A vida corre mansa e tranquila, mas alguma coisa inquieta o coração de Selma. Embora a família toda participe dos trabalhos da igreja em várias posições de liderança, ela tem alguns questionamentos com relação à maneira como vivem o evangelho dentro de casa.
Diante das menores dificuldades, tais como, indisposição, chuva, frio, cansaço, não vá aos cultos. Com isso seu filho vai crescer com a idéia de que freqüentar as reuniões não é assim tão necessário.
Quando Deus criou o casamento em Gênesis, deixou claro que não se trata de uma união entre um homem e uma mulher apenas para que os dois sejam felizes e tenham algum tipo de benefício pessoal. Mas vemos que Deus criou a mulher para que esta fosse uma auxiladora, ou seja, que ajudasse o homem a cumprir a missão que Deus havia dado à humanidade.
Infelizmente, desobediência de filhos aos pais também caracteriza muitas famílias da igreja. Precisamos de um reavivamento verdadeiro. Conforme Efesios 5:18-6:4 isso começa no lar, com pessoas cheias (controladas) pelo Espírito de Deus, que usa a Palavra de Deus para nos transformar à imagem de Deus.
Se existe uma chave para criar filhos masculinos e filhas femininas, creio ser a influência marcante e constante da presença dos pais com seus filhos! Este é o verdadeiro discipulado, a impressão digital deixada por um pai no filho, a mãe na filha, e vice-versa.
Não adianta falar sobre qualquer outro passo a dar ou atitude a ter perante a crítica, antes de darmos ouvidos a ela. Muitas pessoas, talvez a maioria, nem chegam a esse primeiro passo. São os "sabe-tudo" que infelizmente precisam "pisar na bola" várias vezes antes de acordar para a realidade.
Deus deseja ilustrar no casamento uma relação única que existe entre Cristo e a Igreja. Nenhum outro tipo de relacionamento representa tão intimamente esta união. Nem mesmo o amor entre mãe e filho é tão íntimo quanto o casamento, pois apenas marido e mulher formam “uma só carne”.
Mulheres que venceram o inimigo através da autoridade dada por Deus, conquistada através da sabedoria divina, da vigilância e oração, do silêncio no tempo oportuno, da obediência para com seu marido, seu pastor ou com seu superior.
Brinquedos carregados de ocultismo, subversão, violência e imoralidade ameaçam o desenvolvimento pedagógico sadio das nossas crianças. 
Há uma ignorância muito grande acerca do casamento entre as pessoas do mundo todo. E, infelizmente, também dentro de nossas igrejas. 

Não é suficiente que oremos individualmente em nossos quartos, de nós é requerido honrar a Deus em nossas famílias também. Pelo menos duas vezes por dia - de manhã e à noite - toda família deve colher unida o que plantou diante do Senhor



Receba Estudos Biblicos todos os dias!
Cadastre-se seu e-mail! É Grátis
     Digite seu Email Abaixo
Emails Cadastrados

OBS: Não esqueça de confirmar seu email em seguida!