Estudo Bíblico Restituindo a Pérola de Uma Vida Integra

Daniel 5


INTRODUÇÃO

A corrupção é uma indústria que movimenta US$ 1 trilhão em propinas no mundo, por ano, segundo cálculos do Banco Mundial (Bird). E é uma indústria que não para de crescer. 'Infelizmente, a corrupção no mundo não está diminuindo', diz Daniel Kaufman, diretor do Instituto Banco Mundial.

A impunidade é o principal fator que contribui para o crescimento da corrupção. As pessoas praticam a corrupção convictas de que não serão punidas.

A Bíblia declara que a existência da corrupção está ligada às pessoas: OS CORRUPTOS E OS CORRUPTORES. O profeta Jeremias declara: Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e desesperadamente corrupto; quem o conhecerá? Eu, o SENHOR, esquadrinho o coração, eu provo os pensamentos; e isto para dar a cada um segundo o seu proceder, segundo o fruto das suas ações (Jr 17.9,10). A corrupção humana está na sua natureza e procede do seu coração corrupto. O meio ou o sistema apenas traz à tona ou revela esta corrupção.

A Bíblia diz que a solução para a corrupção é a integridade. Somente a integridade pode acabar com a corrupção. A lição de hoje é sobre a integridade de Daniel.

1. DEFINIÇÃO DE INTEGRIDADE

Biblicamente, integridade significa 'completo, sólido e intacto'. A integridade é o estado ou característica daquilo que está inteiro, que não sofreu qualquer diminuição. Quem, Senhor, habitará no teu tabernáculo? Quem há de morar no teu santo monte? O que vive com integridade. (Sl. 15.1,2). E ele os apascentou consoante a integridade do seu coração e os dirigiu com mãos precavidas (SI 78.72). O justo anda na sua integridade; felizes lhe são os filhos depois dele (Pv 20.7).

'A verdadeira integridade implica em você fazer o que é certo quando ninguém está olhando ou quando todos estão transigindo' (Charles R. Swindoll).

W. W. Wiersbe, no seu livro 'A Crise da Integridade', diz: 'Para entender a integridade, precisamos primeiro entender que há duas forças operando no mundo: 1) Deus está unindo as coisas, e, 2) o pecado as está separando. Deus deseja a unidade; Satanás quer a divisão'.

Ricardo Barbosa declara: 'Talvez a maior crise do cristianismo ocidental contemporâneo seja a crise da integridade, a incapacidade de integrar aquilo que cremos com a realidade e a forma como vivemos. Parece que existe entre nós uma falsa premissa de que, se temos uma boa música, temos uma boa adoração; se temos uma boa doutrina, temos uma boa espiritualidade; se temos um bom programa eclesiástico, temos uma missão, e por aí vai'.

2. DANIEL: UM EXEMPLO DE INTEGRIDADE

Um dos maiores exemplos bíblicos de integridade é o profeta Daniel. No capítulo 6 do seu livro, temos a narrativa de um episódio acontecido com ele que ilustra o poder da integridade.

2.1. Integridade gera distinção. Quem é íntegro se destaca. Então, o mesmo Daniel se distinguiu destes presidentes e sátrapas, porque nele havia um espírito excelente; e o rei pensava em estabelecê-lo sobre todo o reino (Dn 6.3).

Daniel se distinguiu dos outros, por causa da sua integridade. Se você deseja distinção, seja íntegro.

Você quer sucesso na vida? Você deseja crescer e prosperar? O caminho de Deus é a integridade. Somente aqueles que são íntegros serão honrados pelo Senhor.

2.2. Integridade produz perseguição. Quem é íntegro sofre perseguição. Os colegas de trabalho de Daniel buscavam uma oportunidade para pegá-lo fazendo alguma coisa errada, com o objetivo de denunciá-lo ao rei. Então, os presidentes e os sátrapas procuravam ocasião para acusara Daniel a respeito do reino… (Dn 6.4).

No caso de Daniel, a perseguição seguiu uma ordem matemática: Observação + Ocasião + Orquestração / armação = PROVAÇÃO. Foi montado todo um esquema de armadilhas para destruir a reputação de um servo de Deus. Finalmente: Então, o rei ordenou que trouxessem a Daniel e o lançassem na cova dos leões (6.16). Daniel sofreu por causa da sua integridade.

