Jesus deu o exemplo da humildade e do serviço ao lavar os pés dos discípulos . Nos países do Oriente Médio, o servo era quem lavava os pés dos convidados, mas, nessa passagem, Cristo assume o lugar do servo.
Será que o lavrador lavra o tempo todo? Sabemos que não. Pois este é apenas o início do seu trabalho, que inclui muitas outras tarefas.
Os ramos dependem da árvore para terem vida, sustento, crescimento, produção de folhas, flores e frutos. Tudo isso é possível por causa da seiva que percorre o interior da planta a partir das raízes. Nenhum cristão pode se julgar independente de Jesus...
A vida cristã é progressiva e Deus quer que provemos cada vez mais de sua presença. É tempo de nos arrependermos diante de Deus e assumirmos uma nova postura, uma nova mentalidade. Uzias tem que morrer!
Depois de moldado, o vaso não se destina à ornamentação da casa do Senhor. Para ser útil, ele precisa estar limpo e sempre envolvido com três experiências: receber, encher-se e servir.
Não importa como ela for exibida, seja até mesmo como jóia ou como pichação, a cruz é universalmente reconhecida como símbolo do cristianismo – e é aí que reside o grave problema.
Qualquer pessoa pode ser liberta ou receber uma benção. Entretanto, se essa pessoa não assume um compromisso de ser um cristão, os demônios voltarão a dominá-la.
A revelação dos últimos tempos apresentada pelos registros bíblicos, falam de descontrole nos elementos, terra, céu, lua, estrelas. O presente descontrole da natureza é um sinal que não se pode ignorar.
Estes episódios levam a crer que, de fato, a volta de Jesus está próxima. Sendo assim, para muitas pessoas, o temor de que o mundo acabe é latente, principalmente em casos como estes, de grandes devastações naturais.
Você está atento aos fatos que informam a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo? Tem sentido carência de vida em seu interior? Qual tem sido sua reação diante dos sinais exteriores e interiores que Deus já lhe concedeu?