Com Certeza Há Um Deus Que Faz Justiça na Terra

(Salmo 58.11)


Então os homens comentarão: De fato os justos têm a sua recompensa; com certeza há um Deus que faz justiça na terra.

Preambulo: Este salmo contem uma Promessa de Deus exatamente na frase: há um Deus que faz justiça na terra. Os salmistas nos seus escritos, contam de seus inimigos e das ameaças que eles recebiam e de como Deus dava o livramento de todos.

A tendencia humana é de querer fazer justiça com suas proprias mãos. Mas Tiago 1.20 diz: Porque a ira do homem não produz a justiça de Deus.

I - DEUS É JUSTO, DEUS É JUSTIÇA, DEUS FAZ JUSTIÇA A JUSTIÇA É DE DEUS.

1. Deus é Justo: (Sl 11. 7) Porque o Senhor é justo, ele ama a justiça; os retos lhe contemplarão a face.

2. Deus é Justiça: (Jr 23.6) Nos seus dias, Judá será salvo, e Israel habitará seguro; será este o seu nome, com que será chamado: Senhor, Justiça Nossa.

3. Deus faz Justiça: (Sl 103. 6) O Senhor faz justiça e julga a todos os oprimidos.

4. A Justiça é de Deus: (Sl 119.142) A tua justiça é justiça eterna, e a tua lei é a própria verdade. Igualmente podemos falar da Vingança que tambem é de Deus. (Sl 94.1) Ó Senhor, Deus das vinganças, ó Deus das vinganças, resplandece. A justiça divina não se pode comprar nem distorcer. O oprimido pode esperar, mesmo contra toda a esperança, que essa justiça há de manifestar-se, não apenas porque Deus não suporta a injustiça, que é contraditória face ao ser divino, mas também porque a intervenção divina é um direito do justo oprimido.

II - NAS SITUAÇÕES DE INJUSTIÇA, A CERTEZA DA INTERVENÇÃO DIVINA.

1. Situações dos injustos: Poderíamos trazer uma dúzia de textos bíblicos para mostrar essa verdade, mas apenas faremos destacar esse Salmo 94.4-6 Proferem impiedades e falam coisas duras; vangloriam-se os que praticam a iniqüidade. Esmagam o teu povo, Senhor, e oprimem a tua herança. Matam a viúva e o estrangeiro e aos órfãos assassinam.

2. Não é feio dizer que temos inimigos: (Sl 3.1,2) Senhor, como tem crescido o número dos meus adversários! São numerosos os que se levantam contra mim. São muitos os que dizem de mim: Não há em Deus salvação para ele

3. Deus também tem inimigos: (Sl 92.9) Eis que os teus inimigos, Senhor, eis que os teus inimigos perecerão; serão dispersos todos os que praticam a iniqüidade.

4. Não é feio contar do mal que nos ameaça: (Sl 18.4,5) Laços de morte me cercaram, torrentes de impiedade me impuseram terror. Cadeias infernais me cingiram, e tramas de morte me surpreenderam.

5. Os abjetos, que eu não conhecia: (Sl 35.15,16) Quando, porém, tropecei, eles se alegraram e se reuniram; reuniram-se contra mim; os abjetos, que eu não conhecia, dilaceraram-me sem tréguas; como vis bufões em festins, rangiam contra mim os dentes. Uma coisa é ser atacado com coisas conhecidas outra é ser atacado com coisas estranhas.

6. Pedidos de Intervenção: Face a tantas situações desesperadas, os pedidos de intervenção surgem dos mais diversos modos. Às vezes o suplicante quase atinge os limites da insolência, de tão convencido do seu direito: (Sl 3.8) Levanta-te, Senhor! Salva-me, Deus meu. (Sl 7.6) Levanta-te, Senhor, na tua indignação, mostra a tua grandeza contra a fúria dos meus adversários e desperta-te em meu favor, segundo o juízo que designaste. (Sl 12.1) Socorro, Senhor! Porque já não há homens piedosos; desaparecem os fiéis entre os filhos dos homens. (Sl 13.1) Até quando, Senhor? Esquecer-te-ás de mim para sempre? Até quando ocultarás de mim o rosto? (Sl 17.13) Levanta-te, Senhor, defronta-os, arrasa-os; livra do ímpio a minha alma com a tua espada.

III – TRAZENDO AO LUME AS PROMESSAS DE LIVRAMENTO DO INIMIGO

1. As injustiças dos homens traz a lume a Justiça de Deus: (Rm 3.5) Mas, se a nossa injustiça traz a lume a justiça de Deus, que diremos? Porventura, será Deus injusto por aplicar a sua ira? A relação entre inocência, opressão e certeza da intervenção divina é um tema recorrente ao longo dos Salmos, citaremos quatro promessas.

2. Promessa do Salmo 18.3 Invoco o Senhor, digno de ser louvado, e serei salvo dos meus inimigos. Cita e recita este texto. Serei salvo dos meu inimigos.

3. Promessa do Salmo 18.48 o Deus que me livrou dos meus inimigos; sim, tu que me exaltaste acima dos meus adversários e me livraste do homem violento.

4. Promessa do Salmo 30.1 Eu te exaltarei, ó Senhor, porque tu me livraste e não permitiste que os meus inimigos se regozijassem contra mim. Si os Salmos são orações esse Salmo ja é a Resposta da Oração

5. Promessa do Salmo 143.9 Livra-me, Senhor, dos meus inimigos; pois em ti é que me refugio. A justiça de Deus não inocenta os culpados, por mais escondidos que eles estejam, nem culpabiliza os inocentes, por mais caluniados que eles sejam. Deus é onisciente e conhece a dimensão exata da nossa culpa, e também sabe quando alguém está transferindo sobre outrem uma falsa culpa.

IV - EXALTANDO A JUSTIÇA DE DEUS, POIS FUNCIONA.

1. A justiça de Deus não é negociada, não é comprada, nem é subornada. A Sua justiça muitas vezes, ao nosso parecer, é lenta, mais chega. Ela não está a serviço do poder econômico algum, do poder político algum, do religioso algum. Deus é independente de qualquer necessidade e absoluto em suas decisões. Nada pode intimidá-lo na aplicação da Sua justiça. Ninguém pode manipular os resultados dos seus juízos, nem torcer aos padrões da Sua retidão.

2. Deus retribui (paga) a cada um segunda a sua medida. A justiça de Deus separa o falso do verdadeiro, o joio do trigo, o fingido do autêntico, o condenado do perdoado, o incrédulo do crente, o perdido do salvo. A justiça de Deus coloca de um lado as boas obras meritórias e do outro, as boas obras produzidas pelo coração purificado e agradecido. Deus é inerrante em suas sentenças, bem como é exato em suas recompensas.

3. A justiça de Deus traz à tona os pecados não confessados nem abandonados, e joga no lixo os pecados arrependidos. A justiça de Deus é terrível para aqueles que amam mais a impiedade do que a sua santidade. Ela se manifesta agora de forma esporádica e há de se revelar no futuro próximo de forma conclusiva.

Autor: Pr. Teófilo Karkle


Pr Teófilo Karkle
Pr Teófilo Karkle, é Pastor e Missionário no Chile desde 1991.
Também exerce seu Ministerio como Escritor, Radialista, Conferencias Internacional e Professor de Teologia.
 
E-mail: This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.
Centro de Alegria - Santiago do Chile


Receba Estudos Biblicos todos os dias!
Cadastre-se seu e-mail! É Grátis
     Digite seu Email Abaixo
Emails Cadastrados

OBS: Não esqueça de confirmar seu email em seguida!