Forcem Todos a Entrar


A paz do Senhor Jesus Cristo a todos! Quero vos compartilhar as palavras do Senhor Deus; nosso pão diário.

Tema: Lucas 14.23
“E disse o SENHOR AO SERVO: Sai pelos caminhos e valados, e força-os a entrar, para que a minha casa se encha”

Titulo: Forcem todos a entrar

Introdução: Meus irmãos eu estou certo que existem inumeráveis lugares que nos são privados de entrarmos, entretanto, existem aqueles que são convidados a entrar, mas preferem recusar o convite ou não fazem caso daquele que o convidou. Existem ainda alguns lugares que não se tratam de lugares físicos, mas, trata-se da alma humana e de seus pensamentos, sendo que estes lugares são tão secretos que só Deus sabe o caminho e a entrada, pois, Diz: “Tu sabes o meu assentar e o meu levantar; de longe entendes o meu pensamento” (Salmos cap 139 v 2). Há ainda aqueles, que se ocultaram em si mesmo de tal maneira na intenção de se protegerem, que seu isolamento tornou-se uma prisão para si mesmo. Todavia, por outro lado, existem muitos lugares físicos e não-físicos (alma humana), que estão abertos para a nossa entrada. Que entrada é esta? A entrada do Evangelho do nosso Senhor e Salvador JESUS CRISTO, porquanto há inumeráveis almas e mentes que estão como uma terra fértil aguardando a boa semente da palavra de Deus para gerarem muitos frutos. São pessoas que estão ansiosamente esperando pela Salvação de Deus; e onde estas pessoas estão: pelas ruas e valados, em lugares de difícil acesso, às vezes são mancos e coxos, não andam sem a devida ajuda, outros são pessoas boas e outros se tornaram pessoas muito más, mas, diz a voz do SENHOR DEUS para seus servos: “Força-os a entrar”. Entrar na onde? Na festa do filho do Rei. Mas, os convidados não são os nobres? Por que então se abriu aos pobres? Por que se abriu aos coxos e aleijados? Por que os bons e ruins também são forçados a entrar? Por que os lugares de difícil acesso devem ser alcançados? Por que a casa do rei deve estar cheia? Estas são questões de alta relevância, e com a ajuda e orientação de Deus tendo como base as Sagradas Escrituras me proponho a discorrer acerca deste tema; para tanto, eu vos convido a refletirem comigo.

ESBOÇO:

• OS PRIMEIROS CONVIDADOS NÃO FORAM DIGNOS 
• POR QUE SE ABRIU O ACESSO AO BANQUETE PARA OS POBRES?
• FORÇA-OS A ENTRAR
• SERÁ QUE TODOS ESTÃO DISPOSTOS A ENTRAR?
• A CASA DO REI DEVE ESTAR REPLETA
• O MAL TAMBÉM FORÇA A ENTRADA
• CONCLUSÃO

• OS PRIMEIROS CONVIDADOS NÃO FORAM DIGNOS

Diz o texto sagrado, que o Rei fez as bodas do seu filho, e convidou antecipadamente os seus amigos “Fez uma grande ceia, e convidou a muitos” (Lucas cap 14 v 16), não é difícil entender que todos os nobres foram convidados (grifo meu), e logo que o convite foi feito e enviado, diz o texto sagrado que receberão de bom grado, mas, no dia do evento (festa ou banquete), todos os ilustres convidados não quiseram ir, e com desculpas esfarrapadas (dito popular), desprezaram o convite do Rei e do príncipe que estava festejando suas bodas; sendo que, um disse: eu comprei um campo e preciso ir velo, outro disse comprei umas juntas de bois e vou testá-los e outro ainda eu casei agora não vai dar para ir (Lucas cap 14 v 17-20).

