Forçado Pelas Circunstâncias


Saul, o primeiro rei de Israel, iniciou como um homem simples, que confiava em Deus. Mas, depois que o primeiro sucesso militar reforçou sua popularidade, ele começou a confiar em sua própria sabedoria, mais do que na de Deus. Quando ele se preparava para conduzir seus soldados na batalha contra a bem armada multidão dos filisteus, a confiança de Saul na palavra de Deus foi testada.

Samuel, profeta de Deus e mentor de Saul, estava a caminho para oferecer sacrifício a Deus. Mas Samuel demorou. Saul olhou para seu formidável inimigo e observou seus atemorizados soldados desertando de seu dever. Em desespero, Saul ofereceu sacrifício para invocar o auxílio de Deus. Samuel chegou imediatamente depois que Saul sacrificou, sem ter autoridade para isso, e reprovou a presunçosa ação do rei. Saul explicou seu terrível apuro e sua necessidade do auxílio de Deus contra o inimigo avassalador. Ele concluiu sua defesa com uma lembrança da situação: "e forçado pelas circunstâncias, ofereci holocaustos" (1 Samuel 13:12).

Muitas pessoas dão a mesma justificativa para o pecado, hoje em dia. Alguns sugerem que, às vezes, somos forçados a escolher o menor de dois males.  Outros dizem que o pecado é simplesmente inevitável, em algumas situações. É isto o que Deus pensa?

Samuel condenou o ato de Saul. Deus retirou o reino de sua família, por causa disso. Seu argumento da circunstância não convenceu a Deus.

Nem este argumento funcionará hoje em dia. Em 1 Coríntios 10:13, Paulo garante-nos que se pode confiar em que Deus proverá uma via de escape de cada tentação. Nunca somos forçados pelas circunstâncias a desobe-decer a Deus.  Nunca é certo proceder erradamente, não importa qual seja a situação.

Somente quando descartamos nossas desculpas e enfrentamos nossos pecados podemos ser reconciliados com Deus (veja Tiago 4:7-10)

|  Autor: Dennis Allan  |  Divulgação: estudosgospel.com.br |


Receba Estudos Biblicos todos os dias!
Cadastre-se seu e-mail! É Grátis
     Digite seu Email Abaixo
Emails Cadastrados

OBS: Não esqueça de confirmar seu email em seguida!