nossa família: o esposo sentar com a sua esposa, estudarem juntos, lerem juntos, pesquisarem juntos, incentivarem um ao outro, desatarem a unção, cada cônjuge fazendo do outro o maior líder na visão celular. É hora de voltarmos a ensinar os nossos filhos dentro da nossa casa, com os cultos familiares, e de os pais investirem nos filhos e os façam santos e poderosos em Deus. Isso é cumprir uma chamada.

Hoje sentimos no nosso coração um desejo profundo, que vem do coração de Deus, de vermos a restauração e o avivamento em cada lar. Tomemos como exemplo o profeta Malaquias: o maior peso sobre ele era a violação da aliança da lei. Malaquias dizia: Deus sempre amou o seu povo, mas eles não haviam assimilado a profundidade do amor, e na verdade eles retribuíam com desonra e desobediência (Ml 1:2 parafraseado). Também havia a indiferença do povo com as ofertas, pois eles se preocupavam em viver tendo o melhor para eles, porém, os sacrifícios e ofertas para o Senhor Deus eram da pior espécie, com animais cegos e doentes (Ml 1:7-14). Os próprios sacerdotes se voltavam contra Deus, violando abertamente o compromisso (Ml 2-8), e, o mais grave, a maioria dos escolhidos por Yaveh haviam se divorciado de suas mulheres, sinalizando assim seu descaso para com os ensinamentos, os princípios de Deus (Ml 2:13-16).

Como igreja do avivamento, temos que abolir o divórcio do meio dos líderes. Isso é inadmissível. Uma aliança é indissolúvel e, se você pensa que seu casamento não tem mais jeito, saiba que não há impossíveis para Deus (Lc 1:37).

O profeta Malaquias profetizou para o nosso tempo: “para vós, os que temeis o meu nome, nascerá o sol da justiça, trazendo cura nas suas asas; e vós saireis e saltareis como bezerros da estrebaria” (Ml 4:1-2).

A história de Israel no antigo testamento se encerra com as profecias: “... e Ele converterá o coração dos pais aos filhos, e o coração dos filhos aos seus pais...“ (Ml 4:6). Nosso intuito como casais, como famílias, não é contemplar a possibilidade de sermos famílias benditas do Senhor, e sim, sermos verdadeiramente abençoados, um reino de sacerdotes cuja tarefa é demonstrar o que significa ser o povo redimido de Deus e o mediador da revelação salvador para todas as famílias da Terra, Jesus Cristo.

É um tempo novo para os lares desta nação. O vento do Espírito Santo é soprado sobre cada casal. Deus vai fazer da sua casa a sede do avivamento, o melhor lugar onde você poderá consolidar não só os seus discípulos, mas o seu cônjuge e seus filhos.

Não desista! O Senhor confia na sua aliança e ele escolheu o casal para ser referencial de que Ele é um Deus que desde o princípio tem se preocupado com o projeto maior do seu coração: a família. Nenhuma conquista é maior que a sua casa.

Que a sua casa seja a sede do avivamento, para que, por legalidade da sua casa e da sua família, as casas dos seus discípulos também sejam.
 
|  Autor: Pr. Wilson Ayub Jr  |  Divulgação: estudosgospel.com.br |