Vaidade e Avareza


Texto básico: Êxodo 38: 21-31 e Marcos 12:43-44

Esta é a enumeração das coisas para o tabernáculo, a saber, o tabernáculo do Testemunho, segundo, por ordem de Moisés, foram contadas para o serviço dos levitas, por intermédio de Itamar, filho do sacerdote Arão. Fez Bezalel, filho de Uri, filho de Hur, da tribo de Judá, tudo quanto o SENHOR ordenara a Moisés. E, com ele, Aoliabe, filho de Aisamaque, da tribo de Dã, mestre de obra, desenhista e bordador em estofo azul, púrpura, carmesim e linho fino. Todo o ouro empregado na obra, em toda a obra do santuário, a saber, o ouro da oferta, foram vinte e nove talentos e setecentos e trinta siclos, segundo o siclo do santuário. A prata dos arrolados da congregação foram cem talentos e mil e setecentos e setenta e cinco siclos, segundo o siclo do santuário: um beca por cabeça, isto é, meio siclo, segundo o siclo do santuário, de qualquer dos arrolados, de vinte anos para cima, que foram seiscentos e três mil quinhentos e cinqüenta. Empregaram-se cem talentos de prata para fundir as bases do santuário e as bases do véu; para as cem bases, cem talentos: um talento para cada base. Dos mil setecentos e setenta e cinco siclos, fez os colchetes das colunas, e cobriu as suas cabeças, e lhes fez as vergas. O bronze da oferta foram setenta talentos e dois mil e quatrocentos siclos. Dele fez as bases da porta da tenda da congregação, e o altar de bronze, e a sua grelha de bronze, e todos os utensílios do altar, e as bases do átrio ao redor, e as bases da porta do átrio, e todas as estacas do tabernáculo, e todas as estacas do átrio ao redor. (Êxodo 38:21-31 RA)

Esses são os dois maiores problemas do homem. Os dois pecados estão relacionados entre si, a vaidade é conseqüência da avareza. Vemos um exemplo disso em Salomão, ele quis ter todos os tesouros do mundo para comprar tudo que satisfizesse sua alma e o resultado disso vemos no livro de Eclesiastes, onde ele afirma que tudo na face desta terra é pura vaidade.

Por intermédio dos levitas, Deus exigiu que se fizesse um inventário preciso de tudo que fora feito e doado para Sua casa. Ele não se esquece de nada: nem mesmo do último prego e do menor alfinete, sabendo o quanto isso custou a cada pessoa que trouxe um objeto em particular.

E, chamando os seus discípulos, disse-lhes: Em verdade vos digo que esta viúva pobre depositou no gazofilácio mais do que o fizeram todos os ofertantes. Porque todos eles ofertaram do que lhes sobrava; ela, porém, da sua pobreza deu tudo quanto possuía, todo o seu sustento. (Marcos 12:43-44 RA)

O Senhor Jesus, sentado diante do gazofilácio, estava observando as multidões trazerem as ofertas, e apreciou muitíssimo as duas moedinhas da viúva pobre. Aquela oferta significou a completa rendição dela, pois era “todo o seu sustento”.

Fez também a bacia de bronze, com o seu suporte de bronze, dos espelhos das mulheres que se reuniam para ministrar à porta da tenda da congregação. (Êxodo 38:8 RA).

O versículo acima nos fala de maneira semelhante, uma das peças do santuário, foi feita dos espelhos das mulheres. Na presença de Deus, e pelo zelo com Sua casa, o coração delas as levou a entregar não apenas um objeto inútil, mas também a preocupação consigo mesmas, sugeridas pelo uso do espelho.

Então, disse Jesus a seus discípulos: Se alguém quer vir após mim, a si mesmo se negue, tome a sua cruz e siga-me. Porquanto, quem quiser salvar a sua vida perdê-la -á; e quem perder a vida por minha causa achá-la -á. (Mateus 16:24-25 RA).

Isso é também algo que Deus aprecia e menciona em Sua Palavra, negar a si mesmo é deixar de lado a vaidade e o orgulho próprio. A prata recolhida do povo serviu para formar as bases do santuário e do véu, tudo descansa na redenção que há em Cristo Jesus, e sobre a qual cada santo individualmente descansa pela fé.

Disse o SENHOR a Moisés: Toma os levitas em lugar de todo primogênito entre os filhos de Israel e os animais dos levitas em lugar dos animais dos filhos de Israel, porquanto os levitas serão meus. Eu sou o SENHOR. Pelo resgate dos duzentos e setenta e três dos primogênitos dos filhos de Israel, que excedem o número dos levitas, tomarás por cabeça cinco siclos; segundo o siclo do santuário, os tomarás, a vinte geras o siclo. E darás a Arão e a seus filhos o dinheiro com o qual são resgatados os que são demais entre eles. (Números 3:44-48 RA).

O tema também nos mostra como devem proceder as verdadeiras mulheres cristãs, sem vaidades. O cuidar de si mesmo e da aparência não é pecado se não se deixar levar para a vaidade, pois, seria trocar o amor a Deus pelo amor a si próprio.

Da mesma sorte, que as mulheres, em traje decente, se ataviem com modéstia e bom senso, não com cabeleira frisada e com ouro, ou pérolas, ou vestuário dispendioso, porém com boas obras (como é próprio às mulheres que professam serem piedosas). (1 Timóteo 2:9-10 RA).

A mulher deve se cuidar (enfeitar) com modéstia e bom senso, não deve se descuidar da aparência e não fazer dela sua fonte de preocupação. Assim como a nova deve se enfeitar para receber Cristo, assim devem as mulheres se enfeitar para seu esposo!

|  Autor: Alcebídios Garcia Dias  |  Divulgação: estudosgospel.com.br |