Agora, analisemos esta parábola dita por JESUS CRISTO; como que eu posso desprezar o convite do Rei, sendo eu seu súdito? Como eu direi ao Rei que o meu campo é mais importante que as bodas do seu Filho? Como eu direi ao rei que minhas juntas de bois, são mais importantes que o convite me feito? Ou ainda; será que o convite que foi feito ao outro não incluía sua esposa? Mas, se tenho um pouquinho só de JUÍZO ou raciocínio lógico, eu diria: Será que o Rei não pode confiscar minhas terras para si? Ou será que não pode tomar meus bois e fazer churrasco para seu próprio alimento? E se ele de algum modo me separa de minha mulher, visto que o desprezei seu convite com este pretexto?

Amados quando o SENHOR JESUS disse esta parábola registrada tanto em Lucas cap 14, quanto em Mateus cap 22, Ele falava de Deus o Pai, o qual é o Rei sobre tudo e sobre todos, e o Filho do Rei tratava-se dEle mesmo, que será louvado e aclamado naquele grande dia que se aproxima. Quanto a festa ela não será adiada por falta de convidados, pois, a festa que JESUS SERÁ ACLAMADO COMO REI SE APROXIMA. E os convidados ilustres que desprezaram o convite do rei se referem a Israel e ao povo judeu, que foram avisados que o Messias viria inumeráveis vezes através dos profetas que por eles são respeitados como oráculos do SENHOR DEUS, todavia, quando chegou o dia de se alegrarem na presença do Noivo, a saber: O SENHOR JESUS CRISTO, que da parte de DEUS O PAI foi enviado a eles, os mesmos os desprezaram e não creram nEle, mesmo presenciado os incontáveis milagres, as inumeráveis curas, insto sem fazermos conta das muitas ressurreição de pessoas doravante mortas. Mas ao invés de crerem nEle, eles preferiram não dar importância ao Noivo, ao Filho do Rei do Universo, sim, eles não quiseram ver, e quando ouviam suas palavras eles tapavam os ouvidos, mesmo estando com seus ouvidos abertos, por quê? Porque não conseguia enxergar as virtudes de JESUS O FILHO DE DEUS, mas somente sua aparência “Ele não tinha beleza nem formosura” (Isaias cap 53 v 2), como admitir um PRÍNCIPE humilde que anda de jumentinho emprestado (Lucas cap 19 v 33-35). Os judeus preferiram não ver o que estava diante de seus olhos, “Ele veio para os que eram seus, mas, os seus não o receberam” (João cap 1 v 11-12), eles não admitiram que o Messias fosse o filho de José, cuja mãe aqui na terra era Maria, que tinha irmãos e irmãs e que vinha da cidade de Nazaré, “Haveria coisa boa de Nazaré” (João cap 1 v 46), porem o improvável estava diante deles, pois, JESUS CRISTO VEIO DE NAZARÉ uma cidade pobre das periferias da Galiléia, cuja população de sua época era aproximadamente duzentos a trezentos habitantes. E por não acreditarem, desprezaram, o perseguiram até o dia que Deus o Pai o entregou nas suas próprias mãos que por sua vez o mataram, como o próprio SENHOR JESUS, de antemão dissera: “O Filho do homem será entregue nas mãos dos homens, e matá-lo-ão; e, morto ele, ressuscitará ao terceiro dia” (Marcos cap 9 v 31).

