Ele Tomou as Chaves!


Parecia que o diabo tinha vencido. Ele entrou em Judas, arranjou a traição de Jesus e, através dos perversos líderes judeus, conseguiu que ele fosse crucificado. Finalmente ele havia se livrado de seu arqui-inimigo. Que vitória para o diabo!

Três dias depois, contudo, Jesus ressurgiu dos mortos. Ele derrotou a morte e saiu da tumba, segurando as chaves da morte e do Hades. O livro do Apocalipse mostra-nos o Cristo glorificado. Procure ver Jesus em sua mente enquanto ler esta descrição:

Voltei-me para ver quem falava comigo e, voltado, vi sete candeeiros de ouro e, no meio dos candeeiros, um semelhante a filho de  homem, com vestes talares e cingido, à altura do peito, por uma cinta de ouro. A sua cabeça e cabelos eram brancos como alva lã, como neve; os olhos, como chama de fogo; os pés, semelhantes ao bronze polido, como que refinado numa fornalha; a voz, como voz de muitas águas. Tinha na mão direita sete estrelas, e da boca saía-lhe uma afiada espada de dois gumes.  O seu rosto brilhava como o sol na sua força. Quando o vi, caí a seus pés como morto. Porém ele pôs sobre mim a mão direita, dizendo: Não temas; eu sou o primeiro e o último e aquele que vive;  estive morto, mas eis que estou vivo pelos séculos dos séculos e tenho as chaves da morte e do inferno (Apocalipse 1:12-18).

Jesus venceu. Ele derrotou o diabo e tirou-lhe seu comando. O livro do Apocalipse, muitas vezes, mostra a grandeza e a glória do Cristo exaltado (Apocalipse 4-5; 7:9-17; 14:1-5; 19:11-16) Através de Cristo podemos compartilhar da vitória contra o diabo e da libertação de seu poder; "Pelejarão eles contra o Cordeiro, e o Cordeiro os vencerá, pois é o Senhor dos senhores e o Rei dos reis; vencerão também os chamados, eleitos e fiéis que se acham com ele" (Apocalipse 17:14).

"Aleluia! Pois reina o Senhor, nosso Deus, o Todo poderoso" (Apocalipse 19:6).

|  Autor: Gary Fisher  |  Divulgação: estudosgospel.com.br |