Nesse momento podemos nos perguntar: que chances Deus dá a um malfeitor, a um ladrão, a um homicida? A resposta é: todas! – O perdido só precisa vir a Jesus e clamar pelo Seu nome com coração arrependido. 
A aceitação de uma doutrina ortodoxa sobre a pessoa de Cristo, sem o coração ter sido ganho por Ele, e a vida ter sido devotada a Ele, é uma das etapas do caminho que ao homem parece direito, mas cujo fim são os caminhos da morte, ou, em outras palavras, é outro aspecto do evangelho de Satanás. É a este evangelho de Satanás que o apóstolo se referia quando disse aos Gálatas - 'Maravilho-me de que tão depressa passásseis daquele que vos chamou à graça de Cristo para outro evangelho...'
Temos aqui mais um conceito vindo do Velho Testamento que é repetidamente mencionado nas igrejas nos últimos dias: a unção. O que significava a unção no Velho Testamento? E o que significa para nós, na Nova Aliança? 
Depois de muito ler livros de “batalha espiritual”, eu estava começando a crer no óleo, principalmente diante dos textos altamente recomendado por esses autores, que se encontram em Êxodo 30:22-33 (o azeite da santa unção) e Êxodo 40:1-16 (o estabelecimento do tabernáculo) 
No Novo Testamento a palavra “unção” aparece apenas duas vezes: I João 2:20 e I João 2:27, sendo que em ambos os casos ela vem diretamente de Deus! 
É interessante que venhamos a analisar a prática da Igreja, desde os seus primórdios até os dias atuais, para que possamos formar também nosso pensamento através do testemunho daqueles que no decorrer do tempo estudaram e buscaram o conhecimento bíblico. 
Até mesmo o castiçal onde era colocado azeite era de ouro puro, a riqueza sempre esteve envolvida com a unção, é só observar a construção do tabernáculo e do templo que veremos como a riqueza se associa com a unção de Deus. 
Em várias oportunidades Deus estabelece condições ao seu povo. Se o povo atender a determinadas condições, receberá bênçãos divinas. 
O estudo cuidadoso do AT revela elementos chamados tipos (do grego typos) que têm seu cumprimento na vinda do Messias (que é o antitipo); noutras palavras, há uma correspondência entre certas pessoas, eventos ou coisas do AT e Jesus Cristo no NT.
O motivo para provar todo espírito, é que muitos falsos profetas se abrigam na igreja. Isso acontece, principalmente, pelo aumento da tolerância da igreja quanto a doutrinas antibíblicas, perto do fim dos tempos. O crente nunca deve crer que certo ministério ou experiência espiritual é de Deus, somente porque alguém afirma isto.