Éramos como Gafanhotos


Quando Ele livrou sua nação escolhida da escravidão egípcia, Deus mostrou Seu poder de modos maravilhosos e inesquecíveis. Uma série de pragas finalmente abrandou o coração do Faraó, ao devastar os pomposos egípcios. O Senhor, então, dividiu o Mar Vermelho, o que permitiu que os israelitas o atravessassem sem se molhar.  Seu milagroso poder dirigiu sua nação para a "Montanha de Deus", onde Ele mostrou tão espan-tosa força que o povo recuou, amedrontado (Êxodo 20:18-21).

E aí, o que acon-teceu? Poucas semanas mais tarde, doze chefes de tribos que mandados para espionar a terra prometida, voltaram com seu relatório. Dois deles, Josué e Calebe, apressaram o povo para que, imediatamente, tomassem posse daquela grande dádiva. Mas dez espiões covardes falaram de cidades fortificadas e falaram de gigantes terríveis e disseram: "Éramos aos nossos próprios olhos como gafanhotos" (Números 13:33).

Eles haviam se esquecido do Deus que os havia libertado pelo seu inigualável poder. Eles viram sua própria fraqueza, e os gigantes amedrontadores  que estavam entre eles e a sua meta.  Estes dez homens sem fé persuadiram a nação a abandonar Deus. Eles morreram no deserto, quando tudo o que precisavam fazer era confiar em Deus e tomar posse da terra fértil que Ele tinha preparado para eles.

Algumas vezes, os obstáculos parecem gigantes e nos sentimos como débeis gafanhotos. Mas Deus tem força para nos livrar do pecado e da poderosa garra da tentação, que às vezes parece ser um gigante invencível. Temos que olhar para trás, para nos lembrarmos das poderosas demonstrações dessa força. Temos que olhar para a frente, para mirarmos a meta celestial.  Então, como os fiéis espias Josué e Calebe, poderemos suportar os desafios do deserto e receber o prêmio que Deus prometeu:  a eternidade em Sua gloriosa presença (2 Timóteo 1:12).

Autor: Dennis Allan 


Receba Estudos Biblicos todos os dias!
Cadastre-se seu e-mail! É Grátis
     Digite seu Email Abaixo
Emails Cadastrados

OBS: Não esqueça de confirmar seu email em seguida!