Baal o deus Que Não Responde


“Ah! Baal, responde-nos! Porém nem havia voz, nem quem respondesse” 1 Reis 18.26

Introdução: Meus amados, trago neste texto um relato vibrante de demonstração da soberania de Deus o Senhor, contra o deus Baal fruto da imaginação de certos homens; sendo que, para entendermos este texto Bíblico é necessário entendermos em primeiro lugar; Quem era Baal? Em segundo lugar; Qual foi a causa do clamor? E em terceiro lugar; O por que Baal não respondeu? E depois de respondidas tais questões, vejam a demonstração de ousadia de um homem em desafiar o Rei, os Quatrocentos e cinqüenta profetas de Baal e a nação inteira de Israel, isto a mando de Deus o Senhor.

Quem era o deus Baal?

- Era o deus mais respeitados dos povos semitas ocidentais;
- Era o deus da fertilidade e, associado à tempestade e à chuva, tinha lutas periódicas com Mot, senhor da seca e da morte;
- Baal representava as forças ativas da vida;
- Baal Shamem, senhor dos céus. Jezebel esposa de Acabe  rei de Israel, pretendeu substituir o culto de Javé pelo de Baal;
- Na língua dos semitas, Baal significa “Senhor”, no sentido de amo; o seus seguidores influenciaram muito os Israelitas, a ponto de freqüentemente o adorarem em substituição a Javé;
- O deus Baal era representado como gigantesca figura sentada, tendo no colo, uma fornalha onde eram atirados os recém nascidos, servindo de sacrifício.

Qual foi a causa do clamor?

- A primeira foi um desafio, pois, o profeta Elias desafiou os  quatrocentos e cinqüenta profeta de Baal e os quatrocentos profetas de Aser; a orarem ao seu deus, e este por sua vez; se fosse Deus deveria fazer chover fogo do céus. (1Reis cap 18 v 19; 24). Perceba, que havia um total de oitocentos e cinqüenta profetas contra Elias, pois os profetas do deus Aser, se ajuntaram para tentarem amedrontar o profeta Elias servo do Deus Verdadeiro, cujo nome é Jeová e seu Filho chama-se Jesus Cristo, o Senhor de todos aqueles que crêem e o aceita como ÚNICO E SUFICIENTE SALVADOR. “Porque debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, em que devamos ser salvos.” (Atos cap 4 v 12).

- A segunda causa foi abrir os olhos do povo israelita, pois, os mesmos estavam sendo levados a deixarem de servir ao ÚNICO DEUS VERDADEIRO, e se esquecerem do Deus e Senhor que os livrou da opressão egípcia por mais de quatrocentos anos de escravidão (Êxodo cap 12 v 40, Êxodo cap 3 v 7), para passarem a seguir a Baal e Aser. Agora eu pergunto: Quem é Baal ou ainda quem é Aser diante do Deus vivo? Pois Baal e Aser são obras feitas por homens, cuja loucura de tais homens os levou a se prostrarem diante destas imagens. Veja:

“Dizendo-se sábios, tornaram-se estultos, e mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, e de aves, e de quadrúpedes, e de répteis. Por isso Deus os entregou, nas concupiscências de seus corações, à imundícia, para serem os seus corpos desonrados entre si; pois trocaram a verdade de Deus pela mentira, e adoraram e serviram à criatura antes que ao Criador, que é bendito eternamente. Amém.” Romanos 1.22-25

“Não vos volteis para os ídolos, nem façais para vós deuses de fundição. Eu sou o Senhor vosso Deus.” Levítico 19.4

- A terceira conseqüência deste desafio, seria provar a existência dos deus Baal e Aser, ou desmascará-los e isto valeria também para o Deus Jeová ou Javé no hebraico, veja o que disse o profeta Elias: “O Deus que responder o clamor com fogo seja Deus verdadeiro” (1 Reis cap 18 v 21-24).

POR QUE O deus BAAL NÃO RESPONDEU?


