Ó Senhor, Quão Variadas São as Tuas Obras! - Parte 2

(Salmos 31.21)


AS OBRAS PARADOXAIS DE DEUS

Bendito seja o Senhor, pois fez maravilhosa a sua bondade para comigo numa cidade sitiada. (Almeida Revisada Impressa Bíblica)

Preâmbulo: Deus faz algumas de suas Obras bem paradoxais, como as três que veremos nesta mensagem. No Novo Testamento Jesus fez bonança na Tempestade. No Egito Deus sustentou Israel intacto na terra de Gósen em meio a 10 pragas devastadoras. E como que fosse pouco Deus prepara uma Mesa para você na frente daqueles que te aborrecem. Ninguém entende como Deus prepara essa mesa para você, na presença dos teus inimigos. Para Davi Deus fez a sua bondade maravilhosa numa cidade sitiada. Deus prepara mesa no deserto, quando as condições não são favoráveis é o que você verá neste estudo bíblico.

I - DEUS FAZ MARAVILHOSA A SUA BONDADE NUMA CIDADE SITIADA

1. O texto de promessa: (Sl 31.21) Bendito seja o Senhor, pois fez maravilhosa a sua bondade para comigo numa cidade sitiada. Outras versões colocam cidade segura. Numa uma cidade sitiada a bondade de Deus é bem maior e maravilhosa, do que numa cidade segura. Numa cidade segura, quase que não lembramos da bondade de Deus, mas sim que sim, numa cidade sitiada.

2. Como é uma cidade sitiada? As cidades na antiguidade eram muradas, dando proteção aos seus habitantes. Mas sempre havia conquistadores, invasores, tratando de conquistar as cidades. O primeiro que faziam era Sitiar a cidade, cercando-a, assediando-a, rodeado-a, levantando barreiras contra ela, submetendo-a a sítio. Isso fazia que a cidade perdesse sua vida normal.

3. Como atuam os sitiantes: Desviavam a água que entrava na cidade. Queimam as portas dos muros. Abriam brechas nos muros. Proíbem a entrada e saída de todos os transeuntes.

4. Numa cidade sitiada tudo cessava: Cessavam as entradas e saídas, cessavam as vendas e as compras, cessavam as festas e as comidas, cessavam as construções e ornamentações. Os sitiados começavam a terem necessidades de alimentos, principalmente alimentos que vinham do campo.

5. Numa cidade sitiada tudo se alterava: Se alteravam o sono e a maneira de dormir, o apetite e a maneira de comer. À vontade e a maneira de agir. A esperança e todas as expectativas.

6. Os que vivem a maravilhosa bondade: Em contrapartida os que estavam dentro da cidade sitiada, mas vivia essa bondade maravilhosa de Deus, conseguiam dormir enquanto outros só rolam na cama. Conseguiam viver tranqüilos enquanto outros se assustam com a presença dos inimigos pertos dos seus muros.

7. Os sitiados precisavam conhecer algumas promessas: (Is 26.1, 3, 4) Naquele dia se entoará este cântico na terra de Judá: uma cidade forte temos a que Deus pôs a salvação por muros e antemuros. (v.3) Tu conservarás em paz aquele cuja mente está firme em ti; porque ele confia em ti. (v.4) Confiai sempre no Senhor; porque o Senhor Deus é uma rocha eterna.

II – DEUS PREPARA MESA NO DESERTO

1. O texto de promessa Salmo 78.19: E falaram contra Deus, e disseram: Acaso pode Deus preparar-nos uma mesa no deserto?

2. As limitações do Deserto: No deserto a água era escassa, mas Deus fazia sair água da rocha. No deserto não havia vegetação, nem plantio de trigo, a fim de fazer pão, por isso Deus mandava do céu como que fosse geada. Não tinha aviários para a criação de codornizes, mas Deus enviava com o vento do oriente as codornizes.

3. Nessa mesa do deserto continha Água: (Sl 78.15, 16) Fendeu as penhas no deserto; e deu-lhes de beber como de grandes abismos. Fez sair fontes da rocha, e fez correr as águas como rios. A mesa que Deus prepara para nós hoje é espiritual e contém a Palavra de Deus com água pura, limpa, que mata toda a sede.

4. Nesta mesa do deserto continha Maná: (Sl 78.24,25) E chovera sobre eles o maná para comerem, e lhes dera do trigo do céu. O homem comeu o pão dos anjos; ele lhes mandou comida a fartar.

5. Nesta mesa do deserto continha Carne: (Sl 78.26-29) Fez soprar o vento do oriente nos céus, e o trouxe do sul com a sua força. E choveu sobre eles carne como pó, e aves de asas como a areia do mar. E as fez cair no meio do seu arraial, ao redor de suas habitações. Então comeram e se fartaram bem; pois lhes cumpriu o seu desejo.

III - DEUS PREPARA MESA NA PRESENÇA DOS MEUS INIMIGOS

1. O Texto de promessa Salmo 23:5: Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos, unges a minha cabeça com óleo, o meu cálice transborda.

2. A mesa: Algo tremendo o que Deus esta prometendo aqui preparar, principalmente por causa de quem assistirá essa demonstração de amor, os meus inimigos.

3. O garçom: O próprio Deus se veste de garçom e te serve, ninguém entende esse tipo de amor demonstrado por Deus. (Lc 12.37) Bem-aventurados aqueles servos, os quais, quando o Senhor vier, achar vigiando! Em verdade vos digo que se cingirá, e os fará assentar à mesa e, chegando-se, os servirá.

4. A comida: Deus coloca sobre essa mesa toda sorte de benção espiritual e física também. Não é um pratinho, uma sobeja, são pratos suculentos, deliciosos. (Ef 1.3) Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o qual nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nos lugares celestiais em Cristo.

5. Os Inimigos: Os inimigos são demoníacos e humanos. Os demoníacos são mais que os humanos. Nossos inimigos podem ser pessoas não convertidas e crentes meio convertidos. Dependendo do teu circulo de atuação será a quantidade de teus inimigos. Mas neste banquete eles estão de longe, já nada podem fazer para te atrapalhar, atacar ou assustar.

6. A conversa: Durante o banque você ouvirá da boca do próprio Deus dizendo algumas verdades: (Sl 21.11) Pois intentaram o mal contra ti; maquinaram um ardil, mas não prevalecerão. (Sl 132.18) Vestirei de confusão os seus inimigos; mas sobre ele resplandecerá a sua coroa. (Sl 27.6) E agora será exaltada a minha cabeça acima dos meus inimigos que estão ao redor de mim; e no seu tabernáculo oferecerei sacrifícios de júbilo; cantarei, sim, cantarei louvores ao Senhor.

7. O clima da festa: Deus preparou até o clima da festa. O banque foi feito para você gozar, se alegrar, desfrutar e como diz Eclesiastes 10.19 Para rir é que se dá banquete, e o vinho alegra a vida; e por tudo o dinheiro responde.

8. O participante: O único participante deste mesa é você. Chegou o tempo que Deus quer demonstrar esse amor, preparando para ti esse banquete ou essa mesa no deserto e ainda fazer maravilhosa sua bondade na cidade sitiada.

Autor: Pr Teófilo Karkle


Pr Teófilo Karkle
Pr Teófilo Karkle, é Pastor e Missionário no Chile desde 1991.
Também exerce seu Ministerio como Escritor, Radialista, Conferencias Internacional e Professor de Teologia.
 
E-mail: This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.
Centro de Alegria - Santiago do Chile