Expressões do Senhor Jesus Cristo


Introdução: As palavras de Jesus de Nazaré são inesquecíveis, verdadeiras e imutáveis. A autoridade delas, em razão de ser ele o Filho de Deus, é digna de atenção. Dar ouvidos a elas é ser sábio. Desprezá-las é loucura. De como são recebidas ou ignoradas dependerá a salvação ou ruína eterna. Vamos, pois, com respeito e solenidade averiguar algumas de suas expressões nunca ditas nem igualadas por nenhum profeta.
 

1 – DE RECEPTIBILIDADE

Não são os bons antecedentes que enternecem o coração do Senhor. Ele é amigo dos pecadores. Veio para resgatá-los. Morreu por eles. Não importa a nacionalidade ou raça. Deus amou o mundo. “Tudo o que o Pai me dá virá a mim; e o que vem a mim de maneira nenhuma o lançarei fora.” Jo 6.37. “Mas eu vos digo que muitos virão do Oriente e do Ocidente e assentar-se-ão à mesa com Abraão, e Isaque, e Jacó, no Reino dos céus.” Mt 8.11.

2 – DE CHAMAMENTO

O chamado mais amoroso de todos os tempos. O convite é aberto a todos. Virtuosos ou não, todos são bem-vindos! Não há tempo a perder. Não há o que pensar. É aceitar e ser feliz! “Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei.” Mt 11.28. “E, no último dia, o grande dia da festa, Jesus pôs-se em pé e clamou, dizendo: Se alguém tem sede, que venha a mim e beba.” Jo 7.37.

3 – DE SENHORIO

O Senhor ordena seu povo com leis maravilhosas do bem. Não são regrinhas para serem assimiladas e pronto! São mandamentos de Soberano para servos! A obediência gerará paz e comunhão íntima com o Senhor! “E por que me chamais Senhor, Senhor, e não fazeis o que eu digo?” Lc 6.46. “Jesus respondeu e disse-lhe: Se alguém me ama, guardará a minha palavra, e meu Pai o amará, e viremos para ele e faremos nele morada.” Jo 14.23. “Em verdade, em verdade vos digo que, se alguém guardar a minha palavra, nunca verá a morte.” Jo 8.51.

4 – DE SERVIÇO

Jesus quis compartilhar o serviço do Reino com os homens. Os anjos se propuseram realizá-lo. O Senhor incumbiu os apóstolos e a igreja da evangelização. Essa é a missão suprema e urgente dos escolhidos! “E disse-lhes: Vinde após mim, e eu vos farei pescadores de homens. Mt 4.19. “Portanto, ide, ensinai todas as nações, batizando-as em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-as a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até à consumação dos séculos. Amém!” Mt 28.19-20.

5 – DE ESPERANÇA

A esperança é a razão que motiva o povo de Deus. Há um futuro radioso, triunfal e eterno. Compensa investir todos os talentos e dons nessa proposta. Jesus não falha! “Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito, pois vou preparar-vos lugar. E, se eu for e vos preparar lugar, virei outra vez e vos levarei para mim mesmo, para que, onde eu estiver, estejais vós também.” Jo 14.1-3. “Quem come a minha carne e bebe o meu sangue tem a vida eterna, e eu o ressuscitarei no último Dia.” Jo 6.54. “Pai, aqueles que me deste quero que, onde eu estiver, também eles estejam comigo, para que vejam a minha glória que me deste; porque tu me hás amado antes da criação do mundo.” Jo 17.24.

6 – DE SEGURANÇA

Só o vitorioso sobre o pecado, o diabo e a morte poderia assinalar tal segurança. A igreja é o organismo que não morre. É o corpo que tem dentro de si o Espírito Santo. Pois bem. Jesus é o ressurreto. É o que tem as chaves da morte e do inferno. Veio para desfazer as obras do diabo e isso ocorreu! “Pois também eu te digo que tu és Pedro e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela.” Mt 16.18. “E não temais os que matam o corpo e não podem matar a alma; temei, antes, aquele que pode fazer perecer no inferno a alma e o corpo.” Mt 10.28. “E até mesmo os cabelos da vossa cabeça estão todos contados.” Mt 10.30.

7 – DE ADVERTÊNCIA

Jesus conhecia a natureza humana do fingimento e das heresias. O que Jesus quer enfatizar é que não se pode sair de sua doutrina e estar certo. É de estarrecer o céu quando o justo se desvia dos caminhos do Senhor. Só o inferno aplaude. Devemos permanecer em Cristo Jesus. Não há outro com palavras de vida eterna! “Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas interiormente são lobos devoradores. Por seus frutos os conhecereis. Porventura, colhem-se uvas dos espinheiros ou figos dos abrolhos? Assim, toda árvore boa produz bons frutos, e toda árvore má produz frutos maus. Não pode a árvore boa dar maus frutos, nem a árvore má dar frutos bons. Toda árvore que não dá bom fruto corta-se e lança-se no fogo.” Mt 7.15-19.“Condutores cegos! Coais um mosquito e engolis um camelo.” Mt 23.24. “E, quando o espírito imundo tem saído do homem, anda por lugares áridos, buscando repouso, e não o encontra. Então, diz: Voltarei para a minha casa, donde saí. E, voltando, acha- a desocupada, varrida e adornada. Então, vai e leva consigo outros sete espíritos piores do que ele, e, entrando, habitam ali; e são os últimos atos desse homem piores do que os primeiros. Assim acontecerá também a esta geração má.” Mt 12.43-45.