- Primeiro, porque Baal não é Deus, é fruto da loucura de alguns homens em criar deuses para si.

“Os ídolos deles são prata e ouro, obra das mãos do homem, têm boca, mas não falam; têm olhos, mas não vêem; têm ouvidos, mas não ouvem; têm nariz, mas não cheiram; têm mãos, mas não apalpam; têm pés, mas não andam; nem som algum sai da sua garganta. Semelhantes a eles sejam os que fazem, e todos os que neles confiam.”  Salmos 115.4-8

- Segundo, pois não existi outro Deus senão um só

“Sabemos que o ídolo nada é no mundo, e que não há outro Deus, senão um só. Pois, ainda que haja também alguns que se chamem deuses, quer no céu quer na terra (como há muitos deuses e muitos senhores), todavia para nós há um só Deus, o Pai, de quem são todas as coisas e para quem nós vivemos; e um só Senhor, Jesus Cristo, pelo qual existem todas as coisas, e por ele nós também. Entretanto, não está em todos esse conhecimento; pois alguns há que estão acostumados até agora com o ídolo” 1 Corintios 8.4-7

Voltemo-nos agora, para o vibrante desfecho desta história

“E invocaram o nome de Baal, desde a manhã até o meio-dia, dizendo: Ah Baal, responde-nos! Porém não houve voz; ninguém respondeu. E saltavam em volta do altar que tinham feito.” (1 Reis 18.26)

Comentário: Meus amados imaginem comigo o episodio histórico acontecendo diante de seus olhos, pois, havia um total de oitocentos e cinqüenta vozes gritando e implorando a resposta deste deus, sem contar os fiéis, que ajudavam seus sacerdotes em união de fé formando um coral “Ah Baal responde-nos”, e isto demorou até ao meio dia, e existia alguns, que achavam que para haver resposta de Baal deveria oferecer sangue humano; estes passaram a se retalhar com lanças e facas, (1Reis cap 18 v 28), porem resposta não havia; quando derrepente ouviu-se a voz do profeta Elias zombando de mais de oitocentos e cinqüenta pessoas sem temer a agressão ou a morte, e Ele dizia:“Clamai em altas vozes, porque ele é um deus; pode ser que esteja falando, ou que tenha alguma coisa que fazer, ou que intente alguma viagem; talvez esteja dormindo, e necessite de que o acordem.” (1 Reis cap 18 v 27), “NÃO HOUVE VOZ E NEM RESPOSTA”.

Veja agora a manifestação do Deus único e verdadeiro em resposta ao clamor de um homem que não deixou de ser fiel, mesmo diante de uma nação inteira que o havia rejeitado trocando o seu culto por baal um falso deus

- Elias chama a atenção do povo “Chegai-vos a mim” (1 Reis cap 18 v 30)
- Elias “Repara o Altar de Deus o Senhor”, pois o mesmo havia sido destruído pelos adoradores de Baal e esquecido pela nação israelitas (1 Reis cap 18 v 30)
- Elias “Pega doze pedras para edificar o Altar de Deus”, (1 Reis cap 18 v 31),

Comentário: As doze pedras representavam toda a nação de Israel, pois, Deus escolheu um homem chamado Abraão e o fez fecundo dando a ele um filho chamado Isaque e este por sua vez teve um filho chamado Jacó, que teve doze filho, que com a benção da fecundidade vinda de Deus o Pai, deu origem a nação de Israel; nação esta, escolhida por Deus para que por meio dela Ele Deus e Senhor se revela-se aos demais povos tribos e línguas de toda a humanidade, e por meio desta nação escolheu a tribo de Judá para trazer a humanidade inteira o Messias Jesus Cristo o Filho de Deus o qual é: o Salvador de todos os que crêem; confirmando a promessa feita a Abraão “Em ti (Abraão), serão benditas todas as famílias da terra” (Gênesis cap 12 v 3)

- Elias fez ao redor do Altar de Deus “Um rego profundo o bastante para caber duas medidas de sementes” (1 Reis cap 18 v 32)

Comentário: Mas à frente você vai entender o porque deste rego em volta do Altar de Deus.