E você! Qual será sua atitude diante do convite do Rei que é DEUS O SENHOR? OU você fará como os judeus, que o desprezaram e não foram crentes nEle? Pois o acesso ao banquete do Rei nos foi aberto. Antes nós não éramos convidados, éramos gentios (pessoas que não conhecem a Deus), estávamos fora do palácio, vivíamos pelas ruas e valados; éramos como pessoas mancas e aleijados no quesito conhecimento de Deus, pois, não o conhecíamos e não tínhamos como conhecê-lo e nem chegarmos até a Ele. Éramos pessoas más em sua grande maioria. Todavia, o acesso nos foi aberto pelo caminho que o próprio SENHOR JESUS FEZ, quando derramou seu sangue por nós na cruz do calvário por nós ( Hebreus cap 10 v 19-23). E agora! Como devo me portar? Eu devo me portar com fé, eu vou a crer nEle, crer na suas palavras e promessas, não duvidarei de seu nascimento no ventre de Maria, sendo gerado pelo ESPÍRITO SANTO, pois, quando olho para os textos sagrados a séculos escritos antes de sua vinda, tudo que diz a respeito dEle da sua vida e da sua morte, já estava nos planos eternos de Deus o Pai, e foi através da sua morte, que Ele pagou o preço de nossos pecados como diz: “Um justo justificará a muitos, porque as iniqüidades deles levou sobre si” (Isaias cap 53 v 11), todavia, nem a morte o pode deter, pois, ao terceiro dia de sua morte, ELE JESUS NAZARENO O MESSIA RESSUCITOU e vivo está assentado a direita de Deus o Pai intercedendo incessantemente por nós para que tenhamos tempo de nos arrepender de nossos pecados e sermos perdoados e livre daquele grande dia o juízo de Deus (Romanos cap 8 v 34; Hebreus cap 7 v 25).

• POR QUE SE ABRIU O ACESSO AO BANQUETE PARA OS POBRES?

É possível enxergarmos três aspectos que levou DEUS O SENHOR, nos abrir o acesso ao banquete de seu Filho, a saber: O SENHOR JESUS, sendo que o primeiro foi à indignidade dos convidados relacionados pela falta de fé, falta de compromisso, falta de respeito e falta de gratidão da parte deles ao Rei que é DEUS O SENHOR. Sendo o segundo pela inalterancia e imutabilidade do Rei, logo é possível entender que DEUS O SENHOR, não adiará seus eventos por falta de coros ou convidados, pois, tudo que Ele estabeleceu está estabelecido e as datas que Ele desejar que aconteça algo será aquela e não será mudada, pois Ele é SENHOR. O terceiro e mais sublime motivo foi O SEU AMOR por aqueles que não tiveram a mesma sorte que os primeiros convidados, e este amor é tão inatingíveis que o vemos a dizer: FORÇA-OS A ENTRAR (Lucas cap 14 v 23). Talvez alguém questione: Por que Deus não forçou os ilustres convidados a entrar? Ou ainda: Por que não se abriu o acesso de imediato aos outros convidados?

Primeiro Deus não pula a vez nem altera as etapas que Ele estabeleceu pelo seu poder, basta olharmos para sua palavra não veremos desordem, antes pelo contrario, veremos ordem. Ao criar o universo em seis dias e no sétimo descansar; ao estabelecer o tempo da gestação de uma criança de tal forma que ao completar os nove meses a criança esta pronta para o nascimento, quando olhamos as plantas que no seu devido tempo da o fruto ao agricultor, tudo Deus fez com ordem. E ao olharmos para o plano de Deus em salvar os homens, Ele não mudou sua forma de agir, pois, primeiro chamou Abraão, depois Isaque e por sua vez Jacó, que recebeu o direito a benção porque seu irmão Esaú, havia primeiro desprezado o seu direito e vendido-a Jacó em troca de um prato de lentilha (Genesis cap 25 v 29-34); sendo assim, as bênçãos e o direito de Salvação é primeiro dos israelitas e judeus descendentes de Jacó; que herdaram por meio da ordem perfeita estabelecida por DEUS O SENHOR, e estas verdades são confirmadas por JESUS CRISTO O FILHO DE DEUS.

