Fugindo de Deus


O livro de Jonas relata uma história fascinante, com uma mensagem poderosa. Deus disse a Jonas para ir à ímpia cidade de Nínive para adverti-la contra a destruição iminente. O profeta temia e desprezava os ninivitas tanto, que tentou fugir de Deus e da sua responsabilidade dada por Deus.

Jonas não entendeu que não há lugar para se escapar de Deus. Ele encontrou um barco que podia levá-lo a milhares de quilômetros para longe de Nínive, mas ele não podia esconder-se de Deus. Jonas achou-se no meio do mar e depois na barriga de uma baleia, porém nunca achou um lugar onde Deus não o pudesse ver.

Depois de quase morrer dentro da baleia, Jonas se arrependeu e obedeceu a ordem do Senhor. Ele pregou aos ninivitas e Deus poupou a cidade. Jonas, que ainda desprezava o povo daquela grande cidade, queixava-se da misericórdia e compaixão de Deus. Ele não entendia que a mesma misericórdia que o salvou do ventre da baleia também deveria salvar os ninivitas da ira de Deus.

Deus é muito maior do que esse profeta relutante reconhecia. Ele vê tudo (Hebreus 4:12-13). Ele quer salvar a todos (2 Pedro 3:9). Sua misericórdia e amor ultrapassam a nossa capacidade de entender (Efésios 3:17-21). Um tal grande e poderoso Deus merece nossa completa submissão e nossa contínua adoração.

|  Autor: Dennis Allan  |  Divulgação: estudosgospel.com.br |