- Elias então “Arma a lenha divide o novilho (ovelha), em pedaços e pediu para que os adoradores de Baal enche-se quatro cântaros de água e joga-se sobre o altar, e isto por três vezes” (1 Reis cap 18 v 33-35)

Comentário: A água viria de ser logo na seqüência dos fatos, a maior prova da manifestação de Deus o Senhor diante dos olhos de todas aqueles espectadores, pois, alguém poderia dizer: Elias trapaceou, ele acendeu o fogo com suas próprias mãos, mas eu pergunto é possível acender fogo em meio a água? Lembra do rego! Este serviu para não permitir a água escoar. Meus queridos sê você serve o Deus de Elias Pai de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, a água fria nos seus planos e projetos não será problema para você.

- Tudo já estava pronto, e agora chega o momento do profeta Elias Clamar ao Senhor Deus que fez o céus e terra; e clamou Elias “Ó Senhor, Deus de Abraão, de Isaque, e de Israel, seja manifestado hoje que tu és Deus em Israel, e que eu sou teu servo, e que conforme a tua palavra tenho feito todas estas coisas. Responde-me, ó Senhor, responde-me para que este povo conheça que tu, ó Senhor, és Deus, e que tu fizeste voltar o seu coração.” (1 Reis cap 18 v 36-37)

Comentário: Perceba que Elias não clamou durante horas, como fizeram os profetas do deus Baal e de Aser, nem ainda teve que se retalhar com facas e lanças, Elias fez um simples e objetivo clamor diante do ÚNICO DEUS VERDADEIRO.

- Qual foi a resposta de Deus o Senhor “Então caiu fogo do Senhor, e consumiu o holocausto, a lenha, as pedras, e o pó, e ainda lambeu a água que estava no rego.” (1 Reis cap 18 v 38)

- E qual foi o resultado do fogo de Deus “A nação de Israel se arrepende de seus pecados e da loucura de deixar de adorarem a Deus o Senhor, para adorarem ídolos feitos por homens” e como prova de seu arrependimento, o povo de Israel a mando do profeta Elias servo do Deus Vivo, “Agarraram todos os profetas de Baal e de Aser e os mataram no ribeiro de Quison” (I Reis cap 18 v 39-40)

Conclusão: Meus amados, diante desta mensagem eu te convido a crer na existência de um único Deus, e este por amor a humanidade enviou seu Filho Jesus Cristo, para morrer por nós na cruz do calvário, perdoando assim todos os nossos pecados dantes cometidos, e se porventura você é devoto a alguma imagem de escultura, e isto é uma tradição para você, pois você aprendeu isto com seus antepassados, eu te convido tenha ousadia abandone esta tradição jogue fora está fé em um deus falso e creia no único verdadeiro Deus Jesus é seu nome o Único que pode Salvar.

Autor: Ev. Eli Hudson
Via: www.estudosgospel.com.br

Ev. Eli Hudson
Ev. Eli Hudson é casado pai de três filhos; tem exercido o Ministério Pastoral na Igreja Assembléia de Deus M. Perus; foi o pioneiro na fundação do trabalho no Bairro do Pretória (Bairro carente na periferia da cidade), Franco da Rocha - SP pela Igreja que responde, seu exercício no ministério é marcado pela pregação e ensino isto; nas Igrejas, nas Rádios, nas Praças, nos Presídios e atualmente na Radio Nova Estação (comunitária), na freqüência 87,5 FM das 15:00 as 16:00 horas ou por meio do Site: www.radioestacaofm.com.br
Também, está envolvidos em projetos Sociaias na Entidade Filantropica Azarias Ceifa o qual exerce a função de conselheiro Fiscal.

 
E-mail: This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.
This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.
loading...