Há casos em que o profeta falou claro como o cristal e mesmo assim a mensagem não foi compreendida por inteiro. Aí, é que mora o perigo. O profeta sai de cena com sua consciência limpa e o receptor da profecia, pode pagar com conseqüências terríveis pela falta de discernimento ou mesmo de interesse para receber a profecia. Quando Deus quer entregar uma profecia, Ele escolhe o que estiver à disposição para o serviço.
Nossos pecados ao serem colocados um em cima do outro fazem separação entre nós e Deus, e como se não bastasse também nos impedem de ouvir a voz de Deus, e até achamos que Ele não está falando, mas e a verdade é que o muro da vergonha que se encarrega de ocultar Jeová de nossos olhos e ouvidos.
Fidelidade é caracterizada pela firmeza e pela certeza de propósitos, por uma atitude e conduta justas, pela devoção de alguém a uma pessoa ou a uma causa, pela incorruptibilidade, pela sinceridade, pela confiabilidade, pelo cumprimento das promessas e votos feitos e pela lealdade sincera. Estas características devem fazer parte da vida cristã.
Havia algo apaixonante em João, que atraía as pessoas, a ponto de deixarem o conforto de seus lares para ouvi-lo no deserto, um dos mais inóspitos ambientes da terra. As pessoas sentiam-se atraídas a ele como mosquitos atraídos pela luz. Jesus disse que somos a luz do mundo. O problema é que queremos iluminar sem arder. Somos uma geração apática, sem fogo, sem paixão.
O murmurador reclama dos outros. Essa pessoa é rápida em encontrar defeitos nos outros e lenta a encontrar falhas nela mesma. Sempre tem alguém “dando nos nervos” dela, machucando os sentimentos dela, desapontando as expectativas dela. Como sabemos? O murmúrio é a fofoca que se queixa e lamenta de uns com os outros. Murmuradores precisam entender que apenas Jesus é a vítima inocente.
Não bastasse a exploração que tem sido feita nos púlpitos, por profeteiros da hora, servos de Mamom, pastores agora trocam seus púlpitos por palanques, e o templo pelo plenário. E pior, negociam sua unção, por um apetitoso prato de lentilhas. A Igreja dos sonhos de Deus é bem diferente da Sanguessuga e suas filhas. Enquanto estas jamais dizem 'basta', a genuína Igreja é a que declara em uníssono com Paulo - 'A Tua Graça me basta!'
Quando estudamos a atividade profética na Bíblia Sagrada, encontramo-la manifestando-se em três aspectos distintos - A profecia como ministério permanente recebido de Deus no Antigo Testamento, em Israel, a profecia como um dom ministerial na Igreja e a profecia como dom espiritual na Igreja, na congregação. Vejamos...
Como cristãos, nós somos adeptos ao costume de olhar ao nosso redor e ver como os bons padrões de Deus são violados quando o assunto é sexualidade. Não muito tempo atrás, contudo, me pediram para refletir acerca das maneiras pelas quais os cristãos abrem mão dos padrões de Deus para a sexualidade – alguns daqueles pecados escondidos ou 'santificados' aos quais cedemos em nossas vidas, nossos casamentos, nossas igrejas.
Quando estamos sendo informados sobre o nome de um lugar na Bíblia, nós geralmente não perguntamos por que este lugar foi escolhido e não outro, costumamos perguntar o que aconteceu neste lugar. Vamos falar sobre um lugar que é um dos símbolos de beleza e de crença - O Monte Carmelo.
Estamos competindo aqui com a anulação da profecia e todos os profetas ou esta passagem está falando apenas sobre os falsos profetas, como alguns estudiosos pensavam? Temos a Bíblia que pode nos ajudar a decidir o que fazer em nossa vida e como viver esta vida.
Como se percebe, a ideia contemporânea sobre uma 'boa igreja' em nada se alinha com aquilo que as Escrituras dizem acerca da Igreja de Jesus. A visão acima apresentada, de caráter mercadológico e empresarial, acaba promovendo competição entre aqueles que anseiam um dia pastorear uma 'boa igreja', ou frustração na vida daqueles que são removidos de uma 'boa igreja'.


Receba Estudos Biblicos todos os dias!
Cadastre-se seu e-mail! É Grátis
     Digite seu Email Abaixo
Emails Cadastrados

OBS: Não esqueça de confirmar seu email em seguida!