Amados se somos o sal da terra, porque muitos de nós só evangelizamos, falamos do amor de Deus e da salvação em cristo Jesus dentro das nossas igrejas?
O Mestre Jesus nos ensina que a única opção que temos, diante do silêncio de Deus, é nos submeter à sua soberana vontade, sem questionamento, nem murmurações, pois não sabemos o que Ele fará de nós e muito menos o que Ele fará por nós!
No livro mais antigo da Biblia, chamado Jó, temos um ensinamento precioso da Palavra de Deus, onde nos recomeda unir a Deus e ter paz. Permita-me chamar a paz de um Produto de altissima qualidade, sem data de vencimento, util e necessaria para todos os cristãos.
Tu visitas a terra e a regas; tu a enriqueces copiosamente; os ribeiros de Deus são abundantes de água; preparas o cereal, porque para isso a dispões. regando-lhe os sulcos, aplanando-lhe as leivas. Tu a amoleces com chuviscos e lhe abençoa a produção. Coroas o ano da tua bondade; as tuas pegadas destilam fartura.  Salmo 65.9-11
Deus faz algumas de suas Obras bem paradoxais, como as três que veremos nesta mensagem. No Novo Testamento Jesus fez bonança na Tempestade. No Egito Deus sustentou Israel intacto na terra de Gósen em meio a 10 pragas devastadoras. E como que fosse pouco Deus prepara uma Mesa para você na frente daqueles que te aborrecem.
Não importa quanto as pessoas possam saber sobre Deus e a Bíblia, isto não é um sinal certo de salvação. Não há nenhuma quantidade de conhecimento sobre Deus e religião que poderia provar que uma pessoa tem sido salva de seu pecado.
A Bíblia declara que, um dia, você morrerá e, então, terá de se apresentar face a face diante de Deus. Uma vez que é verdade, nada poderia ser mais importante do que preparar-se para aquele dia.
Samuel chegou imediatamente depois que Saul sacrificou, sem ter autoridade para isso, e reprovou a presunçosa ação do rei. Saul explicou seu terrível apuro e sua necessidade do auxílio de Deus contra o inimigo avassalador. Ele concluiu sua defesa com uma lembrança da situação: 'e forçado pelas circunstâncias, ofereci holocaustos' (1 Samuel 13:12).
Que linda história de amor! Gomer representa todos nós que desconhecendo a alegria da Salvação, nos voltamos para deuses e deuses em busca de felicidade, sem contudo, obter paz. Oséias, representa Cristo que através do sacrifício expiatório, nos resgatou do mercado de escravos para uma vida abundante.
Quando estamos no deserto, Deus nos revela que as tentações são um exercício necessário para a maturidade emocional e espiritual. Somente tem uma vida de vitória quem tem esperança em Deus. É falsa a idéia popular de que "a esperança é a última que morre". Para quem entende o significado espiritual dos desertos a que estamos sujeitos a esperança jamais se extingue.