Geração de Samuel

1ª Sam.2:18; 4:10-18, 22


Antes de tudo é importante saber que a época do sacerdote Eli, e do surgimento do menino Samuel era a época dos juízes. O versículos 17:6 e 21:25 de juízes são o resumo de como estava a situação neste período. A bíblia nos relata que naquela época “Cada um fazia o que achava mais reto”.

A lei já havia sido dada por intermédio de Moisés, a arca de Deus estava em Israel, mas cada um fazia o que achava mais reto. É nesse tempo de bagunça e conturbação que encontramos um sacerdote chamado Eli.

A palavra de Deus diz que não havendo profecia o povo se corrompe, isto é, sem revelação profética de Deus o povo fica sem controle e acaba caindo em juízo divino. Isto era algo que já vinha acontecendo em Israel conforme 1ª Sam.3:1.

Em Israel havia a arca da presença de Deus, a lei de Deus já havia sido dada, mas não havia ninguém, sacerdote ou profeta, capaz de trazer uma revelação profética de Deus para o povo.

Infelizmente o Israel espiritual de Deus tem voltado a viver estes dias. A frase “Cada um fazia o que achava mais reto” que marca o livro de juízes, invade o livro de Rute e termina no livro de Samuel é viva nos dias de hoje.

1) Tenho visto crentes, pastores, líderes se divorciarem só porque enjoaram de seus casamentos.

2) Músicos tocam em bailes e boates sábado a noite e domingo com o mesmo instrumento tocam nas igrejas.

3) Adolescentes e jovens se relacionam sexualmente fora do casamento dentro das igrejas.

4) Mulheres desonram o marido e maridos desonram as mulheres com palavras dentro das igrejas.

5) Pastores e líderes humilhando seus liderados, usando a “autoridade” para pisar e maltratar os outros.

6) Quando me deparo com isso vejo que voltamos ao tempo que “Cada um fazia o que achava mais reto”.

Cada um faz o que dá na telha sem se importar com a palavra de Deus e com a presença de Dele em nosso meio. Isto acontece por causa da falta de voz profética pois a geração que ainda esta aí é a geração de Eli.

Da geração de Eli nasceu Icabode, que significa “Foi-se a glória de Deus”. Na geração de Eli, a glória de Deus se vai. Não há milagres, não há voz profética, não há manifestação do poder de Deus. Onde estão estas coisas hoje?

O que sentimos hoje da presença de Deus hoje é muito pouco comparado ao que a bíblia nos revela. O que temos hoje da presença de Deus é muito pouco. Precisamos pedir mais, porque há mais.

1) Em 2ª Crônicas 7:1,2 os sacerdotes não puderam entrar no templo por causa da nuvem de glória.

2) No livro caçadores de Deus, onde a presença de Deus jogou um homem longe e quebrou o púlpito.

3) O culto na jocum onde todos foram ao chão e a presença de Deus era algo quase palpável.

4) A igreja em Pensacola que experimentou o avivamento e nos cultos quem entrava na cadeira de roda por um lado, saía andando pelo outro, e os recepcionistas tinham que tirar o povo do templo para que outros pudessem entrar.

Isto não acontece mais porque “Cada um faz o que acha mais reto” e segundo o que aconteceu no livro de 1ª Samuel quando isto acontece a glória de Deus se vai. Vivemos ainda na geração de Eli.

Iª SAMUEL 2:22-25 => Geração de Eli é a geração que faz vista grossa para o pecado.
1) Tem conhecimento do pecado que está sendo praticado mais não faz nada, empurra com a barriga e esconde porque tem medo de perder o dízimo, ou o músico que toca bem.

2) Ignora o pecado dos filhos pois tem vergonha e medo de expor os erros de sua família.
 
3) Aceita o pecado dos outros porque não tem capacidade de tratar os erros da sua própria família, perdendo assim a moral.
 
4) Possui medo de encarar os problemas que surgem e deixa o pecado acontecer.

Sacerdote do Deus altíssimo não pode de jeito nenhum, negociar com o pecado, não importa quem o tenha cometido, se ele negociar, temer mais ao homem do que a Deus, o Próprio o cobrará, porque Deus não negocia com o pecado e não admite que seus servos negociem.

Iª SAMUEL 2:29 => Geração de Eli é a geração que ama mais o status de sacerdote do que a responsabilidade que o ofício traz.