Observem:

- Disse a mulher Samaritana:
“A salvação vem dos judeus” (João cap 4 v 22)

- Disse a mulher Cananéia:
“Não é bom pegar no pão dos filhos e deitá-lo aos cachorrinhos” (Mateus cap 15 v 26)

- Também disse Paulo o Apostolo:
“Primeiramente as palavras de Deus foram confiadas aos judeus” (Romanos cap 3 v 2)

Diante da revelação de Deus nas Sagradas Escrituras ficam claro que em Deus não há injustiças alguma, de modo que: Ele não forçou os ilustres convidados, pois, aqueles convidados já o conheciam, já sabiam que Ele é, e tudo que Ele fez e faz por eles desde Abraão até agora. Mas e todos aqueles que estão de fora! O que eles sabem? Que direito tem os cachorrinhos? Que privilegio tem aqueles que não conhecem a face do Rei, nem sabem o seu nome? Este era o nosso estado, estávamos como cachorrinhos, não éramos filhos, éramos gentios (povos que não conhecem a Deus), andávamos pelos valados, ruas e becos onde as carruagens reais não passam, éramos a escoria do mundo, SEM DEUS E SEM ESPERAÇA, até que saiu uma ORDEM VINDA DO REI: FORÇA-OS A ENTRAR (Lucas cap 14 v 23).

• FORÇA-OS A ENTRAR

Para todos os seres humanos tudo que é forçado não soa bem, todavia, está é a ordem do Rei que nesta parábola representa o próprio Deus, mas ao olharmos no prisma da revelação divina, veremos que o Forçar aqui, trata-se da sua bondade, para com os seres humanos sem exceção, pois diz: Todos os povos, todas as ruas e becos, todas as vielas, todos os meios sociais, todas as tribos e línguas, devem ser Forçados a Entrar, porquanto disse: “Ide por todo mundo e pregue o Evangelho a toda criatura” (Marcos cap 16 v 15). Dentro da ordem do SENHOR para nós “Força-os a Entrar”, é possível refletirmos: É correto alguém forçar outra pessoa a fazer algo? Então como explicar a ordem do SENHOR JESUS: Forçai-os a Entrar? Mas, para que você compreenda melhor está ordem do SENHOR JESUS, eu te convido a olhar para suas próprias experiências passadas.

Tomando como exemplo a minha própria idade eu voltou a vinte oitos anos atrás (28 anos), e com a idade de cinco anos (5 anos), eu me recordo de minha mãe e as vezes meu pai me forçarem a comer a refeição diária. Esperem! Que comparação é está? Mas, antes de discorrermos sobre esta comparação eu pergunto: Vocês conseguem ver meus pais como sendo pessoas más, por me forçar a comer? Com certeza não; visto que isto era para meu próprio bem. Ou como meu corpo reagira aos vírus que combatem a minha saúde se estou fraco e desnutrido?

Ainda me recordo de outra ocasião que minha mãe me levou ao Hospital das Clinicas em São Paulo, para que eu viesse a fazer uma serie de exames, mas na hora de colher o sangue a enfermeira não conseguia coletar, pois, eu puxava o braço com medo do procedimento, eu estava preste a ter êxito no meu plano, até que chegou um enfermeiro e segurou no meu braço com muita força, e aquele ar de agressividade me fez parar, ele olhou nos olhos e disse: “Ou você me deixa colher o seu sangue ou vou quebrar o seu braço agora mesmo”, a resposta foi obvia para mim, eu foi convencido. Agora eu pergunto: Você acha que minha mãe ficou com raiva do enfermeiro? De forma alguma e hoje eu entendo quão boa foi à atitude do enfermeiro para me convencer, ou seja, fui forçado a entrar e fazer todos os exames, para o meu próprio bem.

• SERÁ QUE TODOS ESTÃO DISPOSTOS A ENTRAR?

