Grão de Areia


Será que podemos comparar a nossa vida com um grão de areia? Veja como é a areia vista a olho nu:


Tudo igual não é? Na verdade não conseguimos nem ver direito o seu grão, apenas um aglomerado de grãos que juntos formam belas ondulações, paisagens e nos proporcionam um pisar macio e suave.

Agora vejamos um grão de areia com precisão:



Você imaginaria com esses formatos? Com essa aparência? Mais parecem cristais, ou não?

Veja essa outra imagem, olhem as diferentes formas desses grãos, cada um com sua beleza particular, simplesmente fantástico!


Agora, voltemos à primeira pergunta: “Será que podemos comparar a nossa vida com um grão de areia?”. Pense um pouco!

Analisemos da seguinte forma: quando estamos juntos, enquanto corpo de cristo, nós nos comportamos como na imagem 1 (“Porque assim como em um corpo temos muitos membros, e nem todos os membros têm a mesma operação, assim nós, que somos muitos, somos um só corpo em Cristo, mas individualmente somos membros uns dos outros.” Romanos 12:4-5 “Porque somos membros do seu corpo, da sua carne, e dos seus ossos.” Efésios 5:30), ou seja, todos unidos por uma mesma causa, sem diferenças a olho nu, ou nos preocupamos mais com a aparência e em chamar atenção? E quando nos deparamos como na imagem 3 (“E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou.” Gênesis 1:27), analisados de forma particular, com todos querendo ver o máximo de detalhes da nossa forma, da nossa textura, das nossas individualidades, do nosso temperamento, das nossas atitudes, do nosso falar, do nosso agir, do nosso pensar, enfim, da nossa vida nos mínimos detalhes, como somos?

Penso que essas são duas questões bastante relevantes na nossa caminhada cristã, pelo fato de nossa vida enquanto corpo de Cristo ser o alicerce para uma boa caminhada ao lado do Pai. Não podemos deixar que aconteça nenhum tipo de lesão a esse corpo, não podemos deixar que um membro desse corpo seja perdido, muito pelo contrário, devemos trazer mais membros a esse corpo, para que ele seja fortalecido para as batalhas que temos que enfrentar, pois não são poucas. Prestemos mais atenção em como está a nossa vida como corpo de Cristo, analisando a si próprio e refletindo no que diz a palavra Daquele que é o nosso guia.

Temos que ser exemplo para aqueles que ainda não fazem parte desse corpo, para que como na imagem 3, quando analisados de forma individual, possamos refletir a imagem e semelhança de Cristo, pois, se somos seus seguidores temos que viver como Ele e com Ele, e essa busca pela santidade é diária, pois “As misericórdias do SENHOR são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim; Novas são cada manhã; grande é a tua fidelidade.” Lamentações 3:22-23.

O meu desejo e minha oração é que o Espírito Santo de Deus, que habita em nós, nos leve para grandes alturas e que tenhamos mais intimidade com o Senhor e comunhão com o próximo, com o corpo de Cristo. Que esse amor que Ele nos dá – sem merecermos um pouco sequer – seja o nosso combustível, para podermos fazer aquilo que Ele quer e ouvir a voz e sentir o toque do Pai em nossas vidas.

Sejamos que nem o grão de areia, que junto com os outros formam uma bela imagem, e não só isso, tem serventia onde eles foram postos, e que individualmente, possamos ser belos, assim como eles são, refletindo a imagem e semelhança daquele que os criou. E deixemo-nos ser levados pelo vento do Espírito Santo, que sussurra em nossos ouvidos e nos chama pelo nosso próprio nome! Amém!

Autor: Vinícius Batinga de Oliveira
Líder de Jovens da Igreja Metodista Central em Aracaju.


Receba Estudos Biblicos todos os dias!
Cadastre-se seu e-mail! É Grátis
     Digite seu Email Abaixo
Emails Cadastrados

OBS: Não esqueça de confirmar seu email em seguida!