1) Eli e seus filhos tinham o direito dado por Deus de usarem para si uma parte de tudo o que o povo trazia, mas, na verdade eles estavam se aproveitando da posição de sacerdote para roubar a Deus, e explorar e maltratar o povo.

Existem sacerdotes (pastores, líderes, ministros, missionários, pregadores, músicos) que amam mais o status do ofício do que a responsabilidade que ele traz.

a) O indivíduo é sacerdote na hora de receber presente, pegar o salário, ter o nome lembrado em grande reunião, pedir oferta, usar o título para maltratar o irmãozinho, para isso ele é ministro, pastor, missionário, diácono, pregador, líder, etc.

b) Na hora de encarar o pecado do irmãozinho do dízimo alto, de fazer visita ao irmão que mora no alto do morro, se responsabilizar por algo que deu errado na igreja, sofrer com os que sofrem, ir buscar aquela ovelha que está desviada, não existe ninguém.

c) Os sacerdotes da geração de Eli amam mais a sua posição do que o próprio Deus. Eles estão interessados mais no seu próprio bem estar do que qualquer outra coisa, estão acostumados com a posição e não querem deixá-la por nada (Iº Sam.3:2)

Iª SAMUEL 2:12 => Geração de Eli gera filhos carnais, filhos que não se importam, não conhecem a Deus, pois praticam o pecado dentro da casa do Senhor e não se importam com isso.

1) Infelizmente a geração de Eli nos dias de hoje tem gerado filhos que se preocupam mais com a satisfação da carne do que o alimentar do espírito.

2) Quando os pais não são exemplo, os filhos se corrompem. Os novos convertidos não tem encontrado nos crentes “antigos” , o exemplo de vida necessário para ajudar a manter a fé deles.

3) A geração de Eli tem gerado filhos que só pensam em carro, casa, dinheiro, sexo, fama, roupas, jóias, posição social, etc. As coisas espirituais estão ficando em segundo plano.

4) Os filhos de Eli dizem que conhecem a Deus, estão no templo, são sacerdotes, vêem o mover de Deus, mais na verdade estão quase sendo fulminados por Ele por causa do seus pecados.

Iª SAMUEL 3:1=> Geração de Eli é aquela que já deixou de ouvir a voz de Deus a muito tempo, não tem mais visões ou revelações da parte de Deus, por isso quando falam, falam não do Espírito e sim da carne.

1) Por causa dos erros que já foram citados aqui, os sacerdotes de hoje que seguem o sacerdócio de Eli não conseguem mais ouvir a Deus, receber direcionamento Dele, ou ter visões.

2) Suas palavras dão sono, não edificam e não encorajam.

3) Confiam mais nos cursos que fizeram do que no Espírito do Deus vivo.

4) Não há transformação e renovação pela palavra porque não há palavra Rhema ou palavra profética.

5) A pior coisa para um sacerdote que serve a Deus é não ter contato com o próprio Deus, porque assim o ofício se torna nulo, o sacerdócio não vale nada.

6) Um pastor de igreja, um diácono, missionário, líder, que não ouve a voz de Deus e que não tem visões e palavras proféticas de Deus não é nada, pois é impossível falar de um Deus vivo que nunca se manifestou para ele.

Assim são os sacerdotes da geração de Eli nos dias de hoje.

Iª SAMUEL 4:2-4,10,11 => Geração sacerdotal de Eli geram filhos que não sabem guerrear em nome do Senhor dos exércitos.

1) Como é que os filhos de Eli que não possuem nenhum compromisso com Deus, nunca ouviram Deus falar, corrompem a casa de Deus, roubam as ofertas do Senhor vão guerrear contra os inimigos do Senhor e vencer?

2) Os filhos de Eli não tinham experiência com Deus, sabiam do mover e agir de Deus porque ouviram falar, nunca tiveram experiências próprias, assim são os filhos de Eli nos dias de hoje.

3) (Iª Sam.4:19-11) Os filhos de Eli pegaram a arca (presença de Deus) para guerrear e perderam. Não porque o inimigo era forte, mas porque não conheciam a Deus e ignoraram a sua santidade.

4) A geração sacerdotal de Eli é alvo fácil nas mãos de Satanás e só não é derrotada completamente por causa da infinita misericórdia divina, pois se Deus permitir um ataque forte como o que Jó sofreu eles sucumbiriam.