DEUS O SENHOR, ordenou que todos devem ser forçados a entrar, mas só entrarão no Reino de Deus todos que saírem do Reino das trevas. Está é a questão! Pois, nem todos estão dispostos a deixarem seu estado e migrarem para o outro, porquanto a mudança gera medo e pavor na maioria das pessoas, não é preciso você ir longe, reflita! Quantas casas de recuperação existem? E quantos vão para lá voluntariamente, sem que antes sejam CONVENCIDOS e FORÇADOS, pelas pessoas que o AMAM. Agora eu torno a dizer: Se nós enxergamos a necessidade de Força alguém a serem curados dos vícios, ou serem curados das enfermidades, ou a não esbanjar sua saúde antes ter cuidado dela, ou se forçamos nossos filhos e a todos que amamos; quanto mais não fará Deus! Cujo amor excede toda compreensão humana, porquanto diz o Apostolo: “Deus amou o mundo de tal maneira que enviou o seu Filho unigênito para que todo aquele que nEle crê não pereça, mas tenha a vida eterna” (João cap 3 v 16), logo, se Deus nos deu seu Filho por nos amar; como não dirá aos seus servos que a Ele o servem anunciado as suas palavras: Forçai a todos Entrarem em meu Reino.

Porquanto, o desejo de Deus o Pai, é abençoar-te com todas as benções espirituais nos lugares celestiais (Efésios cap 1 v 3), é fazer de você co-herdeiro com Cristo (Romanos cap 8 v 17), pelo beneficio da graça e do seu favor (Efésios cap 2 v 8), para nos tirar da condição de morte eterna e nos dar vida eterna (1º João cap 2 v 25), e dar-te o direito de assentar com Ele em seu trono para reinar (Apocalipse cap 3 v 21), sim, ainda falo: o desejo de Deus dirigido a você é restaurar toda a autoridade e todo o direito, doravante perdido na ocasião no Jardim do Éden (1º Coríntios cap 15 v 45-48).

• A CASA DO REI DEVE ESTAR REPLETA

O desejo de Deus é que ninguém fique de fora deste grande banquete, que Ele fará naquele grande dia onde seu Filho o SENHOR JESUS CRISTO, receberá das mãos do PAI A COROA E O GOVERNO, pois, hoje o SENHOR JESUS exerce a função de SACERDOTE intercedendo pelos homens (Romanos cap 8 v 34; Hebreus cap 7 v 25), mas na ocasião da segunda vinda o MESTRE E SENHOR receberá o governo e o poder para julgar tanto os vivos quanto os mortos (2º Timóteo cap 4 v 1 ; Apocalipse cap 19 v 6-17), feliz será para todos os que estiverem ao lado de dentro, que não desprezaram o chamado de Deus, e nem desprezaram a insistência dos que os persuadiram a entrar, mais ai daqueles que ficarem de fora, daqueles que desprezaram o convite do SENHOR DEUS POR INTERMEDIO DOS SEUS SERVOS, pois, a palavra do SENHOR os define como praticantes de iniqüidade “Ficarão de fora os cães e os feiticeiros, e os que se prostituem, e os homicidas, e os idólatras, e qualquer que ama e comete a mentira” (Apocalipse cap 22 v 15) e ainda diz: “O Pai há de se levantar e cerrar a porta, e os que de fora, bater à porta, dizendo: Senhor, Senhor, abre-nos; Ele vos responderá: Não sei de onde vós sois”.(Lucas cap 13 v 25). Logo, amados o tempo de entrar é agora, a porta da GRAÇA, esta ABERTA, não rejeite o convite nem faça mal aos que insistem na sua entrada; tendo em vista todos os benefícios que DEUS O PAI, na pessoa bendita de seu FILHO JESUS CRISTO quer te dar e isto, Ele já fez quando por nós morreu na cruz, para nos perdoar de toda iniqüidade e abrir assim o acesso para todos os povos, línguas e nações a presença de DEUS O PAI, pelo seu SANGUE QUE FOI VERTIDO; creia!

