Curas de Decretos


Hoje nos meios religiosos falam-se muito em curas miraculosas internas e externas; vamos então refletir um pouco a respeito? Estará Deus tão preocupado com o corpo físico da raça humana deixando de lado o principal objetivo do evangelho de Cristo? Até onde sei, o objetivo da graça de Deus é a salvação da alma, mesmo porque o corpo físico trás em si os resquícios do pecado e está fadado voltar ao pó, porque Adão pecou e em conseqüências todos pecaram, em (Romanos 3:23) diz o seguinte: “Porque todos pecaram e destituídos estão da gloria de Deus.” O corpo está destinado voltar ao pó, em (Eclesiastes 12:7) isso está bem claro, vejamos o diz: “e o pó volte à terra, como o era, e o espírito volte a Deus, que o deu”.

A missão principal de Cristo na terra foi o cumprimento da promessa de Deus para a redenção e salvação dos pecadores, a reconciliação da raça humana com seu Criador e quanto à cura do corpo físico são apenas sinais que devem seguir os que crerem em Deus e obedecerem aos Seus ensinos. Sobre os sinais, Jesus diz em (Marcos 16:17) “E estes sinais seguirão aos que crerem: em meu nome, expulsarão demônios; falarão novas línguas”. O versículo 18 diz; “pegarão nas serpentes; e se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e imporão as mãos sobre os enfermos e os curarão”. Porém, a ordem expressa de Jesus está registrada em (Marcos 16:15 e 16).  “E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura. Quem crer e for batizado será salvo, mas quem não crer será condenado”. Observamos a ordem de pregar o evangelho para salvação dos pecadores sempre em primeiro lugar, os sinais e milagres deverão acompanhar a pregação do evangelho e nunca ocupar o primeiro lugar conforme vemos hoje; anunciam-se milagres e curas e se esquecem que a salvação da alma deve ter prioridade.

Cura divina: Cremos na cura do corpo físico por fé, porém não podemos estabelecer dias para Jesus operar, Ele realiza sua obra como quer e quando quer e hora que quer, sem estar sujeito a horários e dias pré-estabelecidos por homens que determinam dias ou semanas para Cristo curar, libertar e batizar com o Espírito Santo. Milagres e curas devem acontecer normalmente no meio do povo de Deus, porque isso é por fé e não por decretos de homens.

Cura interior: Sobre cura interior fazemos uma pergunta; o que é cura interior? Não é o perdão dos pecados e a salvação da alma? Não somos totalmente perdoados por Cristo quando O aceitamos por salvador, ficou ainda magoas, sentimentos e resquícios dos pecados em nossos corações? Ele, Jesus, não nos curou interiormente? Todas os que crerem em Cristo como diz as Escrituras são curados e libertados interiormente. Nossa missão é pregar o evangelho e os que crerem ficarão totalmente curados interiormente por Jesus Cristo.

Vejamos o que diz a palavra de Deus: (João 8:36) “Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente, sereis livres”. E ainda em (Efésios 2:5) diz; “Estando nós ainda mortos em nossas ofensas, nos vivificou juntamente com Cristo (pela graça sois salvos)”, Uma vez perdoados não necessitamos de curas do interior porque já estaremos curados por Cristo, examinemos também o que Paulo diz em (Romanos 4:7) “Bem-aventurados aqueles cujas maldades são perdoadas, e cujos pecados são cobertos”. E ainda em (Hebreus 10:17) “E jamais me lembrarei de seus pecados e de suas iniqüidades”. Fica assim muito claro que, quando aceitamos a Cristo como salvador fomos completamente curados interiormente conforme expressa os versículos acima.

Decretos: hoje aparecem os decretadores dizendo; eu decreto a tua cura, a tua libertação, a tua vitória. Decretam bênçãos sobre bênçãos. Mas quem é o homem para fazer decretos nas coisas de Deus? Deus, não está sujeito a decretos de homens! Na Bíblia encontramos homens de Deus dizendo; o Senhor te abençoe e te guarde, o Senhor levante sobre ti o seu rosto e te dê a paz, sempre dizendo primeiro, o Senhor te abençoe o Senhor te dê a paz etc. No meu tempo de criança os filhos costumavam pedir bênçãos aos pais que diziam: Deus abençoe e nunca eu te abençôo. Temos que entender que só Deus pode realizar essas bênçãos e em conseqüência nós não podemos decretar coisa alguma.

Jesus Cristo perdoa pecados, salva, cura, abençoa e batiza com o Espírito Santo. Amém!

Examine, leia e creia na Bíblia.
          
Autor: Pastor Ismar Vieira Malta