5) (Iª Sam.4:18) Em pouco tempo a geração sacerdotal de Eli vai literalmente cair da cadeira.

Iª Samuel 4:19-22 => O resultado da influência da geração de Eli em nossos dias é o mesmo resultado da época do Eli bíblico. “ICABODE”, A GLÓRIA DE Deus foi retirada do nosso meio.

Toda vez que o povo peca contra Deus, Ele por misericórdia, retira a sua glória do nosso meio, caso contrário seremos fulminados pela glória de Deus.

A geração sacerdotal de Eli fez com que glória de Deus se afastasse do povo não havendo mais profecias nem visões, e este nós sabemos, não é o desejo de Deus.

I ª Samuel 2:25:26 => No meio desta bagunça que a geração sacerdotal de Eli causou, Deus no meio do silêncio, bem na surdina, estava levantando uma nova geração de sacerdotes, A GERAÇÃO SACERDOTAL DE SAMUEL.

1) Samuel é aquele que desde de criança via Eli e seus filhos praticarem a prostituição, a ganância, luxúria, dentro da casa do Senhor, mas escolheu não se contaminar por estes pecados.

2) Escolheu servir a Deus e conhecê-lo, não se deixou levar pelo “status” que a posição lhe dava, antes entregou seu coração a Deus e disse: “FALA SENHOR PORQUE O TEU SERVO OUVE”!

3) Deus está levantando nestes dias a geração sacerdotal de Samuel, que virá para por fim aos pecados praticados pela geração de Eli, honrar o sacerdócio na casa do Senhor e fazer com que o povo ande segundo a palavra de Deus.

4) Você não vai ver mais pastores adulterando, mentindo roubando a igreja do Senhor, usando púlpito para humilhar os outros.

5) Não haverá mais músicos que adulteram, que são vaidosos e gostam de aparecer, são orgulhosos, não gostam de ouvir palavra de Deus e se deixam levar pela música do mundo.

6) Você não vai ver mais diáconos, líderes de ministérios, evangelistas, missionários e etc., se atracando para ver quem é o maior puxa-saco do pastor.

7) Você vai ver é homens e mulheres simples e humildes que temem mais a Deus do que aos homens, que amam ao Senhor e ao seu próximo como a si mesmo que não humilham e não fazem vergonha a ninguém porque temem ao Senhor.

8) Homens e mulheres que tem como principal objetivo de vida servir ao Senhor, glorificar e honrara ao seu nome, ser a imagem de Jesus aqui na terra. ESTA GERAÇÃO ESTÁ BATENDO AÍ NA PORTA PRONTA PARA ENTRAR, ESTA É A GERAÇÃO DE SAMUEL.

9) Geração que honra o ofício sacerdotal dado por Jesus Cristo a nós.

Iª Samuel 2:27-28 => O sacerdócio de Eli era um sacerdócio hereditário, se deu pela influência carnal, por pertencer à uma família de sacerdotes.

Iª Samuel 1:10-11 => A geração sacerdotal de Samuel é gerada por lágrimas, sofrimento e perseverança, é fruto de uma intercessão intensa diante de Deus, gerada pelo Espírito Santo. Foi assim que Samuel foi gerado.

Antes de ser gerado no ventre de Ana, Samuel foi gerado pelo clamor incessante de Ana. Samuel primeiro foi gerado pelos joelhos de Ana, gerado diante de Deus através da intercessão, e depois foi gerado no ventre de Ana, em resposta de Deus ao clamor de Ana.

A geração sacerdotal de Samuel foi gerada pelo clamo das Anas de hoje. [ ANA = Homens e mulheres inconformados, humilhados, menosprezados pela geração sacerdotal de Eli, pessoas que esperam e confiam no mover sobrenatural de Deus, os que crêem no milagre ].

Geração sacerdotal de Samuel é uma geração de Nazireus, homens e mulheres exclusivos de Deus, gerados pelo Espírito de Deus, através de orações e súplicas, totalmente separados do mundo trazem a terra a proclamação da vontade de Deus.

Se você está inconformado com tudo de ruim que você tem visto dentro do povo de Deus, se você foi maltratado, humilhado, menosprezado dentro da casa de Deus e tem pedido mudanças ao Senhor, Deus ouviu sua súplica e preparou uma geração de crentes que vão fazer diferença e mudar a história, Deus preparou a Geração de Samuel.