8 – DE CONFORTO

Aparentemente é má escolha servir a Deus. Não se é benquisto. Há discriminação. Zombadores dão de ombros e vaiam. Jesus sabia disso. Ele mesmo experimentou tal taça de amargura, mas triunfou! Agora ele se dirige aos seus amigos para consolá-los. “Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o Reino dos céus; bem-aventurados sois vós quando vos injuriarem, e perseguirem, e, mentindo, disserem todo o mal contra vós, por minha causa. Exultai e alegrai- vos, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram os profetas que foram antes de vós. Mt 5.10-12. “E odiados de todos sereis por causa do meu nome; mas aquele que perseverar até ao fim será salvo.” Mt 10.22. “Basta ao discípulo ser como seu mestre, e ao servo ser como seu senhor. Se chamaram Belzebu ao pai de família, quanto mais aos seus domésticos?” Mt 10.25.

9 – DE RESPONSABILIDADE

É dever dos santos representar como embaixadores o Reino de Deus. Apresentar Cristo crucificado e ressurreto ao mundo é a missão da igreja. Nunca cessar de dar bom testemunho de vida. Os salvos fazem a diferença não com seus discursos, mas com a modalidade de vida. Aquela vida citada por Paulo: Se alguém está em Cristo nova criatura é; as coisas velhas passaram e tudo se fez novo. O mau testemunho é a maior lástima para o Reino de Deus. “Portanto, qualquer que me confessar diante dos homens, eu o confessarei diante de meu Pai, que está nos céus. Mas qualquer que me negar diante dos homens, eu o negarei também diante de meu Pai, que está nos céus.” Mt 10.32-33. “Vós sois o sal da terra; e, se o sal for insípido, com que se há de salgar? Para nada mais presta, senão para se lançar fora e ser pisado pelos homens.” Mt 5.13. “E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura.” Mc 16.15.

10 – DE FELICIDADE ETERNA

Não é possível descrever o paraíso e a paz reinante ali. Os milhões de escolhidos reunidos para o festival eterno com o REI DOS REIS E SENHOR DOS SENHORES! As dores do mundo presente não são para comparar com a glória que será desfrutada pelos vencedores! “Assim também vós, agora, na verdade, tendes tristeza; mas outra vez vos verei, e o vosso coração se alegrará, e a vossa alegria, ninguém vo-la tirará.” Jo 16.22. “Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados.” Mt 5.4. “Então, os justos resplandecerão como o sol, no Reino de seu Pai. Quem tem ouvidos para ouvir, que ouça.” Mt 13.43.

11 – DE JUÍZO

A contundência da sentença aos perdidos será algo terrível. Não haverá misericórdia para os que desprezaram o amor de Deus revelado por Jesus Cristo. Nossos frutos são nossa fé. A separação dos bodes das ovelhas não será temporária, mas para sempre. Não serão os ativistas cristãos e os milagrosos que serão recebidos pelo Senhor, mas os que fizeram a vontade do Pai celestial. “E, avistando uma figueira perto do caminho, dirigiu-se a ela e não achou nela senão folhas. E disse-lhe: Nunca mais nasça fruto de ti. E a figueira secou imediatamente.” Mt 21.19. “E também o Pai a ninguém julga, mas deu ao Filho todo o juízo, e deu-lhe o poder de exercer o juízo, porque é o Filho do Homem.” Jo 5.22,27. “Muitos me dirão naquele Dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? E, em teu nome, não expulsamos demônios? E, em teu nome, não fizemos muitas maravilhas? E, então, lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniquidade.” Mt 7.22-23.

Conclusão: Existem centenas de expressões de Cristo Jesus nas Escrituras Sagradas. As anotadas aqui são, porém, as que de perto alertam sobre a responsabilidade com o relacionamento com Deus de modo respeitoso e de temor. Discordar ou preferir ignorar as palavras de Cristo é escolher a perda irreparável. Todo sentido das palavras dele é revelar o amor, a benignidade e a justiça de Deus.

|  Autor: Pr. Odair Alves de Oliveira  |  Divulgação: estudosgospel.com.br |


Receba Estudos Biblicos todos os dias!
Cadastre-se seu e-mail! É Grátis
     Digite seu Email Abaixo
Emails Cadastrados

OBS: Não esqueça de confirmar seu email em seguida!