No culto ao Senhor, a sua dimensão espiritual, o seu efeito poderoso e duradouro, a sua eficácia em geral para nos abençoar e a edificação espiritual que pode promanar de suas diversas partes, inclusive uma mensagem poderosa do pregador, dependem muito das atitudes e da conduta do púlpito e da própria congregação.
Em sua conturbada trajetória na condição de rei de Israel, mais um episódio seria acrescentado na maculada biografia de Acabe. Tudo começou quando Acabe desejou adquirir a vinha de Nabote, para transformá-la em sua horta particular. Assim como Nabote, os que são vitimados por causa de sua obediência a Deus, e diante da cobiça alheia, são por Ele devidamente justificados e vingados.
No episódio que envolveu o profeta Elias e a viúva de Sarepta, aprendemos diversos princípios que podem, e que precisam ser aplicados à nossa vida, para que assim possamos abençoar e sermos abençoados - O princípio da obediência, do anonimato, da hospitalidade e da generosa semeadura. Haverá sempre uma provisão do Senhor em cada etapa do ministério daqueles a quem ele vocaciona e comissiona.
Temos que vender tudo que possuímos e dar aos pobres para podermos seguir a Cristo? Nas instruções de Jesus ao jovem rico no contexto do Novo Testamento, podemos entender que o Senhor não pediu que todos os cristãos vendessem suas posses. Jesus viu que o dinheiro estava impedindo a salvação daquele jovem, e assim ele mandou que vendesse tudo. Qualquer coisa que impede a nossa devoção ao Senhor deve ser eliminada da nossa vida.
Normalmente, o senso de valorização influenciará no tipo de vida que a pessoa vai levar. A auto-imagem é necessária, pois, ela se tornará a chave para o sucesso e a felicidade em sua vida. 'A sua visão, acerca de você mesmo, é muito mais importante do que tudo o que a maioria das pessoas possa pensar a seu respeito' (John Devines). Quem se considera inferior aos outros produzirá trabalho de qualidade inferior, enquanto quem se considera mais capaz produzirá melhor.
Sob a lei de Moisés, somente ao sumo sacerdote era permitido entrar na parte do tabernáculo conhecida como o Santo dos Santos, e ele tinha que ser cerimonialmente purificado antes que pudesse entrar na presença de Deus ali. O sacrifício de Jesus tornou possível para nós nos aproximarmos de Deus, e finalmente entrar ousadamente no santo dos Santos, no próprio céu, purificados pelo sangue de Jesus Cristo de todos os nossos pecados.
Sim, homens e mulheres de Deus podem sofrer de depressão. Grandes gigantes da fé já confessaram que tiveram de lutar contra os males da depressão, e outros ainda lutam. Em todas as situações, cabe ao crente deprimido buscar a ajuda médica, sem negligenciar o auxílio espiritual. O inverso também deve ser feito. Não se deve espiritualizar todas as doenças, achando que tudo é de origem diabólica. Procurar um especialista da área da saúde corporal e mental é no mínimo prudente.
Quando somos feridos ou ferimos àqueles que são próximos a nós, a vida nos faz cair em uma das suas mais terríveis armadilhas, que vem a ser, a de substituirmos o carinho e o amor que sentiamos por estas pessoas, pela mágoa e ressentimento. Estou falando das feridas emocionais produzidas pela mágoa, que leva pessoas a substituirem o amor pela indiferença, o afeto pelo desprezo, e o desejo de estar junto a alguem, pela distância.
As crises, as aflições, as lutas, as dificuldades, a fome, o desemprego, são circustâncias que Deus permite para que levantemos e andemos. Há um propósito por trás disso. Pode ter certeza. Mexa-se para descobri-lo. Não importa o gráu de erudição, uma palavra boa na hora que precisamos é como água no deserto. Ela nos faz muito bem, nos faz pensar em um novo propósito de vida.
No passado, antes do pleno conhecimento de Deus à raça humana através de Jesus Cristo, Deus deixou impune a ignorância humana quanto à sua Pessoa, bem como boa parte do pecado humano. Agora, com a plena e perfeita revelação de Deus através da vinda de Cristo, a Palavra de Deus ordena a todos que se arrependam e creiam em Jesus como seu Senhor e Salvador. Não haverá exceção, pois Deus não tolerará os pecados de quem quer que seja. Todos devem abandonar seus pecados, ou serão condenados. É tempo de arrependimento.
Os sentidos de percepção de Deus estão alertas às necessidades de Seus filhos. Os ouvidos divinos ouvem as orações dos justos. E também ouvem as zombarias dos ímpios. Isso inspira Deus a agir e corrigir. Os ouvidos de Deus nunca falham. Assim que os justos clamam a Ele, em desespero, Ele os ouve e reverte o curso do mal; Ele os liberta de seus temores e castiga seus inimigos.
Muitos se recusam a confiar nesta ousada promessa de Jesus. Alguns dizem que Deus já não responde a orações nesta maneira. Outros dizem que isto aconteceria se tivéssemos bastante fé, mas que dificilmente alguém conseguiria conjurar tanta fé. Jesus não está se referindo a montanhas literais, mas a obstáculos maiores e mais poderosos. As montanhas são usadas simbolicamente na Bíblia para descrever forças poderosas, tarefas enormes, e barreiras impenetráveis... Deus remove montanhas quando seu povo pede com fé. Ele pode afastar montanhas de avareza, egoísmo, inveja, ódio...


Receba Estudos Biblicos todos os dias!
Cadastre-se seu e-mail! É Grátis
     Digite seu Email Abaixo
Emails Cadastrados

OBS: Não esqueça de confirmar seu email em seguida!