• O MAL TAMBÉM FORÇA A ENTRADA

Amados, assim como o bem quer entrar em nossas vidas, o mal também busca entrada em nosso convívio, e acerca do mal disse O SENHOR JESUS: “O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância” (João cap 10 v 10), e também diz, que existe maldade nos corações dos homens veja: “Porque do coração procedem os maus pensamentos, mortes, adultérios, prostituição, furtos, falsos testemunhos e blasfêmias” (Mateus cap 15 v 19), há quem diga, que as coisas que são ruins é mais fácil de aprender; por que isto? Porque o homem é mal, e basta deixarmos a porta aberta, ou não lutarmos contra o pecado que tem forçado a entrada, e logo estaremos fazendo tudo aquilo que condenamos ou coisas piores. Por quê? Porque carregamos a herança do pecado original que cometeu Adão, quando abriu a porta para o diabo deixando-se seduzir pelo desejo de ser igual a Deus; porquanto disse a serpente: “Porque Deus sabe que no dia em que dele comerdes se abrirão os vossos olhos, e sereis como Deus, sabendo o bem e o mal” (Genesis cap 3 v 5), o mal forçou a entrada, com mentiras e meias verdade, mentiras porque o homem jamais será como Deus e meias verdades, pois, uma vez que desobedeceu também conheceu o mal como resultado da sua desobediência.

Mas fico às vezes a pensar nas inumeráveis pessoas que duvidam que o mal esteja à espreita, e mesmo que pareça que só vira o bem, ainda assim o mal pode aparecer, pois bem disse o servo do SENHOR JESUS Apostolo Paulo: “Pois que, quando disserem: Há paz e segurança, então lhes sobrevirá repentina destruição, como as dores de parto àquela que está grávida, e de modo nenhum escaparão” (1º Tessalonicenses cap 5 v 3). Diz ainda o Texto Sagrado que o servo de Deus cujo nome é Jó, amargou uma triste experiência com o mal e no meio da sua provação disse: “Aguardando eu o bem, então me veio o mal, esperando eu a luz, veio à escuridão” (Jó cap 30 v 26), logo, não é difícil questionar:

- Somos nós diferentes deles?
- Ou qual de nós só encontrará rosas pelos caminhos?
- Ou será que o mal me poupara e nunca forçará a entrada da minha vida?
- Ou como eu serei poupado, se até o SENHOR JESUS foi tentado?

Portanto, meus irmãos vigiem, pois, o mal está à espreita buscando a quem tragar (1º Pedro cap 5 v 8), corra agora mesmo para os braços do SALVADOR JESUS em meios as lutas e aflições, pois, Ele disse: “Eu venci o mundo, tendes bom animo” (João cap 16 v 33).

Conclusão: Concluo este texto fazendo menção do sentido da palavra FORÇAR, pois, em todas as Escrituras Sagradas O FORÇAR DIVINO não se trata de violência, mas trata-se de convencimento, e isto, DEUS O PAI quer que seja feito em todos os sentidos tal qual: convencimento intelectual por meio das Escrituras, o convencimento visual por meio da sua criação, e por meio dos milagres que por Ele é feito até agora, e ainda o convencimento sentimental que está diretamente ligado a alma, pois, é ela que traduz os sentimentos, emoções e as experiências vividas pelo ser humano. Sendo que DEUS O SENHOR, nunca vai passar os limites que Ele mesmo estabeleceu o qual é: o livre arbítrio que é a capacidade de escolher entre o bem e o mal, ou deixamos o bem entrar em nossas vidas ou deixaremos o mal, não existe abstenções ou duplas escolhas, ou entremos no palácio do REI e participemos de seu banquete e gozemos de todo BEM QUE EM JESUS CRISTO HÁ, ou fiquemos de fora junto com os cães e pecadores, recebendo de DEUS O SENHOR, o pago de toda nossa rebeldia, desobediência, descompromisso com suas palavras e todo juízo divino pela nossa falta de fé e temor a DEUS.

| Autor: Ev. Eli Hudson | Divulgação: estudosgospel.Com.BR |


Receba Estudos Biblicos todos os dias!
Cadastre-se seu e-mail! É Grátis
     Digite seu Email Abaixo
Emails Cadastrados

OBS: Não esqueça de confirmar seu email em seguida!