Quem é o Moderno Fariseu?


O grupo religioso dos fariseus surgiu poucos séculos antes de Cristo com o objetivo de restaurar a obediência estrita à Palavra de Deus. Na época do Evangelho, eles são descritos por Paulo como a seita mais severa do judaísmo (Atos 26:5), e por Marcos como extremamente zelosos e minuciosos com sua tradição (Marcos 7:3-4). Outras passagens nos evangelhos confirmam estas características. Entretanto, nenhum outro grupo foi tão confrontado por Jesus enquanto este viveu na terra (veja Mateus 23).

Será que isto significa que Deus reprova a obediência estrita a Palavra? Que Jesus confrontou os fariseus porque eles obedeciam as Escrituras “ao pé da letra”? Não foi a obediência à Palavra que Jesus condenou nos fariseus, porque os fariseus não obedeciam à Palavra, mas às próprias tradições (Mateus 15:6,9; Mateus 23:23). O motivo pelo qual Jesus foi tão contra os fariseus é porque eles deixaram as Escrituras de lado, e passaram a seguir mandamentos de homens.

Portanto, devemos insistir na obediência ao Evangelho (João 4:34), na permanência dentro dos limites da doutrina (1 Coríntios 4:5; 2 João 9), no não medir esforços para tirar o pecado (cf. Mateus 18:8) e até mesmo em enfrentar as últimas consequências pela vontade de Deus (Mateus 26:39), pois isto não foi o que Jesus combateu, mas o que ele mesmo viveu, seguido pelos apóstolos (1 João 2:6; 1 Coríntios 11:1).

“Porque se a vossa justiça não exceder em muito a dos escribas e fariseus, jamais entrareis no reino dos céus” (Mateus 5:20).

|  Autor: Marcos Viníciu  |  Divulgação: estudosgospel.com.br |