Ser tentado Não é Pecado


A seguir, foi Jesus levado pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo diabo. Mateus 4:1.

Um carácter santo nunca evita a tentação. Jesus foi tentado. Quando Satanás tenta, por norma suas fagulhas caem em combustível, mas com Cristo parece que caíram em água. Mesmo assim o inimigo persistiu em seu trabalho sujo. Se o diabo tenta mesmo quando nunca vai obter qualquer resultado que seja, imagine quanta força ele empregará quando sabe que nos pode fazer tropeçar. Mesmo que esteja completamente santificado pelo Espírito Santo, espere sempre que aquele enorme cachorro do inferno venha latir efusivamente em seus ouvidos com alguma manha em vista.

Num mundo de tentação esperamos vir a ser tentados, mas tenhamos em conta que essas tentações existirão sempre, mesmo em reclusão absoluta e totalitária. Jesus foi retirado da sociedade para um deserto onde não estava ninguém e ali foi tentado na mesma. Solidão traz tanto de benefícios, como pode trazer de quedas oportunas. Ali pode e tem porque nascer o orgulho na vida interior do homem. Por essa razão, o diabo sempre nos seguirá até ao mais belo dos retiros. Nunca suponha que são apenas os mundanos que saem atormentados com pensamentos de blasfémia que nunca se sabe qual sua origem.

Até pessoas espirituais são devidamente atormentadas, muitas vezes por pensamentos que nunca são seus. E no retiro mais sublime e mais santo, pode espreitar a tentação mais desconfortante. A consagração mais elevada nunca tem como assegurar que Satanás evite vir ter consigo ali mesmo. Cristo era consagrado de trás para frente e de frente para trás. Foi a vontade do Pai que o trouxera até ao deserto: no entanto foi tentado. Seu coração pode ser uma chama imensa para o Senhor Jesus Cristo, mas satanás tentará sempre apoquentá-lo com a morna água de Laodiceia.

Se me perguntar quando é que Deus permite que se ponha de lado nossa armadura, direi apenas que quando satanás deixar de ser tentador. Tal como os heróis antigos numa guerra, temos de dormir vestidos com nossas armaduras, com o capacete da salvação colocado, a couraça da justiça vestida, pois a arqueiro enganador anda à solta buscando quem atingir mortalmente e a primeira oportunidade que lhe surgir, atingirá sua vitima prontamente.

Que seja o Senhor a manter-nos vigilantes em todas as ocasiões e que nos conceda sempre um escape airoso daquela dentadura de leão raivoso, da pata de urso feroz. Amém. Graça e paz irmãos.

|  Autor: Cláudio Morandie  |  Divulgação: estudosgospel.com.br |