Você suportaria viver sob observação o tempo todo? A Bíblia diz que o Diabo, o nosso adversário, vive ao nosso derredor, procurando uma oportunidade para nos destruir (1Pe 5.8). Fique esperto e vigilante!

2.3. Integridade produz promoção. Deus controla a História e a nossa vida. Por isso, fique certo que Ele protege os íntegros (6.22) e pune os corruptos (6.24). Por meio de Daniel e de sua integridade, Deus exaltou e promoveu a Sua glória (6.25-27).

Deus também faz com que os seus servos íntegros sejam prósperos e abençoados. Daniel, pois, prosperou no reinado de Dario e no reinado de Ciro, o persa (Dn 6.28).

Precisamos proclamar o poder da integridade. Necessitamos motivar e divulgar o valor da integridade. Vale apena ser integro. Não tenha vergonha de ser honesto.

3. O SEGREDO DA INTEGRIDADE

Sabemos que a integridade é algo contrário à nossa natureza humana. Somos corruptos de coração. Jesus dá o diagnóstico: Porque de dentro, do coração dos homens, é que procedem os maus desígnios, a prostituição, os furtos, os homicídios, os adultérios, a avareza, as malícias, o dolo, a lascívia, a inveja, a blasfêmia, a soberba, a loucura. Ora, todos estes males vêm de dentro e contaminam o homem (Mc 7.21 -23). Como podemos vencer a corrupção e manter a nossa integridade? Vejamos algumas sugestões na vida de Daniel.

3.1. Integridade resulta de atitude. Daniel tomou a firme resolução de não se deixar contaminar pela depravada cultura babilônica. Diz o texto: Resolveu Daniel, firmemente, não contaminar-se com as finas iguarias do rei, nem com o vinho que ele bebia; então pediu ao chefe dos eunucos que lhe permitisse não contaminar-se (Dn.1.8).

Integridade é uma opção de vida e de conduta. Podemos nos envolver ou não. Daniel resolveu firmemente não corromper-se. A decisão é nossa.

3.2. Integridade é resultado da misericórdia de Deus. Daniel foi bravo e resoluto. Nada, contudo, adiantaria, se não fora a misericórdia de Deus. No texto lemos: Ora, Deus concedeu a Daniel misericórdia e compreensão da parte do chefe dos eunucos (Dn1.9).

É por isso que Paulo exorta que não devemos confiar na nossa capacidade espiritual: Aquele, pois, que pensa estar em pé veja que não caia (1 Co 10.12). Somos carentes e dependentes de Deus. Devemos sempre clamar a Deus: Não nos deixes cair em tentação.

E a misericórdia de Deus que nos sustenta. Somente Ele é poderoso para nos guardar de tropeços (Jd 24, 25).

3.3. Integridade é resultado de oração. O segredo espiritual da integridade de Daniel era a sua vida de oração. Ele orava, costumeiramente três vezes ao dia, no seu quarto (Dn. 6.10). Provavelmente, a sua vida de oração era acompanhada de reflexão bíblica (Dn 9.2). Daniel tinha uma vida íntima com Deus diária e intensa. Esse era o seu grande segredo!

Jesus é o exemplo de humanidade perfeita. A sua vida era movida a oração. Se desejamos vencer a corrupção e manter a nossa integridade, precisamos orar e meditar na Palavra de Deus (SI 1).

Qual é a sua definição de sucesso? Se você quiser alcançar êxito pessoal terá de saber primeiro o que deseja obter. Concordo com Charles Stanley que diz: 'Ter sucesso é, dia após dia, ser como Deus quer que sejamos e alcançar as metas que estabelecemos sob a orientação dele'.

Sucesso começa com o 'ser' e não com o 'fazer ou ter”. Daniel revela-nos, por meio da sua vida, o poder do sucesso da integridade.

Que Deus abençoe a todos nós.

| Autor: Josias Moura | Divulgação: estudosgospel.com.br |


Receba Estudos Biblicos todos os dias!
Cadastre-se seu e-mail! É Grátis
     Digite seu Email Abaixo
Emails Cadastrados

OBS: Não esqueça de confirmar seu email em seguida!