Amor Verdadeiro

Gálatas 5:22


Tenho visto e ouvido muitos a falar em amor; Mas não tenho visto e nem sentido o verdadeiro amor, em muitas situações que só o amor resolveria, não é aplicado.

O Amor é Deus, Deus é o amor, Gálatas 5.22-23: Mas o fruto do Espírito é: AMOR, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio, vemos o adjetivo do substantivo Espírito; 1ª João:04:18; No Amor não existe medo; antes, o perfeito Amor lança fora o medo. Ora o medo produz tormento; logo, aquele que teme (tem medo, não confia) não é aperfeiçoado no Amor.

Conhecemos e vivemos o Amor fraternal é o relativo entre irmãos que é afetuoso entre família, podemos caracterizar o Amor fraternal numa ótica em uma esfera geral ou total, estendido no universal como o amor de Deus.

O Amor tem de ser entendido ou percebido de uma só forma e ao mesmo tempo, no espiritual e na vida capital, tem de ser aplicado por ser um mandamento de Deus; Mat: 22:37-40; E Jesus lhe disse; Amaras o Senhor teu Deus, de todo teu coração, e de toda a tua alma e de todo o teu conhecimento, este é o 1º e grande mandamento.

E o 2º, semelhante (igual) a este é; Amaras o teu próximo como a ti mesmo (lembremos da parábola do bom samaritano), desses dois mandamentos dependem  toda a lei (os Pentateuco) e os Profetas (escritos e ensinos registrados por eles).

Sendo o AMOR DEUS, nós como filhos de Deus, temos por natureza que ser AMOR ou pelo menos ter o amor, o principio de Deus é o Amor e o nosso principio como filhos de Deus também tem de ser o Amor, qual é o verdadeiro filho que não tem o gênese do pai?

Na verdade o Amor não é um mero sentimento ou um ardente desejo ou uma forte emoção tudo isso pode ser passageiro, mas sabemos, o Amor é eterno; um mandamento para surtir e ter efeito ou beneficio, tanto para quem ordena ou a quem recebe a instrução ou ordem, tem de ser APLICADO ou obedecido, ou melhor o AMOR é uma atitude, temos de tomar uma posição, está é ser filho de Deus, o procedimento tem de ser  aplicação, como esta explicito em 1ª Cor 13, podemos ter todo o conhecimento e os dons de um filho de Deus, mas se não aplicarmos ou não vivermos com o AMOR sendo o conceito de vida principal em nós próprio, de nada valeria e nada seriamos, ou sim seriamos meros religiosos.

O AMOR de Deus esta aplicado em JESUS, nós temos como herdar o gênese de Deus é crendo e obedecendo-o e seguindo-o imitando e cumprindo o mandamento de Deus, aplicando o Amor que é paciência e ser prestavél, não invejoso não sendo orgulhoso, mas tendo bons modos, não nos irritando nem pensando mal dos outros, não praticando a injustiça, mas praticando a verdade, suportar tudo, acreditar sempre mesmo que tenha que esperar com sofrimento, o fruto do amor virá, é a eternidade com gozo paz e eterna felicidade com Deus, por Jesus nosso salvador.

Enquanto esperamos este glorioso dia, de estarmos com o nosso Senhor, vamos praticando o Amor, como sabemos quem Ama perdoa, e quem recebe perdão, esta sendo amado, quem perdoa esta amando, quem perdoa nunca mais lembra do mal que sofreu, e quem recebe nunca mais sofre pelo mal que cometeu, assim é o AMOR que Deus por nos demonstrou, nunca mais se lembrou dos males que nos perdoou, lançando nossos pecados no mar do esquecimento, por amor a  nós na cruz do calvário seu filho amado Ele pregou, como certo sua morte veio, mas no terceiro dia o ressuscitou, hoje somos salvos pelo o que por nós Jesus suportou, recebemos e temos em nós o Espírito Santo que Deus Pai e Deus Filho nos enviou, dou GLÓRIA A DEUS pelo seu AMOR .

|  Autor: Célio S Dias  |  Divulgação: estudosgospel.com.br |