Dificuldades na Caminhada com Cristo


“Se alguém quiser vir após mim a si mesmo se negue dia a dia, tome a sua cruz e siga-me” (Lucas 9:23)

INTRODUÇÃO

Jesus não nos prometeu uma vida sem lutas e dificuldades. Na vida cristã existem também desafios e obstáculos a serem superados. Quantos desistem nos primeiros passos! Mas o evangelho é para os fortes, para aqueles que querem ser vencedores nas dificuldades.

OS DESAFIOS DA VIDA CRISTÃ

Destaquemos, pois, alguns dos problemas, das dificuldades que encontramos na caminhada cristã.

1. As lutas interiores. Um dos desafios que nos cristãos enfrentamos, são aqueles que estão relacionados aos sentimentos. Quando começamos a sentir angústia, muitas vezes por causa da Palavra, muitos há que desistem. Não confie nos seus sentimentos. Confie em Jesus e na sua Palavra.

Considere essa ordem das coisas para crescer firme e forte na fé:

a. Em primeiro lugar, o FATO: A Bíblia é a Palavra de Deus - aquilo que está escrito e em que devemos depositar a nossa fé. O que Deus falou e que não pode ser alterado. Se o Senhor disse que se você crê n’Ele você está salvo, então é porque está mesmo.

b. Em segundo lugar, a FÉ. A fé segue ao fato.

c. Em terceiro lugar, o SENTIMENTO. Sentimentos edificantes, segundo a Palavra de Deus, surgem à medida que você vive de acordo com as Escrituras Sagradas. Se seus sentimentos não correspondem, não se impressione; eles não podem comandar a nossa vida, pois devemos andar por fé na Palavra de Deus.

2. A tentação. Satanás está sempre querendo que voltemos à prática das coisas antigas, ou que caiamos em algum pecado. Devemos resistir ao diabo (Tg 4.7). Satanás tentou Jesus (Mt 4.1-11) e vai tentar você também. A tentação, em si, não é ainda o pecado consumado. O pecado é cair na tentação. Por isso, o Senhor Jesus nos ensinou a orar: “E não nos deixes cair em tentação; mas livra-nos do mal” (Mt 6.13). Um pecado cometido pode trazer terríveis danos a uma vida. Portanto, procure forças no Senhor Jesus, para resistir ao pecado. E, se cair, lembre-se que o sangue de Jesus nos purifica de todo o pecado (l Jo 1.7,9).

3. O orgulho. Uma vez que você passa a crer em Jesus, é natural que cresça espiritualmente (2Pe 3.18). Algumas pessoas, quando alcançam certo crescimento, às vezes acima de outras mais antigas na fé, caem, porque dão lugar ao orgulho. Não deixe que o orgulho entre em sua vida. Não pense que você já é um crente maduro, que já alcançou mais do que outros. Mesmo que tenha alcançado, não se orgulhe. Esse pecado tem levado muitos à ruína, à queda.

4. Os sofrimentos. Quando você aceitou a Jesus, tudo era alegria. Mas os sofrimentos vêm. Nessas ocasiões, Satanás cochichará em seus ouvidos, dizendo mentiras, para que, se o seu sentimento não estiver bom, você volte atrás. Diante de alguns, ele põe a dúvida. As pessoas começam a pensar que não são realmente salvas, que não foram aceitas por Deus. Não dê ouvidos. Você precisa viver pela fé e não pelo sentimento (2Co 5.17).

II. O QUE NOS ENSINA A PARÁBOLA DO SEMEADOR

Jesus contou uma parábola em que apresenta as dificuldades que uma pessoa enfrenta para segui-lo.

Ele ilustrou isso falando de quatro tipos de terreno em que o semeador espalhou a sua semente:

1. À beira do caminho (Mt 13.4,19). Essas são as pessoas que ouvem a Palavra de Deus e encontram o primeiro obstáculo: Satanás rouba a semente do seu coração. Esses nem chegam a se converter. Certamente esse não é o seu caso. Qualquer tentativa de Satanás para desviar você da fé deve ser rechaçada (1 Pe 5.8,9). Satanás é um inimigo contra o qual você vai lutar sempre.

2. Solo rochoso (Mt 13.5,20,21). Aqui Jesus apresenta as dificuldades enfrentadas por este tipo de terreno: angústia e perseguição. Talvez de um parente, um amigo. Pode ser crítica, desprezo ou perseguição. Abandono de alguém querido. Vêm os escândalos. Você pode encontrar alguém que diz seguir a Jesus, mas sua vida não corresponde à sua declaração de fé. Não se impressione, nem se escandalize. Olhe para Jesus.

3. Entre espinhos (Mt 13.7,22). Estes são os que querem seguir a Jesus, mas se sentem atraídos pelas riquezas e prazeres do mundo. Então, você precisa amar a Jesus sobre todas as coisas.

4. Boa terra (Mt 13.8,23). É uma pessoa que OUVE, COMPREENDE e FRUTIFICA. Ela tem também muitas dificuldades. Mas o seu segredo é que ela PERSEVERA. Não desiste. Vence as dificuldades.

III. EXEMPLOS DE CHAMADOS

Encontramos na Bíblia alguns exemplos de pessoas que foram chamadas e encontrara

1. O precipitado. Aquele que se apresenta a Cristo e se propõe a segui-lo, mas não calcula o preço (Lc 9.57,58). Seguir a Jesus custa um preço. E preciso renunciar muita coisa e colocar Jesus acima de pai, mãe, irmãos, filhos, esposa, bens e apropria vida (Mt 10.37-39).

2. O moroso (Lc 9.59,60). Este pediu para seguir a Jesus depois de sepultar o pai. Isso, no contexto judaico, significava que ele ia esperar o pai morrer, para depois seguir a Jesus. A expressão “permite primeiro” significa que outros interesses estavam antes do interesse de seguir a Jesus.

3. O contraditório (Lc 9.61,62). Ele é contraditório. Também diz “deixa-me primeiro ”, ao mesmo tempo em que se oferece para seguir a Jesus, dizendo: “seguir-te-ei. Senhor”. Ele olha para trás. Nós não devemos olhar para trás. Devemos olhar para Jesus, à frente.

CONCLUSÃO

Jesus não nos prometeu uma vida sem problemas. Pelo contrário, Ele afirmou que “…no mundo passais por aflições”. Mas nos garantiu a vitória, ao dizer: “mas tende bom ânimo, eu venci o mundo” (Jo 16.33).

Busque forças em Jesus para prosseguir. Aprenda na sua Palavra, a Bíblia Sagrada, a vencer o inimigo e a edificar a sua mente. E assim, você será um vencedor.

Hebreus 12:2 diz: “Corramos com perseverança a carreira que nos está proposta….”.
|  Autor: Pastor Josias Moura  |  Divulgação: estudosgospel.Com.BR |