Algumas áreas de nossa vida podem ser impactadas e mudadas mais rapidamente, porém não será assim em todas as áreas. Se o processo de transformação estagnou, é porque a revelação de Cristo em nossa vida também estagnou.
Tragicamente, muitos cristãos julgam seu crescimento espiritual pela situação exterior. Naturalmente, a maioria dos crentes afirma viver pela fé e não pelas emoções. Mas no dia a dia, muitos medem a vida espiritual pela maneira que se sentem.
Oração em secreto acontece quando estamos a sós, em secreto. 'Tu, porém, quando orares, entra no teu quarto e, fechada a porta, orarás a teu Pai, que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará' (Mateus 6:6).
'Digno é o trabalhador do seu salário' (Lucas 10.7) é um dito de Jesus dirigido aos obreiros do evangelho. A forma como o ditado aparece em Mateus 10.10 é um pouco diferente da que ocorre no outros textos: 'Digno é o trabalhador do seu alimento'.
O verdadeiro cristão não deve jamais desistir dos seus sonhos, principalmente quando tem promessas da parte de Deus na sua vida.
Sem duvida que a prática do amor ensinado na bíblia deve ser alvo para podermos caminharmos seguros nesta vida cristã e que estamos fazendo a vontade de Deus que é o plano dele para nossas vidas.
Algumas pessoas imaginam que a armadura de Deus seja um conjunto de apetrechos místicos, ou 'objetos espirituais' à nossa disposição. Alguns chegam a fazer orações pedindo ao Senhor que lhes entregue tais equipamentos invisíveis. Outros fazem gestos de 'apropriação', como se estivessem vestindo sua armadura. Há quem chegue ao extremo de produzir espadas de plástico para distribuição nos cultos.
A fé deve ser a base de vida de todo cristão. Porém existem vários tipos de fé sendo praticada por muitos cristãos, o que os torna muitas vezes fracassados e frustrados. Estamos vivendo dias dificeis, em que precisamos mostrar uma fé perseverante para o mundo perdido.
"Qual é mais fácil? dizer ao paralítico: Estão perdoados os teus pecados; ou dizer-lhe: Levanta-te, e toma o teu leito, e anda?" Marcos, 2:9. 
A Bíblia fala de um poeta chamado Asafe que assim descreveu a angústia: 'a minha mão se estendeu de noite, e não cessava; a minha alma recusava ser consolada. Lembrava-me de Deus, e me perturbei; queixava-me, e o meu espírito desfalecia' (Salmo 77. 2,3).
Sim, Jesus se importa com você. Ele, Deus Filho, tornou-se homem para libertá-lo das conseqüências do pecado. Em Seus 33 anos de vida na terra, sofreu rejeição, maus tratos e crueldade. Passou fome, sede e sofreu dores. E morreu na Cruz do Calvário para cumprir o plano divino da salvação...
Refiro-me a sermos liberto de nossas próprias limitações, nossas próprias fraquezas, nossos conceitos errados, nossa natureza pecaminosa, nossos hábitos pecaminosos, etc. A experiência nos tem mostrado que isso ocorre em duas etapas: uma imediata e outra gradativa.