O Ensino Bíblico Sobre a Profecia - Parte 5


Conselhos para o exercício dos dons espirituais

O apóstolo Paulo apresenta três grandes conselhos para o exercício dos dons espirituais:

1) “Não sejais meninos”, 1Co 14.20. Isso tem a ver com o crescimento espiritual, com maturidade espiritual (Hb 5.12-14; Cl 1.28b; Ef 4.15; 1Co 13.11; 3.1-2 e 1Jo 2.12-13).

2) “Faça-se tudo para edificação”, 1Co 14.26. Edificação não é exatamente o mesmo que simples construção. Sobre o assunto, é interessante comparar Mateus 16.18, onde Cristo diz “edificarei”, e 1 Coríntios 3.10, onde se lê “veja cada um como edifica”.

3) “Faça-se tudo decentemente e com ordem”, 1Co 14.30. Vemos a preocupação divina com a decência e a ordem em passagens como Gênesis 1.2-3, Tito 1.5 e 1 Coríntios 11.34.

Observações finais

Dons não transformam o seu portador em um supercrente, supersanto ou supersábio. Os dons espirituais são regulados pela Palavra de Deus (1Co 12-14; 1Pd 4.10-11 e Is 8.20).

Os dons devem operar em conjunto na igreja local, pois eles são completivos entre si. Não há um só dom completo em si mesmo.

Ter dons espirituais e exercê-los sem o portador manifestar o fruto do Espírito em sua vida é uma anomalia, uma contradição. É algo antibíblico (Gl 5.22-23 e 1Co 13.1-8).

O dom é concedido, e vem do Alto; o fruto é produzido dentro de nós, do nosso caráter cristão.

| Autor: Pr Antonio Gilberto | Divulgação: estudosgospel.Com.BR |


Receba Estudos Biblicos todos os dias!
Cadastre-se seu e-mail! É Grátis
     Digite seu Email Abaixo
Emails Cadastrados

OBS: Não esqueça de confirmar seu email em seguida!