Se você está no começo de seu ministério e prega um sermão ruim, e daí? Você está na esteira de maus pregadores. Se você tem pessoas na sua vida dizendo - 'Ei, esse foi um sermão realmente ruim', isso realmente indica algo sobre o seu futuro. Isso é provavelmente as boas novas de que Deus tem algo para você dizer, para o resto de sua vida.
O verdadeiro arrependimento envolve um ato de contrição divina pelo pecado, uma mudança de atitude tomando uma direção totalmente oposta.Esse tipo de arrependimento leva a uma mudança fundamental do relacionamento de uma pessoa com Deus.
O homem, por natureza, é escravo de satanás; este presente século mal é a cena da escravidão; e seus pecados são correntes que o amarram. O homem está vendido ao pecado e ele não pode livrar-se por si mesmo, pois ele é fraco. Temos sido capazes de ver que a infalível marca de uma pessoa liberta é que ela é uma pessoa que centraliza todo o seu pensamento, se gloria e é tocado mais profundamente pela cruz de nosso Senhor Jesus Cristo.
A pergunta que se faz é: aquele momento em que o crente foi cheio da unção divina é o suficiente? Um cristão que recebeu a renovação espiritual precisa se renovar habitualmente? Uma vez renovado, sempre renovado?
A prosperidade divina nos traz alegria, conforto e principalmente paz interior. A vontade de Deus para seu povo é que ninguém passe por privações e que sejam prósperos em tudo incluindo a vida financeira, mas que a riqueza não seja principal prosperidade de ninguém. Deus quer que os povos sejam prósperos e cheios de sua plenitude - Espiritual, emocional e física.
A Bíblia está repleta de iniciativas e decisões além do óbvio, que mudaram a vida de pessoas, países e gerações. Algumas foram complexas como peregrinar por um deserto, empreender uma guerra ou enfrentar um gigante, outras foram mais simples como parar ao longo de um caminho para ajudar um homem caído. Foram, porém, decisões transformadoras.
Apóstolo João, foi um dos doze apóstolos de Jesus e além do Evangelho segundo João, também escreveu as três epístolas de João (1, 2, e 3) e o livro do Apocalipse. João seria o mais novo dos 12 discípulos, tinha provavelmente cerca de vinte e quatro anos de idade à altura do seu chamado por Jesus...
A missão do profeta de Deus era, basicamente, duas: expor os padrões da justiça de Deus nas esferas religiosa, política e social; e trazer da parte de Deus as verdades e doutrinas básicas das Escrituras. A mensagem do profeta era plena de autenticidade e autoridade divinas.
As Escolas de Profetas do Antigo Testamento eram agremiações destinadas a congregar jovens crentes em torno dos profetas de Deus para treiná-los na lei divina e ensinar-lhes a ficar à disposição do Senhor, submissos, para o seu serviço. As escolas de profetas surgiram com Samuel e foram consolidadas pelos profetas Elias e Eliseu.
Quais são as batalhas que enfrentamos? E quando foi que um crente em Jesus vivendo em nossa era, precisou lutar contra mil? Ou quando fez correr dez mil? Diante destas questões eu te convido a acompanharmos pela Bíblia Sagrada, o quão sublime e perfeito são os planos de Deus para seu povo na hora da batalha, pois, a guerra não acabou apenas mudou-se o campo de batalha.
Ao contrário das cidades sujas e cheias de fumaça deste mundo, a Nova Jerusalém brilha como uma joia enorme, uma vez que desce do céu para a nova terra . Assim, a Nova Jerusalém desce do céu para a Nova Terra como uma joia da cravejada coroa do céu. A imagem de uma coroa celestial é apropriada porque, como Apocalipse 22.2-5 descreve, é a sala do trono do próprio Deus.
Como se alimenta a alma? A alma se alimenta pelos olhos, e pelos ouvidos. A fé vem pelo ouvir a Palavra de Deus. De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus. A alma farta pisa o favo de mel, mas para a alma faminta todo amargo é doce. (Provérbios 27.7).