Contentamento em Cristo


"Pois que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro, se perder a sua alma? Ou que dará o homem em recompensa da sua alma?" [Mateus 16:26].

Se eu tivesse de escolher um único adjetivo para descrever as pessoas no tempo presente, provavelmente seria "descontentes." Entretanto, o mesmo adjetivo teria sido tão bem apropriado milhares de anos atrás, porque a natureza do homem não mudou em nada. Viemos a este mundo esperneando e gritando por sermos subitamente privados da segurança e do calor do útero materno e jogados em um ambiente estranho contra nossa vontade. E tudo vai de mal a pior a partir desse ponto! Tivemos de aprender por tentativa e erro o que podíamos fazer e o que traria punição — enquanto teimosamente insistíamos em satisfazer nossos desejos pessoais. Os conflitos com os irmãos nos ensinaram a fina arte da guerra e como "ir à forra" quando as coisas não saíam do nosso jeito. À medida que amadurecemos, nossa sofisticação cresce até o ponto em que podemos ainda agir como crianças por dentro, mas conseguir esconder isso dos outros e assim evitar a censura. É como querer comer a sobremesa primeiro e compreender que tínhamos de comer as verduras para manter a paz.

Somos criaturas depravadas e egoístas no fundo do coração. Nossos instintos básicos são orientados para a sobrevivência, o conforto pessoal e — subseqüentemente — para a propagação da espécie. "Se é bom, então faça", é a divisa não oficial da humanidade. "Faça aos outros antes que façam a você" é a regra de ouro dos operadores da Bolsa de Valores. "Vou ter o que é meu" é o lema dos executivos das grandes empresas. O decoro e a civilidade estão suspensos — ser o número um é o que mais importa, porque todos os outros são perdedores! Na perseguição ao sonho, os "sem-nada" estão trabalhando até a morte e até aqui afundados em dívidas de forma que nem Salomão poderia acertar suas contas. Os cassinos e bingos cada vez mais arrecadam bilhões dos otários que desejam ganhar alguma coisa sem precisar trabalhar. Enquanto isso, o resto do mundo olha com inveja e hordas ficam na espera, querendo também entrar na corrida. É óbvio que essa massa frenética de pessoas perdeu alguma coisa de vista! O que poderia ser, você pergunta? Simplesmente isto — a história se repete e sem falha esses períodos de dissolução irrestrita sempre terminam com resultados trágicos. E, no caso de você ter estado fora do planeta por algum tempo e sem contato com a realidade, todos os sinais de alerta estão piscando. Os operadores do mercado financeiro e acionário estão tentando fazer de tudo para manter o otimismo, mas o cheiro de guerra se mantém espessamente no ar. Como o sangue na água causa um frenesi crescente entre os tubarões, o ódio dos grupos terroristas islâmicos está se alimentando com a decadência evidente da civilização ocidental. Estamos rapidamente atingindo massa crítica e uma explosão de proporções termonucleares é inevitável.

No entanto, a Bíblia diz: "E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos sentimentos em Cristo Jesus" [Filipenses 4:7].

Você está experimentando esse tipo de paz hoje? Como diz o subtítulo deste artigo:

"Pois que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro, se perder a sua alma? Ou que dará o homem em recompensa da sua alma?" [Mateus 16:26].

Que bem faria se você se tornasse o número 1, adquirisse enorme riqueza, mas então perdesse sua alma no processo? Seria um bom negócio? Ouso dizer que a maioria das pessoas não escolheria passar toda a eternidade sendo atormentada nas chamas do inferno por uns poucos anos de vida na luxúria. Infelizmente, porém, alguns são exatamente cabeças-duras o bastante para fazerem isso! Nosso conselho é:

"Buscai ao SENHOR enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto. Deixe o ímpio o seu caminho, e o homem maligno os seus pensamentos, e se converta ao SENHOR, que se compadecerá dele; torne para o nosso Deus, porque grandioso é em perdoar." [Isaías 55:5-6].

Contentamento verdadeiro, com paz na mente e no coração, que a humanidade tanto deseja, está disponível unicamente por meio de um relacionamento pessoal com Jesus Cristo. Quando a insanidade finalmente alcançar seu clímax e o mundo inteiro virar de cabeça para baixo e do avesso, a paz interior será a única coisa de valor real. Veja, a morte física não tem poder [1 Coríntios 15:55] quando alguém tem a vida eterna. Os "sinais e prodígios de mentira" de Satanás [2 Tessalonicenses 2:9] — exibidos durante a ascensão do Anticristo — não terão efeito duradouro sobre aqueles que verdadeiramente conhecem o Senhor. Aqueles que não têm a proteção do Espírito Santo serão cativados e enlaçados pelo Anticristo e pelo Falso Profeta e nunca se recuperarão.

Alguns incorretamente acreditam que a Cutting Edge/A Espada do Espírito tentam assustar as pessoas para que aceitem a Jesus Cristo — mas digo a você que isso é uma impossibilidade. Os indivíduos espiritualmente mortos não podem nem mesmo compreender os princípios envolvidos [1 Coríntios 2:14] e por si mesmos não procurarão a Deus [Romanos 3:11]. Eles já são escravos de Satanás [Efésios 2:2] e estão totalmente sem perspectiva. A não ser que o próprio Deus intervenha e os chame para Si, eles estarão perdidos! O que estamos tentando fazer é agir como um farol e lançar a luz da eterna Palavra de Deus na escuridão do mundo — para o benefício daqueles que a verão e responderão a ela. O Espírito Santo está em operação e a iluminação espiritual verdadeira está acontecendo nas vidas de muitas pessoas em todo o mundo, conforme evidenciado por muitos que estão recebendo e crendo na mensagem da graça redentora de Deus. Essa é uma mensagem sobrenatural e é recebida unicamente por aqueles cujos olhos e ouvidos espirituais estão preparados para ela. Está você entre essas pessoas? Essa mensagem faz sentido e produz um desejo intenso dentro de seu coração do qual você não pode escapar? Se é assim, eu o incentivo a dar um clique no link "Página da Salvação", que aparece logo a seguir e ler sobre o que precisa para ter um conhecimento salvador a respeito de Jesus Cristo. Que Deus o ajude a fazer isso é nossa oração.

|  Autor: Pr. Ron Riffe  |  Divulgação: estudosgospel.com.br |


Receba Estudos Biblicos todos os dias!
Cadastre-se seu e-mail! É Grátis
     Digite seu Email Abaixo
Emails Cadastrados

OBS: Não esqueça de confirmar seu email em seguida!