Vai Ter Com as Formigas e Sê Sábio!


Vai ter com a formiga, ó preguiçoso; olha para os seus caminhos, e sê sábio. Provérbios 6:6

O que um minúsculo inseto como a formiga nos ensina? Somos tão magnificamente grandes em relação a elas que uma mínima pressão de nosso dedo mindinho contra a formiga a esmaga completamente! Um sopro nosso e: lá vai formiga, para bem longe! Mas, Deus diz para observarmos o caminho desses insetos, isso nos tornaria sábios. Grandes lições são extraídas do "desprezível" universo de pequenas coisas que nos rodeia; sábios são os que consideram os detalhes.

A essência das formigas

Lá vão as formigas enfileiradas, em marcha para algum lugar que lhes garanta comida. Elas sabem o valor da organização e da união, sem esses elementos seria impossível transportar o alimento. Se preciso fosse resumir a vida das formigas em uma só palavra, eu escolheria: comunidade. Elas dependem inteiramente umas das outras, a pequena força individual se torna miraculosa através da união para o trabalho. Formigas trabalham dia e noite, você já observou alguma formiga dormindo, paradona? Se não viu, jamais verá!

E Jesus lhes respondeu: Meu Pai trabalha até agora, e eu trabalho também.  João 5:17

Formigas não dormem, elas se revezam em turnos na realização  das tarefas, nesse ínterim, têm uma baixa no metabolismo e ficam num estado mais lento, renovando as forças para em seguida pegarem seu turno. Dia e noite, na luz ou na escuridão, formigas trabalham por alimento. Nesse estado de cooperação, o formigueiro anda e os pequeninos passos ganham a dimensão de um elefante. Por falar em elefante, descobri algo fantástico: você sabia que eles têm medo das formigas!? Sério! É algo parecido com a história de Davi vencendo Golias.

Biólogos da Universidade da Florida, nos Estados Unidos, constataram que os elefantes se afastavam das plantas acácias comuns na região do Quênia por causa das formigas. Cientistas acreditavam que a preservação da vegetação da savana, era consequência das chuvas, que nada, e que surpresa! Descobriram que os elefantes não devoravam a savana por medo das formigas! Elas entravam pelas trombas do animal e começavam a mordê-los. Também descobriram que os elefantes são os únicos animais vulneráveis aos ataques das formigas.

Porque quando estou fraco então sou forte. II Coríntios 12:10

É senhoras e senhores, observando as formigas, descobriremos que a força não está no tamanho no corpo, mas na essência. Por falar em essência, vejamos o que isso significa.

Essência:

É o que constitui a natureza de um ser.
Seu maior atributo

Para Platão:

É o ser autêntico, percebido na medida em que o espírito se sobrepõe às percepções equivocadas e irreais dos sentidos. 

Para Aristóteles:

É a reunião das características comuns que definem a natureza intrínseca de cada ser.

Formigas são essencialmente trabalhadoras e altruístas, capazes de fazer correr um elefante para defender a si e ao seu habitat.

O perfume que atrai

Você sabia que para tornar possível e eficaz o trabalho no formigueiro esses insetos destilam uma espécie de aroma chamado feromônio? Esse perfume é responsável pela manutenção das trilhas, é ele que faz com que as formigam se movam em fileiras sem se desviarem ou dispersarem. O cheiro do feromônio ajuda a encontrar o caminho do alimento e garante a volta para casa. Veja abaixo uma ilustração da trilha de feromônio.

Porque nós somos para com Deus o bom perfume de Cristo, tanto nos que são salvos como nos que se perdem. II Cor 15:16

É isso queridos leitores: de formiga em formiga nunca falta trabalho nem comida no formigueiro. Que possamos não apenas observar o exemplo desse inseto, mas também praticar. Certamente elas têm um mundo de coisas boas a nos ensinar, mas de forma pratica, traço um paralelo entre cristãos e formigas:

Diga não a preguiça e ao comodismo, trabalhe para que nunca lhe falte o sustento: material e espiritual. 

Reserve um tempo para o descanso, um momento de restauração do corpo, da mente e do espírito. Sem trabalho, desfrutando da companhia da família e de Deus ( em oração, jejum e leitura da Palavra).

Jesus pede que vigiemos sobre o mal, tal qual a formiga vigia para afastar seus predadores. 

Não deixemos que as criticas e os erros cometidos por irmãos e lideres (até por nós mesmos) nos afete a ponto de nos afastar da comunhão com Deus e com a Igreja.A união das formigas garante a vida individual e em grupo.

Que nossa essência seja Cristo: Ele em nós. Através desse intimo relacionamento, estejamos sempre dispostos a deixar que Ele habite em nós, transformando-nos constantemente.

Que nosso perfume seja Cristo, o "feromônio" da vida construindo "trilhas" para outros seguirem.

Que nossa razão seja Cristo atraindo outros para Ele.

Que nossa alegria seja a de diariamente trabalhar: no inverno, no verão e na primavera como forma de nos mantermos alimentados com a Palavra de Deus, haja o que houver.

Não nos desviemos do Caminho que é Cristo, tal qual as fileiras de formigas que se espalham quando encontram um obstáculo, porém, rapidamente se unem em trilhas através do feromônio, porque desviadas morreriam.

Formigas têm essência de irmandade, repartem o alimento, cooperam com o bem estar do outro. Essa grande lição das formigas lembra o mandamento Divino de amar o próximo como a si mesmo, que assim seja conosco. 

Em Cristo, o bom perfume da vida!
|  Autor: Wilma Rejane  |  Divulgação: estudosgospel.Com.BR |