Estudo Bíblico Autocontrole

 
É característica, aparentemente comum, dos homens e mulheres de hoje sentirem-se deprimidos por não conseguirem cumprir tarefas e projetos no vencimento estipulado, saldar débitos na data estabelecida e procrastinar a realização de seus trabalhos, ideais e desejos. A total indisciplina e a ausência de autocontrole afetam praticamente todas as áreas da vida humana. Elas se manifestam em promessas não cumpridas, lares desordenados e desorientados, ambientes de trabalho desorganizados, descontrole alimentar, falta de ponderação quanto ao tempo gasto diante de uma TV, indulgência às fantasias, vida sexual descontrolada e gastos supérfluos.

Devido a importância deste conceito, volto a enfatizar que nós, como pais, devemos ser modelos e exemplos para nossos filhos. Sendo assim, é prioritário exercitarmos um severo autocontrole em nossas vidas para influenciarmos positivamente o futuro de nossos filhos. Pai, todo ensino que você puder transmitir sobre a excelência de possuir autocontrole, certamente beneficiará sensivelmente o desenvolvimento de seu filho. Tal característica contribuirá para determinar o nível de sucesso que ele poderá obter, tanto na fase da adolescência, como na vida adulta.

O ensino dessa virtude pretende preparar seu filho para tomar decisões corretas e fazer escolhas sábias. Sempre que ele fizer uma decisão acertada você deverá elogiá-lo, incentivá-lo e demonstrar aprovação pelo seu desempenho. Não permita que o desânimo o vença quando as atitudes de seu filho não coincidirem com o objetivo desejado. Não se esqueça de que esse processo de aprendizado é a longo prazo. Como você já deve ter notado, quase sempre sou prático na exposição do que procuro transmitir. Esforço-me para não me deter apenas na teoria.

É possível elaborar um plano para ajudar a criança ou adolescente a controlar-se, a partir da fase em que começam a entender o que seus pais lhe dizem.

1. Ensinar Deuteronômio 6.7, aconselha: "Tu a inculcarás a teus filhos e delas falarás...". Às margens do rio Jordão, o povo de Israel preparava-se para entrar na terra prometida. Moisés considerou oportuno que, antes disso, seus compatriotas conhecessem o pensamento do Senhor quanto a educação e criação de filhos. A exortação específica era para que os pais ensinassem os princípios da Palavra aos filhos pois só assim eles estariam aptos para tomar decisões corretas no futuro.

2. Determinar as informações a serem comunicadas Que informações seu filho precisa acumular tendo em vista tornar-se alguém com autocontrole? Quais verdades bíblicas fornecerão uma base sólida para ele fazer escolhas corretas e certas após os dezoito anos de idade? Uma verdade que nossos filhos, com certeza, precisarão compreender, é que suas vidas sempre estarão sob controle de uma de duas forças. Jesus mesmo disse: "Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de aborrecer-se de um, e amar o outro; ou se devotará a um e desprezará a outro. Não podeis servir a Deus e as riquezas" (Mt 6.24).

O apóstolo Paulo reforçou tal afirmação ao escrever: "Por isso o pendor da carne é inimizade contra Deus, pois não está sujeito a lei de Deus, nem mesmo pode estar. Portanto os que estão na carne não podem agradar a Deus" (Rm 8.7,8). Para alcançarmos sucesso na vida cristã, precisamos reconhecer que o autocontrole bíblico e verdadeiro emerge da direção e intervenção de Deus nas nossas vidas através do Espírito Santo. Em Gálatas 5.22,23, o autocontrole é um dos frutos do Espírito alistados, indicando que para conseguirmos produzir tal virtude, devemos render nosso próprio espírito ao Espírito de Deus, que nos provê de recursos sobrenaturais para vivermos diligente e disciplinadamente para honrarmos ao nosso Pai e Criador. Sou pai, mas ainda sou filho.

Que o tempo que passamos com nossos pais e com nossos filhos, possa ser rico e significativo. A vida passa muito rápido e é fácil nos perdermos dentro dela em atritos e pesos desnecessários. Que possamos em nossos relacionamentos (dos quais pais e filhos é um dos mais preciosos) utilizar o tempo de maneira sábia e natural.

Autor: Pr. Jaime Kemp