Estudo Bíblico Gospel

A incapacidade do homem, como descrita na Palavra de Deus, está ligada à visão que Deus tem dele. A sua incapacidade diante de Deus não prejudica sua capacidade de fazer o bem perante outros homens. A incapacidade do homem, com a qual Deus se preocupa, é a de salvar-se a si mesmo de suas aflições, dos inimigos e do pecado. Essa incapacidade é manifestada em três pontos principais - sua existência limitada ou finita sobre a terra, sua impureza diante do Deus santo, e sua impotência com respeito à salvação espiritual.
Jesus disse que as pessoas responsáveis pelo tropeço dos seus pequeninos merecem um castigo pior que a morte! Qualquer um que ensina falsas doutrinas pode levar outros a tropeçar. Falsos mestres até prometem liberdade espiritual, mas a mensagem deles leva ao cativeiro no pecado. Pais que abandonam suas famílias aumentam a probabilidade dos filhos se perderem. Quantos jovens têm destruído suas vidas com bebida ou outras drogas, ou com a busca de religiões perversas por causa da confusão causada pela separação dos pais? Se for tentado a abandonar sua família, pense no peso da pedra!
A crueldade é a primeira característica dos lobos. Por isso, eles não poupam o rebanho. Não se satisfazendo só com a lã, querem também sua carne, seu sangue, sua alma. Não brinque com coisa séria! Famílias inteiras têm sido devoradas por esses lobos vorazes. Um último aviso para você, lobo cara-de-pau - Desista das ovelhas do Senhor! Se quiser, fique de longe babando, mas não se atreva a se aproximar, caso contrário, você experimentará a fúria do Bom Pastor.
A serpente do Éden ganhou asas, deixando de ser um réptil rastejante, para ser um dragão alado. Ou não é isso que lemos em Apocalipse? O mesmo Deus que permitiu que a serpente se infiltrasse no Paraíso, também permitiu que ela criasse asas, tornando-se assim o príncipe das potestades do ar. Porém, suas asas são como as de Ícarus. Na medida em que tenta se elevar, elas vão derretendo, como asas de cera. O mesmo orgulho que o impulsiona para cima, torna maior o seu tombo. Por isso, ele é precipitado das alturas. Lá não é seu lugar. Todos quanto o seguirem, juntamente cairão.
As perguntas são um aspecto importante do ensino. Podem ser usadas para ensinar aos homens o que não sabem ou reforçar aquilo que já sabem. Quando Deus interrogou a Jó, foi para ensinar-lhe coisas que já sabia, mas que recentemente falhara em reconhecer e aplicar. As perguntas de Deus foram calculadas para produzir resultados certos. Esses mesmos resultados podem ser produzidos na sua vida hoje, se você aplicar as perguntas de Deus a si mesmo.
Muitos de nós cremos em Deus pelo que ouvimos e percebemos. E por tudo quanto ele faz em nossas vidas, Ele tem chamado a todos para que creiamos Nele, para que pela fé Nele alcancemos salvação e transformação de vida. Um exemplo de transformação é Saulo ao qual vemos em Atos 8.1, consentindo na morte de Estevão e perseguindo aos que criam em Jesus. E já em Atos 9.19-22, vemos uma pessoa transformada pelo encontro que teve com Jesus e já pregava e os judeus já não criam que era o mesmo, mas outra pessoa.
Nos lembramos do impacto que os sermões tinham sobre nós no passado – impressões fortes, convicções intensas, ilustrações poderosas – mas agora, nos sentimos como estátuas frias e inanimadas enquanto escutamos aos mesmos pregadores pregando os mesmos sermões. O que deu errado? O que você faz quando a pregação da Palavra não te impacta mais como antigamente?
Quanto amor o de Jesus! Ele não age apenas porque tem o poder, mas porque é movido por amor! Jesus teve compaixão da mãe, das lágrimas, da dor e foi ao encontro dela em Naim. Lágrimas são orações, choro é linguagem que desperta a ação de Deus! Jesus leu o que cada lágrima escorrida no rosto daquela mãe queria dizer e ela não disse porque não cabia em palavras. E Jesus a acalentou com um: Não chores!
Não precisamos fraquejar sob o peso das tristezas e dos sofrimentos, porque o Senhor prometeu ser nossa força, nosso escudo e nosso cântico. Não devemos temer os incontáveis desafios da vida... Nosso Deus é um Deus que sempre será nosso 'Cuidador'. Ele é nosso Conforto, nossa Âncora, nosso Refúgio e nosso Encorajador. Não hesite em fazer o que diz o versículo - 'lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós'.
Deus é o grande artista que produz obra-prima definitiva – filhos e filhas à semelhança de seu Filho Jesus Cristo. Assim, ele faz com que cada traço de pincel do Mestre, cada toque da talhadeira do Escultor conte. Assim, no plano de Deus, aflições têm grande benefício para nós, mesmo sendo tão dolorosas como, às vezes, são. Se mantivermos estes benefícios em mente ao sofrermos, eles podem nos ajudar a suportar alegremente.
É preciso trabalho e equilíbrio para cultivar trigo. É preciso paciência para não perder a colheita, por conta dos ataques do inimigo, que de forma cruel, semeia joio no campo de trigo. Joio e trigo crescendo no mesmo campo, têm suas raízes entrelaçadas. É praticamente impossível fazer uma colheita do joio no campo do trigo, sem haver prejuízos para safra e agricultor. Arrancou o joio, o trigo vem junto! Por isso, o mais prudente é deixar os dois crescerem juntos e quando os grãos despontarem, ai sim, faz-se a colheita. Que sejamos esse trigo entregues nas mãos do Semeador do bem e não as mirradas sementes de joio nas mãos do inimigo.
Quantas vezes, ao não vigiarmos, deixamos de obedecer a vontade do Senhor em nossas vidas, e nos curvamos a coisas e pessoas que roubam nossos sonhos... começamos a ter nosso espírito minado, que se deixarmos para lá a vida espiritual e o andar em espiríto, correremos um sério risco de ficarmos prostrados ao toque da buzina... Aqueles jovens sabiam, que mesmo que o Senhor não os livra-se, mesmo assim eles não se ajoelhariam, pois somente Um é o Deus, e saibam sempre, é Aquele que livra... ALELUIA!!!... Ele é o quarto homem na fornalha...


Receba Estudos Biblicos todos os dias!
Cadastre-se seu e-mail! É Grátis
     Digite seu Email Abaixo
Emails Cadastrados

OBS: Não esqueça de confirmar seu email em seguida!