Necessitamos buscar a Deus todos os dias, como se fosse nosso último dia de vida. Porque é no deserto que bem e mal se encontram, é em um coração humilde e contrito, totalmente dependente de Deus, que se ouve Sua vontade. A maravilhosa notícia é que perto de Deus, erros nos transformam em pessoas mais fortes e melhores, não como uma doutrina de carma ou evolução, como creem algumas religiões, mas em pessoas mais próximas do Filho Jesus, por amor e temor ao Pai.
Jesus é a Fonte de água que sacia o espírito humano. Ele ouve atentamente cada pessoa e consola de forma inigualável. Mas quando Ele teve sede, como em demonstração de  mundo perverso e egoísta, deram-lhe vinagre para beber. Vinagre não sacia sede, é substância ácida que resseca o paladar. Em parábola, podemos ser comparados a água ou vinagre. José era água, Jesus é A fonte. Os soldados romanos foram vinagre para com Jesus. Se não formos vinagre para o outro, isso já será grande, em feito.
'Quem ama a sua vida perdê-la-á, e quem neste mundo despreza a sua vida, guardá-la-á para a vida eterna'. O amor revelado na Cruz deve constranger-nos a ponto de não mais vivermos para nós. A Cruz é um golpe fatal no amor próprio. Jesus estabeleceu um novo referencial de amor. Antes da Cruz, a referência mais eloquente que o homem tinha era o amor próprio. Mas agora, Jesus o desbancou, entregando-Se por nós sem reservas. E é este o tipo de amor que devemos dispensar aos nossos semelhantes.
A incapacidade do homem, como descrita na Palavra de Deus, está ligada à visão que Deus tem dele. A sua incapacidade diante de Deus não prejudica sua capacidade de fazer o bem perante outros homens. A incapacidade do homem, com a qual Deus se preocupa, é a de salvar-se a si mesmo de suas aflições, dos inimigos e do pecado. Essa incapacidade é manifestada em três pontos principais - sua existência limitada ou finita sobre a terra, sua impureza diante do Deus santo, e sua impotência com respeito à salvação espiritual.
Jesus disse que as pessoas responsáveis pelo tropeço dos seus pequeninos merecem um castigo pior que a morte! Qualquer um que ensina falsas doutrinas pode levar outros a tropeçar. Falsos mestres até prometem liberdade espiritual, mas a mensagem deles leva ao cativeiro no pecado. Pais que abandonam suas famílias aumentam a probabilidade dos filhos se perderem. Quantos jovens têm destruído suas vidas com bebida ou outras drogas, ou com a busca de religiões perversas por causa da confusão causada pela separação dos pais? Se for tentado a abandonar sua família, pense no peso da pedra!
A crueldade é a primeira característica dos lobos. Por isso, eles não poupam o rebanho. Não se satisfazendo só com a lã, querem também sua carne, seu sangue, sua alma. Não brinque com coisa séria! Famílias inteiras têm sido devoradas por esses lobos vorazes. Um último aviso para você, lobo cara-de-pau - Desista das ovelhas do Senhor! Se quiser, fique de longe babando, mas não se atreva a se aproximar, caso contrário, você experimentará a fúria do Bom Pastor.
A serpente do Éden ganhou asas, deixando de ser um réptil rastejante, para ser um dragão alado. Ou não é isso que lemos em Apocalipse? O mesmo Deus que permitiu que a serpente se infiltrasse no Paraíso, também permitiu que ela criasse asas, tornando-se assim o príncipe das potestades do ar. Porém, suas asas são como as de Ícarus. Na medida em que tenta se elevar, elas vão derretendo, como asas de cera. O mesmo orgulho que o impulsiona para cima, torna maior o seu tombo. Por isso, ele é precipitado das alturas. Lá não é seu lugar. Todos quanto o seguirem, juntamente cairão.
As perguntas são um aspecto importante do ensino. Podem ser usadas para ensinar aos homens o que não sabem ou reforçar aquilo que já sabem. Quando Deus interrogou a Jó, foi para ensinar-lhe coisas que já sabia, mas que recentemente falhara em reconhecer e aplicar. As perguntas de Deus foram calculadas para produzir resultados certos. Esses mesmos resultados podem ser produzidos na sua vida hoje, se você aplicar as perguntas de Deus a si mesmo.
Muitos de nós cremos em Deus pelo que ouvimos e percebemos. E por tudo quanto ele faz em nossas vidas, Ele tem chamado a todos para que creiamos Nele, para que pela fé Nele alcancemos salvação e transformação de vida. Um exemplo de transformação é Saulo ao qual vemos em Atos 8.1, consentindo na morte de Estevão e perseguindo aos que criam em Jesus. E já em Atos 9.19-22, vemos uma pessoa transformada pelo encontro que teve com Jesus e já pregava e os judeus já não criam que era o mesmo, mas outra pessoa.
Nos lembramos do impacto que os sermões tinham sobre nós no passado – impressões fortes, convicções intensas, ilustrações poderosas – mas agora, nos sentimos como estátuas frias e inanimadas enquanto escutamos aos mesmos pregadores pregando os mesmos sermões. O que deu errado? O que você faz quando a pregação da Palavra não te impacta mais como antigamente?
Quanto amor o de Jesus! Ele não age apenas porque tem o poder, mas porque é movido por amor! Jesus teve compaixão da mãe, das lágrimas, da dor e foi ao encontro dela em Naim. Lágrimas são orações, choro é linguagem que desperta a ação de Deus! Jesus leu o que cada lágrima escorrida no rosto daquela mãe queria dizer e ela não disse porque não cabia em palavras. E Jesus a acalentou com um: Não chores!
Não precisamos fraquejar sob o peso das tristezas e dos sofrimentos, porque o Senhor prometeu ser nossa força, nosso escudo e nosso cântico. Não devemos temer os incontáveis desafios da vida... Nosso Deus é um Deus que sempre será nosso 'Cuidador'. Ele é nosso Conforto, nossa Âncora, nosso Refúgio e nosso Encorajador. Não hesite em fazer o que diz o versículo - 'lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós'.


Receba Estudos Biblicos todos os dias!
Cadastre-se seu e-mail! É Grátis
     Digite seu Email Abaixo
Emails Cadastrados

OBS: Não esqueça de confirmar seu email em seguida!