Estudo Bíblico Arrependimento, Uma Ação


“JESUS, porém, foi para o Monte das Oliveiras. E pela manhã cedo tornou para o templo, e todo o povo vinha ter com ele, e, assentando-se, os ensinava. E os escribas e fariseus trouxeram-lhe uma mulher apanhada em adultério; E, pondo-a no meio, disseram-lhe: Mestre, esta mulher foi apanhada, no próprio ato, adulterando. E na lei nos mandou Moisés que as tais sejam apedrejadas. Tu, pois, que dizes? Isto diziam eles, tentando-o, para que tivessem de que o acusar. Mas Jesus, inclinando-se, escrevia com o dedo na terra.E, como insistissem, perguntando-lhe, endireitou-se, e disse-lhes: Aquele que de entre vós está sem pecado seja o primeiro que atire pedra contra ela.E, tornando a inclinar-se, escrevia na terra. Quando ouviram isto, redargüidos da consciência, saíram um a um, a começar pelos mais velhos até aos últimos; ficou só Jesus e a mulher que estava no meio. E, endireitando-se Jesus, e não vendo ninguém mais do que a mulher, disse-lhe: Mulher, onde estão aqueles teus acusadores? Ninguém te condenou? E ela disse: Ninguém, Senhor. E disse-lhe Jesus: Nem eu também te condeno; vai-te, e não peques mais.” (Jo 8:1-11)

Acho que não existe alguém que nunca tenha usado a frase: “aquele que nunca pecou atire a primeira pedra.” Muito usada principalmente para acusar alguém de dizer algo sobre nossa conduta, a essência desta afirmação vem diretamente de seu ator. De maneira única e espetacular, o Senhor Jesus mostrou a todos que não exista alguém digno de julgar aos outros. Mas nosso foco ficará na ultima afirmação de nosso mestre: “vai-te e não peques mais.”

O que vem a ser arrependimento? O dicionário Aurélio assim define: “Mudar de atitude, de procedimento, de parecer; voltar atrás em relação a compromisso assumido.” A própria definição diz o que a palavra implica: AÇÃO!!!! Quando aquela mulher foi pega em adultério, ela estava errada e segundo a lei ela deveria ser apedrejada (Lv 20.10 observe também que a lei dizia a adúltera e o adúltero, enquanto os fariseus levaram somente a mulher). Mas, o Senhor Jesus, fazendo jus a sua missão que era trazer pecadores ao arrependimento (Mt 9:13), absorve aquela mulher de seu delito, mas vemos que o arrependimento real viria com a não repetição daquele ato, ou seja, não pecar mais. Quando há um verdadeiro arrependimento na vida de alguém, a postura da pessoa é de mudar, ou seja, não voltar atrás e pecar novamente.

Em 1º João 2:1 achamos escrito: “MEUS filhinhos, estas coisas vos escrevo, para que não pequeis; e, se alguém pecar, temos um Advogado para com o Pai, Jesus Cristo, o justo.” Veja que João começa dizendo para não pecarmos. Três atitudes mostram que a pessoa realmente se arrependeu:

1. Reconhecimento (II Sm 12:13)

Davi, quando cometeu um assassinato e um adultério (II Sm 11) achou que não haveria problemas para ele, mas se enganou. Após o profeta Natã lhe relatar a história da ovelha furtada, Davi se irou com o homem daquela narração, mas Natã o censurou dizendo que ele havia feito o mesmo. Devemos lembrar que esta postura é natural de todo ser humano, de achar que somente o outro pode errar de maneiras grandes e terríveis. Por isso que escrito está: “Aquele, pois, que cuida estar em pé, olhe não caia.” (I Co 10:12). Mas Davi viu quão grande era seu pecado e demonstrou isso dizendo pequei contra o Senhor. No salmo que escreveu diante da sua profunda tristeza por reconhecer que havia pecado, ele disse: “Porque eu conheço as minhas transgressões, e o meu pecado está sempre diante de mim. Contra ti, contra ti somente pequei, e fiz o que é mal à tua vista, para que sejas justificado quando falares, e puro quando julgares.” (Sl 51:3-4) A primeira postura de alguém que peca é reconhecer seu erro.

2. Pedido de Perdão

Ainda falando sobre Davi, disse ele no salmo 51: “Purifica-me com hissope, e ficarei puro; lava-me, e ficarei mais branco do que a neve.” (v.7) Davi havia visto seu pecado e pediu perdão por ele. È isso que João diz quando fala que temos um advogado. Quando há um arrependimento verdadeiro, a pessoa pede perdão por aquilo que fez. Assim foi quando aceitamos o Senhor Jesus com o nosso Senhor e Salvador. Vimos nossa necessidade e pedimos perdão. “Um coração quebrantado e contrito não desprezarás, o Deus!” (Sl 51.17). Deus sabe de nossa estrutura, sabe que somos pó (Sl 103.14) e conhece nossas lutas e fraquezas. Ele não rejeita o perdão de um coração que tenha verdadeiramente a vontade de ser perdoado, independente de nosso pecado, ele perdoa sempre (Is 1.18)

3. Não repetição (Fp 3:13)

Um verdadeiro arrependimento não comete o mesmo erro duas vezes. Uma pessoa que está arrependida de seus atos reconhece seu pecado e pede perdão por isso, faz assim como Paulo, esquece-se das coisas que atrás ficaram. Não comete o erro da esposa de Ló: Olha para trás. Continua sua caminhada, sentindo o perdão em seu coração e buscando em Deus forças para sempre prosseguir. È por isso que aquela mulher que o Senhor Jesus perdoou teve a recomendação “...vais e não peques mais.” A única maneira de não se pecar é ser simplesmente como Jesus. È praticar o que a Bíblia diz em II Co 5:15: “E ele [Jesus] morreu por todos, para que os que vivam na vivam mais para sim, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou.”

Amados, vale ainda lembrar que não devemos nos condenar pelo nossos erros, e sim devemos confessa-los e deixa-los. O Senhor Jesus disse a mulher adultera “nem eu te condeno.” A postura de um arrependido assemelha-se ao do filho pródigo: “Levantar-me-ei, e irei ter com meu pai, e dir-lhe-ei: Pai, pequei contra o céu e perante ti;Já não sou digno de ser chamado teu filho; faze-me como um dos teus jornaleiros.” (Lc 15:18-19). Também devemos lembrar que pecar é como uma ferida, ela se fecha mas deixa cicatrizes. Veja novamente o caso de Davi: foi perdoado, mas recebeu conseqüências de curto prazo (a morte de seu filho com Bate-Seba) e em longo prazo (A divisão de seu lar). O melhor é fazer como Asafe diz: “Mas para mim, bom é aproximar-se de Deus; Pus a minha confiança no Senhor Deus, para anunciar todas as suas obras” (Sl 73:28) e seguir o conselho da Palavra que assim diz: “Andai em Espírito e não cumprires a concupiscência da carne [pecado]” (Gl 5:16)

| Autor: Jonathan Oliveira | Divulgação: EstudosGospel.Com.BR |


Receba Estudos Biblicos todos os dias!
Cadastre-se seu e-mail! É Grátis
     Digite seu Email Abaixo
Emails Cadastrados

OBS: Não esqueça de confirmar seu email em seguida!