Jesus disse que os fariseus eram tão meticulosos em seu legalismo que davam o dízimo até do tempero usado na cozinha (coentro e hortelã). Mas Ele também diz que nossa justiça deve exceder à dos fariseus. Isso mesmo! Exceder! Ir além das bordas! Transbordar! Isso é o que Paulo chama de superabundante graça.
Para ter crescimento integral, a Igreja deve viver em santidade. É possível ver nas Escrituras que Deus está constantemente combatendo a impureza e reafirmando a necessidade da santificação de seu povo. A Bíblia nos ensina que temos três inimigos - o mundo, a carne e o diabo. Constantemente nos atacam com o fim de afastar-nos da vontade de Deus.
Você quer ser uma pessoa de sucesso no futuro? Então comece a planejar imediatamente - o êxito futuro é construído agora, no presente. Confiar na Palavra de Deus é seguir as orientações prescritas e crer que os resultados virão. Sem estresse, sem ansiedade, apenas confiando e crendo. Vejamos alguns princípios eficazes para um futuro bem-sucedido.
Maria sofreu ao ouvir um profeta de Deus lhe dizer que ela sentiria angustia aguda no ministério de seu amado filho, mas contudo guardou em seu coração tais palavras. Assim é uma mulher virtuosa, valorosa, ela sabe que o sofrimento pode vir, mas não se esquece que o choro pode durar uma noite mas a alegria vem pela manhã.
No livro do profeta Oseias estão presentes a denúncia dos pecados da nação, a sentença dos juízos de Deus por causa desses pecados, e a promessa de um tempo de restauração por causa da fidelidade do Senhor. Nos dias atuais vivemos a mesma realidade. O povo está fazendo líderes para si, desejando com isso que os tais aprovem e apoiem os seus pecados. Os referidos líderes não possuem nenhuma autoridade espiritual, pois não foram estabelecidos pelo Senhor.
Qual a solução ao problema de pensamentos errados que nos levam a outros pecados? Jeremias pregou que é necessário limpar o coração, não deixando mais lugar para o pecado - 'Lava o teu coração da malícia, ó Jerusalém, para que sejas salva! Até quando hospedarás contigo os teus maus pensamentos?' (Jeremias 4:14).
Intolerância, apostasia e engano, orgulho e desobediência são atitudes de um rebelde. Judas tinha a frente o desafio de alertar a igreja sobre indivíduos que eram intolerantes, enganadores, mercenários e desobedientes. Eles estavam infiltrados na igreja, foram chamados de nuvens em água, ondas furiosas, estrelas errantes. Isto significa, que eram superficiais, falsos, passageiros e sem real significado.
Quem tem a felicidade de frequentar uma igreja que vive cordialidade genuína, sabe que não podemos dispensar o senso de comunidade. A igreja do primeiro século ofereceu comunhão aos que se achavam afastados dos seus e isso teve um resultado formidável. A Palavra de Deus nos chama para esse mesmo tipo de fraternidade hoje.
O candelabro, cujo nome de origem é menorah, constitui-se num dos objetos mais importantes e significativos da cultura e da religião judaica. Outro aspecto importante é que cada hástea do candelabro formava parte de um todo, sendo que o candelabro ficaria incompleto sem qualquer uma delas, ou caso uma delas faltasse. Com isso, podemos dizer que a morte de Jesus não teria valor algum e também nenhuma finalidade ou propósito se esta não produzisse uma geração de salvos.
Há casos em que o profeta falou claro como o cristal e mesmo assim a mensagem não foi compreendida por inteiro. Aí, é que mora o perigo. O profeta sai de cena com sua consciência limpa e o receptor da profecia, pode pagar com conseqüências terríveis pela falta de discernimento ou mesmo de interesse para receber a profecia. Quando Deus quer entregar uma profecia, Ele escolhe o que estiver à disposição para o serviço.
Nossos pecados ao serem colocados um em cima do outro fazem separação entre nós e Deus, e como se não bastasse também nos impedem de ouvir a voz de Deus, e até achamos que Ele não está falando, mas e a verdade é que o muro da vergonha que se encarrega de ocultar Jeová de nossos olhos e ouvidos.
Fidelidade é caracterizada pela firmeza e pela certeza de propósitos, por uma atitude e conduta justas, pela devoção de alguém a uma pessoa ou a uma causa, pela incorruptibilidade, pela sinceridade, pela confiabilidade, pelo cumprimento das promessas e votos feitos e pela lealdade sincera. Estas características devem fazer parte da vida cristã.