As Roupas do Crente


Introdução

Mas satanás tomando ocasião na vida do homem, introduziu o pecado na sua vida. O homem não calculou, ou não raciocinou de maneira sã, e por isso foi despojado por satanás; ele despiu o homem e deixou-o espiritualmente nu.

O agente de satanás, o pecado, quebrou o elo entre Deus e o homem; sua espiritualidade tornou-se medo, desconfiança e subterfúgios, obras do seu imaginário; o homem morreu como advertiu Deus o Senhor.

O homem ferido à margem do caminho retrata a triste condição da humanidade. Depois do inimigo despi-lo, feri-lo, deixou-o à beira do caminho, desalentado e carente de salvação.

Vejamos meus queridos algumas condições ilustradas do Homem:

1 - Adão quando caiu:

Na queda de Adão ele perdeu a espiritualidade que Deus lhe deu:
a) Percebeu que estava nu - fala da revelação da condição humana diante de Deus.
b) Coseu folhas de figueira - quando o homem perdeu o manto da inocência, os seus atos se tornam um retrato de si mesmo.
c) O ato de fazer uma roupa para se cobrir  ilustra muito bem o pensamento de achar que está fazendo o melhor para Deus, na tentativa de ser aceito assim como está.

2 - O endemoninhado gadareno:

a) Os espíritos que habitavam naquele homem não se relacionam com Deus (que tenho eu contigo)...
b) Os espíritos exerciam o completo controle da sua vida 'pois já havia muito tempo que o arrebatava'...
c) O homem estava quase em constante prisão '...e guardavam-no preso em grilhões e cadeias'...
d) Quando o homem se sente livra, satanás lhe quer levar para longe de Deus '...e quebrando as cadeias era movido pelo demônio para os desertos...
e) Como aquele homem estão muitos hoje: diante de Deus, Nus, sem casa espiritual, sem noção do que é bom, solitários e vivendo debaixo das trevas.

3 - O homem sem Deus:

O homem sem Deus é uma folha seca caída; não é um vaso vazio; é o Dia sem sol; é a noite sem lua; é alegria sem riso; é a sede que se sente, sem água para saciar; é o corpo sem a vida; e o nada:

a) Descendo de Jerusalém - retrata o homem deixando a presença de Deus(lugar de paz) para aventurar-se no pecado.
b) Para Jericó(lugar de fragrância) - o homem caminhando para o que aos seus olhos era bom.
 
Tiago diz: o homem é tentado quando... João diz: no mundo há; concupiscência dos, concupiscência da carne e soberda da vida.
A presença de Deus é o lugar da Paz Eterna, da Felicidade e do Amor Divino!

4 - Deus preparou uma veste para o homem e sua mulher:

As roupas do velho homem não servem no novo homem(Mc 2.21-22);
a) Em Cristo todas as coisas são novas 2Co 5.17.
b) Isto é providencia de Deus(2Co 5.18);
c) Não haverá mais nenhuma condenação(Rm 8.1);
d) Estamos debaixo da misericórdia de Deus ? O Altíssimo(Tt 3.4-5);
e) E em todas estas coisas somos mais que vencedores (Rm 8.37) .

Conclusão:

A nova roupa que Deus nos proporciona é a Natureza de Cristo. Precisamos crer e obedecer. Em sua Palavra disse Jesus vinde a mim todos vós que estais cansados e sobrecarregados e eu vos aliviarei.

|  Autor: Pr. Gesiel Melo  |  Divulgação: estudosgospel.com.br |


Receba Estudos Biblicos todos os dias!
Cadastre-se seu e-mail! É Grátis
     Digite seu Email Abaixo
Emails Cadastrados

OBS: Não esqueça de confirmar seu email em seguida!