Aquela pessoa que orou, jejuou, lutou por sua causa diante de Deus, ela é a sua Ana. [ Meus pais são as minhas Anas ].

Iª Samuel 7:3-6; 13:13-14 => Diferente da geração sacerdotal de Eli,a geração sacerdotal de Samuel confronta o pecado, não importa de quem for o pecado.Todo pecado será banido do meio da congregação.

1) Baniremos o pecado e resgataremos o pecador. Se ele se arrepender e abandonar o pecado continuará conosco, se quiser continuar no pecado não continuará conosco. Se escapar dos nossos olhos não escapará dos olhos de Deus.

2) NÃO NEGOCIAMOS COM O PECADO, NÃO NEGOCIAMOS COM O PECADO, NÃO NEGOCIAMOS COM O PECADO.

Eli e seus filhos amam mais a casa do Senhor e o “status”que ela proporciona do que o próprio Senhor. A GERAÇÃO DE SAMUEL AMA ESTAR NA CASA DO SENHOR, MAIS AMA MUITO MAIS O SENHOR DA CASA.

1) A preocupação da geração de Samuel não é ter seu nome citado em capa de CD ou DVD, aparecer na TV, falar no radio, ou ser reconhecido por homens.

2) A preocupação da geração sacerdotal de Samuel está em agradar ao Senhor, gerar prazer a Ele, um sorriso nos lábios de Deus, deixá-lo alegre.

3) Se buscar a vontade de Deus e agradá-lo implica em desagradar os sacerdotes de Eli, que assim seja. A maior recompensa que teremos é a glória de Deus em nosso meio.

I ª Samuel 2:11, 12, 26 => Enquanto a geração sacerdotal de Eli sacia seu espírito com coisas da carne e não conhece ao Senhor, a geração sacerdotal de Samuel busca saciar seu espírito em Deus.

1) Renunciamos os prazeres da carne (sexo ilícito, luxúria, etc.) para crescer em espírito e em verdade.

2) Enquanto muitos estão dentro das igrejas e só pensam no seu próprio prazer e bem estar, o prazer da geração de Samuel é servir e honrar ao Rei dos reis e Senhor dos senhores e ver sua glória se manifestar.

I ª Samuel 3:19-21 => Geração sacerdotal de Samuel é aquela que traz a voz profética, a revelação da vontade de Deus ao povo.

É a geração que não fala o que o povo quer ouvir, mas fala o que o povo precisa ouvir, sem se importar se o povo vai gostar ou não. Pois o que importa é a vontade de Deus.

É aquela que vai trazer honra ao oficio sacerdotal deixado por Jesus a nós, pois Deus fluirá naturalmente através dela.

Iª Samuel 7:9-10 => Diferente da geração sacerdotal de Eli, a geração sacerdotal de Samuel sabe lutar em nome do Senhor.

1) Uma geração que confronta o pecado, renuncia os prazeres do mundo, se alimenta em Deus, e atua como voz profética, de maneira nenhuma será dominada ou vencida, porque o Senhor dos exércitos estará a seu favor.

2) Profetizo que não haverá barreira que esta geração não vença e nem demônio que não caia derrotado diante desta geração.

3) Esta geração vencerá porque trará de volta a glória do Senhor.

4) (Vers.9) => Enquanto a geração de Samuel clamar, não haverá derrota para o povo de Deus, pois Deus responderá ao clamor desta geração. O tempo da vitória está chegando.

Iª Samuel 1:27-28; 2:11 => Samuel, antes de tudo, foi entregue como oferta agradável ao Senhor, sua vida foi dedicada a buscar antes de todas as coisas a vontade de Deus.

REPETIR: “TUDO COMEÇA COM A ENTREGA TOTAL”.

Te convido hoje a fazer sua entrega e fazer parte desta geração.

VOTO:
Senhor, ouvi o teu chamado e estou disposto a te obedecer. Renuncio o que for preciso para ser usado por Ti. Quero mudar minha geração, quero trazer de volta tua glória, quero ser alguém com quem o Senhor possa contar.

E quando o Senhor me chamar eu responderei como Samuel: “Fala Senhor, porque o teu servo ouve”.

|  Autor: Pr. Mauro José Santos da Silva  |  Divulgação: estudosgospel.com.br |