Remendos são soluções provisórias para prolongar a vida útil de uma veste e a palavra grega usada por Jesus sobre remendo foi “Agnaphos”, indicando um tipo de tecido inacabado, de algodão e fibras ainda desalinhadas. Ou seja, um tecido que  precisaria de retoques especiais para poder ser utilizado e nunca em veste velha, caso contrário, com a subsequente lavagem, ou mesmo com a força da linha de costura, o rasgo se tornaria ainda maior. A fraqueza do tecido velho, não suportaria a junção e resistência do novo. Que significado teria essa parábola de Jesus?
Primeiro, Deus realiza uma obra em nós pela Graça, e depois, por meio da mesma Graça realiza uma obra através de nós. A Graça trabalha em nós, para que possamos trabalhar pela Graça. Nós fazemos as obras, mas Deus opera em nós a realização das obras. Deus chama os homens pela sua Graça e por esta mesma Graça os transforma, e os envia ao mundo, a fim de realizar uma tarefa que a Graça irá sustentar e concretizar.
Quando o aviso de que os Amalequitas vinham contra o povo de Deus Moisés deve ter perguntado onde seria o confronto, então alguém diz a Moises que o local da batalha seria o vale de Refidim, mesmo sabendo que não seria fácil ele tinha a garantia da vitória sobre o povo inimigo pois o nome Refidim em hebraico significa Sustentáculo. O segredo é saber onde você está! Onde será travada a sua luta! Onde o encontro com o inimigo será inevitável! Pois se souberes onde estás com certeza saberá se Deus está com você ou não.
Em séculos passados houve–se a incerteza por parte dos seus escolhidos, mesmo estando sempre presente em seus caminhos, a dúvida estava em seus corações, deixando por fazer seus mandamentos. Naquela época Deus se fazia presente no meio de seu povo todo o instante, para que nada viessem a faltar para os seus escolhidos. Vejamos que proveito podemos tirar nos dias de hoje para o exercício de nossa fé, para que andemos de glória em glória em Cristo!
Muitas pessoas estudam a palavra, são batizadas, continuam por algum tempo (sejam dias ou décadas) e, depois, abandonam o caminho de Deus. Quando isso acontece, naturalmente surge uma dúvida entre outros. Será que essas pessoas realmente se converteram a Cristo? Como uma pessoa que estudou a palavra e se batizou para remissão dos pecados pode voltar ao mundo? O que a Bíblia diz?
A cada dia, tenho sido extremamente impactado pela Palavra de Deus, especialmente no que se refere às passagens que me ajudam a compreender com maior profundidade o que significa a Graça do Senhor. Esse impacto torna-se maior ainda quando a essa desconcertante doutrina da Graça vem ao meu encontro e fulmina qualquer traço de legalismo que habite a minha alma, destruindo as minhas infundadas pretensões de auto-justificação.
Os três amigos de Jó procuraram aconselhá-lo com respeito à sua aflição e também interpretaram as palavras de Jó como se estivessem progredindo para uma solução. Na verdade, a condição espiritual de Jó estava em declínio sob o falso aconselhamento deles. O cristão sábio aprenderá com os erros dos conselheiros de Jó.
Jó não tinha um conhecimento perfeito de Deus. Ele possuía, porém, um conhecimento pessoal do seu Deus. Isto foi suficiente para a tarefa de responder aos vários argumentos e acusações de seus três amigos. A esperança de Jó também pode ser a sua. O Criador de Jó é o seu também. O Redentor de Jó é o seu também. Jesus Cristo liberta da opressão do pecado, de Satanás e da morte. A sua esperança no Redentor irá purificá-lo.
Prosseguir chorando e voltar sorrindo diz respeito a um cativeiro. Lugar de privação e provação, mas também de quebrantamento na presença do Senhor. Caminha-se enquanto chora, mas ainda assim, preserva-se a esperança e fé (sementes). O regresso jubiloso, é comparado as correntes do Sul, e que lugar é esse?
A expressão ungido do Senhor usada na Bíblia em referência aos reis de Israel se deve ao fato de que os mesmos eram oficialmente escolhidos e designados por Deus para ocupar o cargo mediante a unção feita por um juiz ou profeta. A Relutância de Davi em matar Saul por ser ele o ungido do Senhor tem sido interpretado por muitos evangélicos como um princípio bíblico referente aos pastores e líderes a ser observado em nossos dias, nas igrejas cristãs. Não toque no ungido do Senhor é apelação de quem não tem nem argumento e nem exemplo para dar como resposta.
Não existe salvação fora de Cristo e, consequentemente, do verdadeiro cristianismo, posto que este é formado por indivíduos que obedecem àquEle. As condições para se obter a salvação em Cristo Jesus que se dá exclusivamente pela sua graça (Tt 2.11) são duas - arrependimento e fé, as quais estão casadas. 
O Jardim do Sepulcro, o local mais inspirador da terra... Se você tiver a oportunidade de ir a Jerusalém e visitar aquele sepulcro vazio onde ocorreu o primeiro milagre do cristianismo, não limite a Deus orando por coisas pequenas. Expanda sua fé, leve uma lista de pedidos de oração e ore por aquilo que para o homem parece impossível.


Receba Estudos Biblicos todos os dias!
Cadastre-se seu e-mail! É Grátis
     Digite seu Email Abaixo
Emails Cadastrados

OBS: Não esqueça de confirmar seu email em seguida!