Saindo do Coma Espiritual


O tema que hora vamos abordar trata-se de um assunto que encontramos em nosso dia a dia como conferencista. Primeiro vamos basear esse tema no livro de Lucas 8:41 e 42. Lá a Bíblia fala de um príncipe da sinagoga e pediu ao Senhor Jesus que entrasse em sua casa, pois sua filha de 12 anos estava acometida de uma enfermidade e à beira da morte. Como todos conhecem a história, Jesus ainda demorou de ir até a casa daquele parlamentar da época por conta de uma mulher que tinha um ciclo menstrual constante a qual o nosso Senhor a curou.

Mas o que é necessário entender com essa história? Porque essa passagem bíblica nos oferece uma fonte de aprendizado incontestável? Será que desse assunto podemos obter uma lição para a nossa vida espiritual? E o pior que quando pregamos nessa passagem existem aqueles que torcem o nariz e não gostam de ouvir a veracidade extraída das verdades bíblicas.

Vejamos. O Senhor Jesus é abordado no meio da rua por um homem que normalmente não faria isso diante da sociedade corrupta e manipulada da sua época. Tal homem prostra-se aos seus pés e pede para que o Mestre entre na sua casa para curar sua filha. Vemos aqui um pedido desesperado de um individuo que, possivelmente ouvira de seus colegas de sinagogas (espécie de parlamento da época, o qual era religioso), os mais absurdos atos de rejeição devido ao fato de que decidira buscar auxilio do Mestre. Isso é o que faria qualquer pai ao ver sua filha numa cama quase morta. Ele deixou seu orgulho de príncipe da sinagoga, que na ocasião os sacerdotes já olhavam com olhares de inveja e repúdio ao trabalho que Jesus Cristo exercia no meio social. Um sacerdote ou um membro do sinédrio tinha o cuidado de nem sequer olhar para Jesus, quanto mais ajoelhar aos seus pés implorando ajuda. Quando o próprio sinédrio não teve mais alternativa, Nicodemos se encarregou de ser o interlocutor dos principais da sinagoga.

A intenção dessas palavras é simplesmente lançar as seguintes questões: quem, na verdade oferecida pela história, estava em um coma profundo por conta da doença? Quem mais precisamente precisava de uma visita do nosso Mestre? De que tipo de coma estamos falando, espiritual ou tradicional?

As respostas dessas indagações estão claras. No texto bíblico vimos que, literalmente, a filha de Jairo é quem estava acometida de uma enfermidade e quase morrendo. E devemos atentar nesse texto é que, quando Jesus chegou a sua casa e entrou em seu quarto, alguns detalhes nos fizeram entender que aquela menina sabia que o Mestre adentrou em seu quarto, mas não podia fazer nada porque estava imóvel e apenas um pequeno percentual do cérebro estava funcionando, porém não mais mandava estímulos para o corpo. Em outras palavras, estava semelhante a uma pessoa quando está em coma.

Respondendo as perguntas acima, vemos aqui que o Senhor Jesus encontrou em seu caminho dois tipos de coma: o profundo que, segundo a medicina, é um estado similar à anestesia ou ao sono profundo, do qual o indivíduo não pode ser despertado onde aqui foi caracterizado pela menina; e o coma induzido onde, segundo a medicina, trata-se de um coma provocado para que o paciente receba tratamentos mais delicados. E é desse ultimo que eu quero falar. O coma induzido aqui é representado pelo pai da menina, um homem que a sua religiosidade era baseada em pensamentos torpes e atitudes fúteis. Ele foi induzido pelo seu orgulho a um verdadeiro coma espiritual, onde não tinha forças para buscar a verdade e só conseguiu devido a um desespero repentino. Ao ajoelhar aos pés de Jesus, aquele príncipe da sinagoga estava saindo do coma espiritual e assumindo a fé sobrenatural mesmo diante das palavras de seus empregados dizendo que sua filha já estava morta.

Querido leito, existem muitas pessoas em coma espiritual induzido pelo inimigo de nossas almas, precisando prostrar aos pés de Jesus onde só assim poderão obter vida e vida com abundância. A soberba e a arrogância têm cegado o intelecto de uma sociedade corrompida pela globalização manipulada pelos atuais príncipes das sinagogas aqui representados pelos políticos corruptos e líderes religiosos decompostos. Não quero com minhas palavras exacerbar a consciência quanto aos inocentes e menos favorecidos da comunidade, mas sim alertar que somente os humildes herdarão o reino dos céus, e que precisamos sair desse coma espiritual que assola o povo que ainda exerce certa fé Naquele que veio para nos dar um tipo de vida diferente desse em que vivemos atualmente. Portanto deixe que o Senhor Jesus entre em sua casa, pois é somente com Ele que podemos sair do coma espiritual.

|  Autor: Pb. Dean Nonato  |  Divulgação: estudosgospel.com.br |