Diálogo com o Diabo? - Jamais

 
“Ah! Que temos nós contigo, Jesus Nazareno? Vieste destruir-nos? Bem sei quem és: o Santo de Deus. e Jesus o repreendeu, dizendo: Cala-te, sai dele” ( Lc 4:34).
        Temos ouvido muitas pessoas religiosas mantendo diálogo com Diabo, perguntando-lhe quem é e o que está querendo dizer; e o demônio por sua vez responde dizendo que quer destruir fulano ou beltrano. Entretanto, que é que a Bíblia nos ensina a respeito do assunto? No texto em foco, vemos Jesus mandando esse inimigo calar-se. Jesus jamais manteve diálogo com esse inimigo de nossas almas, pois o que ele merece mesmo é o desprezo. Em Mateus 16:22e23,Pedro disse a Jesus:
 
“Senhor tem compaixão de ti, de modo nenhum acontecerá isso. Jesus porém,voltando-se, disse a Pedro: para traz de mim, Satanás, que me serves de escândalo”.  Mateus 16.22-23
        Como podemos perceber Jesus não deu ouvidos a esse inimigo, mas ordenou-lhe que saísse de Pedro. Todas as vezes que Satanás nos tenta, é para destruir a obra de Deus. Em Atos 16:16a18, Lucas conta a história do inicio do trabalho da pregação do evangelho em Filipos. Todos os dias uma jovem, explorada por um grupo de homens que, aproveitando-se dela, a exploravam, pois ela possuída por um espírito demoníaco, que adivinhando, dava grandes lucros para os seus senhores; que em alta voz dizia que esses homens, Paulo e Silas, eram servos do Deus Altíssimo, e que estavam anunciando o caminho da salvação. Essas palavras poderiam confundir os que seguiam Paulo, pois, afinal ela dizia a verdade. Não tenhamos dúvidas que isso pode acontecer com qualquer um de nós. Não nos esqueçamos que o inimigo é astuto e sempre usa de sutilezas, que se tornam às vezes difíceis de serem discernidos, visto o inimigo estar sempre procurando ocultar-se nas palavras. Muita gente hoje se deixa levar por palavras como estas, e até acabam aceitando-as como se fossem bíblicas; e até possivelmente darem graças a Deus, por julgarem uma cooperação muita valiosa.
        Em Atos 8:21ª24 conta a história de um homem chamado Simão, que enganava o povo, dizendo ser a grande virtude de Deus. e muitos o seguiam. Mas Pedro percebendo ser mais uma das muitas artimanhas do diabo, disse-lhe que ele estava em fel de amargura, e que se arrependesse dessa sua iniqüidade. Nada mais o incitava a essas artimanhas, se não os laços do diabo. O texto nos informa que Simão simulou uma conversão, e chegou até ser batizados por Filipe. Informa-nos também o texto que ele ao ver Pedro impondo as mãos sobre as pessoas, e estas recebiam o Espírito Santo. Diante disto Simão lhes ofereceu muito dinheiro para ter também este poder. Será que esses determinados pregadores não aceitariam esse dinheiro? O apóstolo João em uma de suas epistolas diz que devemos conhecer os espíritos. E ele mesmo repreendeu a tal Diótrefes, que queria ter a primazia na igreja, e punha para fora da igreja os que não concordasse com ele. Que Deus nos dê discernimento.
        Em Atos 13: 5ª11, fala-nos de outro mensageiro do diabo, que enganava a Sérgio Paulo o Procônsul. Mas Paulo cheio do Espírito Santo repreendeu-o em nome de Jesus, chamando-o de filho do diabo, cheio de engano e toda malicia, inimigo de toda justiça, dizendo-lhe que ficaria cego por um tempo. O que aconteceu. Em Lucas 9: 42 lemos a história do menino também endemoninhado, a quem Jesus repreendeu, o espírito saiu e o menino ficou curado. Jesus não dialogou com o demônio, mas o repreendeu. Em Atos 19: 12ª16, temos uma outra história dos sete filhos de Ceva que tentaram expulsar os demônios de uma pessoa, o qual lhes respondeu: conheço a Jesus, e bem sei quem é Paulo, mas vós quem sois? De sorte que dessa casa saíram nus e feridos. Disto nós aprendemos que só os que conhecem a Jesus, e estão cheios do Espírito Santo é que pode expulsar os demônios, sem com eles manter dialogo. O apóstolo Pedro recomenda: “Resisti ao diabo, e ele fugirá de vós”. É o que devemos fazer.


Autor: Pr Timofei Diacov


Receba Estudos Biblicos todos os dias!
Cadastre-se seu e-mail! É Grátis
     Digite seu Email Abaixo
Emails Cadastrados

OBS: Não esqueça de confirmar seu email em seguida!