Muitas vezes, quando surge um obstáculo na nossa frente, nosso primeiro pensamento é: 'como é grande este obstáculo que eu vou ter que superar'. Nossa primeira idéia é que teremos que ultrapassar as barreiras por nós mesmos. E aí o desânimo realmente vem.
Vivemos numa época em que muitas coisas querem nos afastar de Deus. É um verdadeiro cabo de guerra. Duas forças puxando uma corda para lados opostos. Todo cristão vive numa constante queda-de-braço, numa disputa pela sua lealdade, pelo seu amor.
O fato de um grupo religioso fazer o bem, dar esmolas e distribuir alimentos não o caracteriza como genuinamente cristão. Nossas boas obras não nos salvam (Ef 2.8-9)
Vivemos em dias de vitimização, em que o homem faz de tudo para não assumir a culpa pelo seu pecado. Incrível o que faríamos, as desculpas que inventaríamos, para não admitir que somos ruins, pecadores e culpados.
Como pode um cristão conciliar os conflitos entre duas cidadanias, a terrestre e a celestial? O que as escrituras ensinam sobre os governos nacionais e a responsabilidade de um cristão para com eles? 
Algumas das centenas de ‘aulas ministradas’ por Salomão estão aqui. Aproveitemo-las! Jesus superou Salomão por ser o Filho de Deus e salvador da humanidade, mas permitiu que Salomão vivesse na dimensão que glorificasse a Deus!
Esse artigo nasceu da necessidade de compartilhar esses 'segredos das estações' que estão reservados aos que vivem pela fé em Jesus. Acredite, busque ao Senhor com todo o coração, como as raízes das árvores plantadas junto aos ribeiros de água que se estendem a longas distâncias e não temem o intenso calor.
'E por que me chamais Senhor, Senhor, e não fazeis o que eu digo?' É de admirar que chamamos a Jesus de Senhor e sequer entendemos o que significa recebê-lo como tal. Isso ocorre, em parte, porque a palavra 'senhor' não tem hoje o mesmo significado de quando Jesus andou na terra.
Deus disse a Israel, o seu povo: Vós fizestes pior do que vossos pais; eis que cada um de vós anda segundo a dureza do seu coração maligno, para não me dar ouvidos a mim (Jr 16.12). Quebrantamento é a solução para o nosso coração orgulhoso.
Estamos vivendo os últimos dias do ano e muitos corações estão envolvidos com as festas. O tempo costuma avançar rápido e talvez não tenhamos percebido que estamos ingressando, com o pé no acelerador, no penúltimo ano da primeira década do século 21. Assim, muitos vão vivendo com suas mazelas. Esse clima de festa faz neutralizar a visão deles, com respeito no fim dos tempos.
Segundo Roma, o purgatório é o lugar onde as almas terão de experimentar uma purificação necessária antes que possam contemplar a Deus. Mas se esse papa tem o poder de livrar do purgatório imediatamente a uma alma mediante uma indulgência plenária, então parece que essa purificação não seja necessária e, desta forma, Roma se contradiz a si mesma.
Jeremias precisou tal encorajamento, quando ele começou seu trabalho de pregação ao povo cabeça-dura de Judá. As palavras de Deus a ele devem fortalecer-nos nestes dias - 'Pelejarão contra ti, mas não prevalecerão; porque eu sou contigo, diz o Senhor, para te livrar'


Receba Estudos Biblicos todos os dias!
Cadastre-se seu e-mail! É Grátis
     Digite seu Email Abaixo
Emails Cadastrados

OBS: Não esqueça de confirmar seu email em seguida!